Khan Academy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Khan Academy
Slogan "Our mission is to provide a free, world‑class education for anyone, anywhere." (A nossa missão é proporcionar uma educação gratuita e de alta qualidade para todos, em qualquer lugar.)
Proprietário(s) Salman Khan
Requer pagamento? Não
Gênero Educacional
Cadastro Opcional
País de origem  Estados Unidos
Idioma(s) Diversos
Lançamento Setembro de 2008
Posição no Alexa 359 ()
Desenvolvedor Salman Khan
Endereço eletrônico www.khanacademy.org

Khan Academy é uma organização sem fins lucrativos fundada por Salman Khan.[1] Com a missão de proporcionar uma educação gratuita e de alta qualidade para todos, em qualquer lugar,[2] oferece uma coleção grátis de vídeos de matemática, medicina e saúde, economia e finanças, física, química, biologia, ciência da computação, entre outras matérias.

História[editar | editar código-fonte]

A ONG começou em 2008 quando Salman Khan ensinava matemática para um de seus primos na internet. Após algum tempo, o outro primo de Khan começou a usar o serviço de ensino dele. Com muitos pedidos, ele começou a fazer videos e publicá-los no Youtube.

Os comentários positivos acabaram por fazer Khan sair de seu trabalho em 2009 para focar exclusivamente em tutoriais (a partir desse momento sobre o nome de Khan Academy). Ele também fundou em 15 de Setembro de 2014, a Khan Lab School, uma escola que está sitiada em Mountain View, Califórnia.

O site é gratuito graças ao apoio financeiro da Fundação Gates, Google, Fundação Lemann e outros, atingindo mais de 70 milhões de usuários registrados em 190 países.[3]

Khan Academy no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, os vídeos da plataforma foram inicialmente traduzidos para o português brasileiro pela Fundação Lemann, para servir como ferramenta de ensino em escolas brasileiras para ensinar matemática.[4] No dia 18 de janeiro de 2014 foi lançado o site em modo beta.

Atualmente a Khan Academy possui escritório em São Paulo e um time brasileiro para administrar as operações locais e para a produção de conteúdo alinhados com a BNCC (Matemática, Ciências e Português). No Brasil, a plataforma possui mais de 3,8 milhões de usuários, entre alunos, pais e professores, além de contar com um projeto de parcerias com Secretarias de Educação.[5]

Em Portugal, a plataforma e os vídeos estão a ser traduzidos para o português europeu pela Fundação Portugal Telecom.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.