Kettlebell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kettlebell.

Kettlebell é um equipamento utilizado no mundo antigo para exercícios musculares. Trata-se de uma bola de ferro fundido com uma alça.

Os homens fortes da época usavam esses pesos para demonstrar suas forças, participando de atividades e jogos com essas peças antigas. A história detalha a presença dessas atividades na Europa desde o século XVI, onde bolas de ferro maciças eram encontradas em feiras e mercados da época.

Porém foi na Rússia czarina que essas esferas de metal começaram a revelar sua verdadeira significância na aquisição de força e resistência (endurance). Completa com uma alça prática, o kettlebell ou gyria se tornou a peça principal para qualquer guerreiro russo. De fato, de acordo com Pavel Tsatsouline, grande responsável pela introdução do kettlebell training nos Estados Unidos, na Rússia czarina os termos strongman e girevik ou kettlebell man eram sinônimos.

Muito tem sido falado a respeito do kettlebell training nos Estados Unidos e tudo isso se deve às distintas vantagens que o método oferece comparado com as outras modalidades que o mercado, principalmente o brasileiro, tem oferecido. Abaixo estão enumeradas algumas das razões pela qual se fala tanto da eficiência dos kettlebells:

Produz trabalho de força em grande amplitude de movimento. Essa amplitude de movimento avantajada provoca o stretch reflex, o que aumenta a capacidade do corpo humano de produzir força, movimentação e agilidade.

Expõe fraquezas individuais e promove correções de assimetria corporal. Como a maioria dos gestos executados no kettlebell training é feita unilateralmente, assimetrias e compensações são muito mais fáceis de serem detectadas.

Auxilia no desenvolvimento de estruturas articulares fortes e flexíveis. Kettlebell training exige muito que as articulações se estabilizem dinamicamente, o que reduz o potencial de lesão e permite maior eficiência na produção de forca muscular.

Oferece uma infinita variedade de exercícios com uma única peça.

Intensifica a produção de potência muscular.

Ensina o corpo a maneira de absorver força e redirecioná-la.

O treinamento com kettlebell é muito popular entre os praticantes de lutas, principalmente grappling e artes marciais mistas (MMA) (outrora conhecido como vale-tudo).O russo Fedor Emelianenko é um grande entusiasta do método.

O kettlebell Sport[editar | editar código-fonte]

O Kettlebell Sport utiliza uma técnica de levantamento de peso que exige força e habilidade com o kettlebell, uma bola de ferro com alça que pode pesar 24kg na categoria feminina e 32 kg masculina em campeonatos profissionais.

O esporte consiste em quatro provas – jerk, snatch, long cycle e o biathlon, disputadas em 10 minutos em campeonatos oficiais, aliando força, técnica e resistência. O vencedor é o atleta que conseguir executar mais repetições, validadas tecnicamente pelo árbitro, no tempo da prova.

Nos últimos dois anos o esporte cresceu no Brasil e desde 2014, quando os primeiros campeonatos foram organizados, o nível técnico e a performance dos atletas aumentaram. Em 2016, o Brasil sediou pela primeira vez uma etapa do GP mundial da WAKSC em Curitiba, que contou com 47 atletas de 8 estados brasileiros. Em setembro o GP Brasil 2017 da World Association of kettlebell Sport Club —WAKSC será em Salvador, e terá pela primeira vez a presença do russo Sergey Rachinskiy, com 12 títulos mundiais no esporte e detentor de sete recordes no Guiness Book em levantamento de peso.

WAKSC

World Association of Kettlebell Sport Clubs é uma comunidade de clubes desportivos e organizações desportivas de kettlebell fundada e dirigida por Sergey Rachinskiy, nove vezes campeão mundial, com sete recordes em levantamento de peso registrado no Guinnes Book e treinador condecorado.

WAKSC BRASIL

A WAKSC é representada no Brasil pela Brutal Strength and Conditioning, que desde 2016 é a reponsável pela realização da etapa Brasil dessa organização.

WORLD KETTLEBELL GP SERIES[1]

É A PRIMEIRA COMPETIÇÃO EM SÉRIE DE KETTLEBELL SPORT ONDE OS DESPORTISTAS E CLUBES DE TODO O MUNDO COMPETEM ENTRE SI.

Vencedores e medalhistas do Grand Prix são definidos de acordo com a classificação anual, dos desportistase clubes.

Em 2016 o GP contou com 25 etapas por todo o mundo, foram 20 países com a abertura e enceramento das estapas na América do Sul, sendo a primeira etapa no Chile e a última no Brasil passando também por EUA, Singapura, Puerto Rico, Austrália, Croácia, Canadá, China, Rússia, Costa Rica, México, Noruega, Polônia, Inglaterra, Malásia, Itália, Japão, Hungria, Escócia.

Ao redor do mundo participaram 129 clubes de kettlebell

alguns recém criados e outros com bastante história. Em 2017 serão 39 etapas e novos países sedes como Índia,Taiwan, Irlanda, Ucrania e Malásia. Algumas etapas do GP também valerão como campeonatos importantes da WAKSC, assim como a etapa de Costa Mesa na Califórnia que é o Campeonato Mundial, a etapa da Ucrânia que será o Campeonato Europeu, o Latino-americano no Chile e o Campeonato Asiático na Indonésia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]