Khan Shaykhun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização de Khan Shaykhun.

Khan Shaykhun (em árabe: خان شيخون), às vezes referida como Khan Sheikhoun ou Khan Shikhoun,[1] é uma cidade e um subdistrito localizado no distrito de Maarate Anumane, no sul da província de Idlibe, no noroeste da Síria.[2] Em 2011 tinha 52 972 habitantes.[3]

Guerra Civil na Síria[editar | editar código-fonte]

Durante a guerra civil na Síria, a cidade de Khan Shaykhun inicialmente caiu sob o controle da oposição Síria e, depois, em 2014, sob a milícia Jabhat al-Nusra.[4] Deutsche Welle (DW) informa que "a província de Idlib, onde Khan Sheikhun está localizado, é, principalmente, controlada pela aliança Tahrir al-Sham, na qual predominam os combatentes da Frente Fateh al Sham, também conhecida como Frente al-Nusra e antigo braço sírio da al-Qaeda".[5] Em 4 de abril de 2017, a cidade sofreu um ataque com armas químicas, deixando ao menos 86 mortos.[6]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Khan Shikhoun - Wikimapia». Wikimapia 
  2. iG São Paulo (4 de abril de 2017). «Ataque com gás químico mata ao menos 58 pessoas na Síria». iG. Consultado em 7 de abril de 2017 
  3. «City (town) Khan Shaykhun: map, population, location». Tiptopglobe.com. Consultado em 11 de novembro de 2011 
  4. "Syrian Army violently disrupts al-Nusra meeting in Khan Shaykhun, Idlib". 3 de maio de 2016. Al-Masdar News.
  5. "Death toll rises in Syria 'gas attack'". Deutsche Welle. 4 de abril de 2017.
  6. Assad regime responsible for ‘awful’ Syria ‘chemical’ attack: EU’s Mogherini Al Arabiya. 4 de abril de 2017. 5 de abril de 2017.