Khalid da Arábia Saudita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Khalid da Arabia Saudita
خالد بن عبد العزيز آل سعود
Rei da Arabia Saudita
Reinado 25 de março de 197513 de maio de 1982
Consorte de 4 esposas
Antecessor(a) Faisal
Sucessor(a) Fahd
Nascimento 13 de fevereiro de 1913
  Riade, Emirado de Négede e Haça
Morte 13 de junho de 1982 (69 anos)
  Ta’if
Sepultado em 13 de junho de 1982 Cemitério Al Oud
Nome completo Khalid bin Abdulaziz Al Saud
Latifa bint Ahmed Al Sudairi
Tarfa bint Abdullah bin Abdul Rahman Al Saud
Noura bint Turki
Sita bint Fahd Al Damir
Casa Casa de Saud
Pai Ibn Saud
Mãe Al Jawhara bint Musaed Al Jiluwi [1]
Filho(s) Bandar
Abdullah
Al Jauhara
Nouf
Moudi bint Khalid Al Saud
Hessa
Faisal bin Khalid
Al Bandari
Mishael

Khalid bin Abdulaziz Al Saud (em árabe: خالد بن عبد العزيز آل سعود Khālid ibn ‘Abd al ‘Azīz Āl Su‘ūd), (Riade, 13 de fevereiro de 1913Ta’if, 13 de junho de 1982) foi rei da Arábia Saudita de 1975 a 1982. Substituiu o irmão, rei Faisal.[2] Seu governo foi de pouca relevância para a Arábia Saudita, tendo se destacado pelo autoritarismo e o desrespeito aos direitos humanos.

Vida[editar | editar código-fonte]

Foi um estadista e político da Arábia Saudita que foi rei da Arábia Saudita de 25 de março de 1975 até sua morte em 1982. Antes de sua ascensão, ele foi príncipe herdeiro da Arábia Saudita de 29 de março de 1965 a 25 Março de 1975. Ele era o quinto filho do rei Abdulaziz, o fundador da moderna Arábia Saudita. Ele era o terceiro dos seis filhos de Abdulaziz que eram reis (os outros eram Saud, Faisal, Fahd, Abdullah e Salman).

Khalid era filho do rei Abdulaziz e Al Jawhara bint Musaed Al Jiluwi. Ele ajudou seu meio-irmão, o príncipe Faisal, em suas funções como ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita. Khalid serviu como vice -rei da região de Hejaz por um breve período na década de 1930. Ele visitou os Estados Unidos em 1943 junto com Faisal, estabelecendo relações entre os dois países. Ele foi nomeado vice-primeiro-ministro da Arábia Saudita em 1962. Depois que o irmão completo de Khalid, o príncipe Muhammad , se afastou da sucessão real, o rei Faisal nomeou Khalid como príncipe herdeiro em 1965.[3][4][5][6][7]

Após o assassinato do rei Faisal em 1975, Khalid ascendeu ao trono. Seu reinado viu grandes desenvolvimentos no país devido ao aumento das receitas do petróleo e eventos significativos no Oriente Médio. Em 1979, um grupo de civis tomou a Grande Mesquita de Meca e procurou, mas não conseguiu sequestrar Khalid. As forças sauditas recuperaram o controle sobre a mesquita, mas a apreensão resultou na introdução de políticas religiosas mais rígidas na Arábia Saudita. Khalid morreu em 1982 e foi sucedido por seu meio-irmão Fahd.

Referências

  1. «Al Saud Family (Saudi Arabia)». European Institute for Research on Euro-Arab Cooperation. Consultado em 29 de abril de 2012. Arquivado do original em 8 de março de 2016 
  2. «Khalid ibn Abdulaziz Al Saud». The Columbia Encyclopedia. Columbia University Press. 2013. Consultado em 7 de setembro de 2013. Arquivado do original (6th edition) em 28 de setembro de 2013 
  3. Lees, Colonel Brian (1 de março de 2006). «The Al Saud family and the future of Saudi Arabia». Asian Affairs (1): 36–49. ISSN 0306-8374. doi:10.1080/03068370500457411. Consultado em 16 de junho de 2022 
  4. «The Sydney Morning Herald - Pesquisa no arquivo do Google Notícias». news.google.com. Consultado em 16 de junho de 2022 
  5. «Royal Family Directory». www.datarabia.com. Consultado em 16 de junho de 2022 
  6. «ROYAL FAMILY POLITICS IN SAUDI ARABIA (1953-1982) - ProQuest». www.proquest.com. Consultado em 16 de junho de 2022 
  7. Abir, Mordechai (1988). Saudi Arabia in the Oil Era: Regime and Elites : Conflict and Collaboration (em inglês). [S.l.]: Croom Helm 

Precedido por
Faisal
Rei da Arábia Saudita
19751982
Sucedido por
Fahd
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Khalid da Arábia Saudita