Khea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Khea

Ivo Alfredo Thomas Serue, mais conhecido por seu nome artístico Khea (Virreyes, Argentina, 13 de abril de 2000 ), é um cantor e compositor argentino.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Depois de participar de algumas batalhas de rap nas praças de Buenos Aires, ele se juntou à Mueva Records, que seria separado por disputas com o produtor OMAR VARELA do discografica já mencionado, e ficou ainda mais conhecido com o videoclipe "Loca, a colaboração com Cazzu e Duki foi reproduzida aproximadamente 382 milhões de vezes, sendo este o vídeo mais assistido no mundo da produção argentina e após seu sucesso, Bad Bunny participou do "Loca Remix" com 400 milhões de visualizações no YouTube. .

Em maio de 2019 alcançou a marca de 14 milhões de ouvintes mensais no Spotify, posicionando-se nos 180 artistas mais ouvidos do mundo, naquela plataforma [1] [2] [3] [4] [5] [6]

Namorando[editar | editar código-fonte]

    • «B.U.H.O» (2017)
    • «Millonario» (2017)
    • «A lo Haloween» (2017)
    • «She Don´t Give a Fo» (2017)
    • «Loca» (2017)
    • «Muevelo Mami» (2017)
    • «Vete» (2017)
    • «Pa' Saber Amar» (2017)
    • «Loca (Remix)» (2018)
    • «Como le digo» (2018)
    • «Mi Cubana (Remix)» (2018)
    • «Ave María» (2018)
    • «Calentita» (2018)
    • «M.I.A» (2018)
    • «S.A.D» (2018Lumbre» (2018)
    • «RedTube (Remix)» (2018)
    • «Otra botella» (2018)
    • «Otra botella (Remix)» (2018)
    • «Me usaste» (2018)
    • «Realidad» (2018)
    • «Pa tu casa» (2018)
    • «Empresario» (2018)
    • «Cupido (Remix)» (2018)
    • «Se motiva» (2018)
    • «Screenshot» (2018)
    • «Loco» (2019)
    • «No lo entiendo» (2019)
    • «Makina de armado» (2019)
    • «Pa mí» (2019)
    • «Buenos Aires» (2019)
    • «Tumbando El Club (Remix)» (2019)
    • «Sola» (2019)
    • «Hitboy» (2019)
    • <HELLO COTTO> (Remix) (2019)

Links externos[editar | editar código-fonte]

Khea no Instagram

Referências

Links externos[editar | editar código-fonte]