Kick-Ass (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kick-Ass
Kick-Ass (PT)
Kick Ass - Quebrando Tudo (BR)
Kick-Ass film poster.jpg
 Reino Unido
 Estados Unidos

2010 •  118[1] min 
Direção Matthew Vaughn
Produção Matthew Vaughn
Brad Pitt
Kris Thykier
Adam Bohling
Tarquin Pack
David Reid
Roteiro Jane Goldman
Matthew Vaughn
Baseado em Kick-Ass de
Mark Millar
e John Romita, Jr.
Narração Aaron Taylor-Johnson
Elenco Aaron Taylor-Johnson
Christopher Mintz-Plasse
Mark Strong
Chloë Grace-Moretz
Lyndsy Fonseca
Garret M.Brown
Clark Duke
Evan Peters
Nicolas Cage
Gênero Ação
Comédia
Música John Murphy
Henry Jackman
Marius de Vries
Ilan Eshkeri
Cinematografia Ben Davis
Edição Pietro Scalia
Jon Harris
Eddie Hamilton
Companhia(s) produtora(s) Marv Films
Plan B Entertainment
Distribuição Lionsgate
Universal Pictures
Lançamento Reino Unido 26 de março de 2010
Estados Unidos 16 de abril de 2010
Brasil 18 de junho de 2010
Idioma Inglês
Orçamento US$ 28 milhões[2]
Receita US$ 96 188 903[2]
Cronologia
Kick-Ass 2
(2013)
Página no IMDb (em inglês)

Kick-Ass (no Brasil, Kick-Ass - Quebrando Tudo e em Portugal, Kick-Ass) é um filme estadunidense e britânico de 2010, dirigido por Matthew Vaughn. É baseado na história em quadrinhos de mesmo nome escrita por Mark Millar e ilustrada por John Romita, Jr., publicada pela linha editorial da Marvel Comics, Icon.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme conta a vida de um adolescente normal, chamado Dave Lizeewski, que decide tornar-se um super-herói por influência das histórias em quadrinhos. Torna-se conhecido na mídia como "Kick-Ass", e motiva o surgimento de uma nova onda de super-heróis no país, assim inclui-se Red Mist, que se torna seu "parceiro" no combate ao crime, o misterioso Big Daddy e sua filha Hit-Girl, que vivem um eletrizante dia-a-dia matando mafiosos. Porém, quando Frank D'Amico arma uma armadilha para os heróis, Kick-Ass deve provar que não são precisos poderes para ser um super-herói de verdade.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Aaron Taylor-Johnson como Dave Lizewski / Kick-Ass: Um jovem nerd que sempre gostou de quadrinhos, por conta disso Dave resolve se tornar o primeiro herói da história. Com dois cacetetes e um traje de mergulho, ele se torna o Kick-Ass. O único problema, é que Dave não sabe lutar.
  • Chloë Grace Moretz como Mindy Macready / Hit-Girl: Uma garotinha loira de 11 anos que desde pequena foi treinada para ser uma grande lutadora. Mindy é uma lutadora profissional e ótima no manuseio de armas (tanto de disparo quanto facas). É filha do herói Big Daddy.
  • Nicolas Cage como Damon Macready / Big Daddy: Um ex-policial que foi falsamente acusado de um crime e preso injustamente. Após sair da prisão e descobrir que sua esposa havia falecido, Damon treina sua filha e juntos se tornam uma dupla de heróis. Damon escreve seus feitos heróicos em revistas em quadrinhos que ele mesmo desenha.
  • Christopher Mintz-Plasse como Chris D'Amico / Red Mist: Chris finge ser amigo de Dave, mas na verdade é um agente duplo que está tentando entregar os heróis aos vilões. É filho do chefão do crime Frank D'Amico.
  • Garrett M. Brown como Sr. Lizewski: O pai de Dave, ama muito seu filho.
  • Elizabeth McGovern como Sra. Lizewski: A falecida mãe de Dave que só aparece em flashbacks.
  • Clark Duke como Marty: Um dos melhores amigos de Dave, assim como ele adora quadrinhos. No segundo filme se torna o herói Battle Guy.
  • Mark Strong como Frank D'Amico: O chefão do crime e pai de Chris D'Amico, tem o objetivo de eliminar todos os super heróis. Foi responsável pela prisão de Damon McCready.
  • Lyndsy Fonseca como Katie Deauxma: A namorada de Dave, no início só se interessou por Dave porque acreditava que ele era Gay. Sempre se preocupa com Dave, caso ele não volte vivo de suas missões.
  • Yancy Butler como Angie D'Amico: Mãe de Chris D'Amico. Só ganha destaque no segundo filme.
  • Evan Peters como Todd Haynes: Um dos melhores amigos de Dave. No segundo filme se torna o herói/vilão Asskicker e é substituído por Augustus Prew.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde outubro de 2016).
  • Nos quadrinhos a história do Big Daddy ser um ex-policial era mentira, ele era apenas um consultor financeiro que sequestrou a própria filha e a transformou numa vigilante porque estava entediado. Muitos fãs preferem a versão do filme, inclusive Mark Millar, escritor do quadrinho original.
  • Chloë Grace Moretz costumava dizer que se falasse tantos palavrões quanto a Hit-Girl, ficaria de castigo até os vinte anos. Por isso ela tentava não falar o nome do filme em casa ou em entrevistas e se referia a ele como "Kick Butt".
  • Os produtores do filme receberam o mesmo feedback de todos os estúdios: "Vamos fazer o filme, se você abandonar a Hit-Girl ou fazer ela ter 19 anos".
  • O ator Evan Peters (que fez o personagem Todd Haynes) interpretou o personagem Mercúrio nos filmes X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido e X-Men: Apocalipse. Mais tarde o mesmo personagem foi interpretado por Aaron Taylor-Johnson em Vingadores: Era de Ultron.
  • O nome "Red Mist" (em português "Névoa Vermelha") é um termo usado quando alguém que trabalha desarmando bombas é explodido pela bomba que tentava desarmar. A explosão forma uma "névoa vermelha" ou rosa. Esse termo também é usado por snipers, quando sai uma nuvem de sangue após um tiro na cabeça.
  • Nos quadrinhos o pai do Red Mist se chama John Genovese, que é o sobrenome de uma das cinco famílias mais poderosas da máfia (Genovese, Luchese, Bonano, Gambit o e Colombo). No filme ele se chama Frank D'Amico, em homenagem a um personagem de Os Simpsons. No filme ele também se mostra um lutador melhor que a Hit-Girl (isso nunca foi mostrado na história original).
  • Nos créditos finais, os capangas de Frank D'Amigo receberam os apelidos das Spice Girls como nomes. São eles Sporty (Esportista), Baby (Bebê), Ginger (Ruiva), Scary (Assustadora) e Posh (Chique).
  • Durante a divulgação do filme várias pessoas criticaram o fato da Hit-Girl usar muitos palavrões.
  • Nicolas Cage diz que se baseou no Batman de Adam West para interpretar Big Daddy. O diretor do filme, Matthew Vaughn, gostou muito dessa idéia, pois ele odiava a voz que Christian Bale fazia em Batman Begins.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Kick-Ass 2 (filme)

A Universal Pictures comprou os direitos de uma continuação, que foi produzida por Vaughn e escrita e dirigida por Jeff Wadlow. As filmagens se iniciaram em setembro e foram concluídas no final de novembro de 2012.[3] O filme estreou em Outubro de 2013.

Referências

  1. «Kick-Ass». British Board of Film Classification. 26 de fevereiro de 2010. Consultado em 10 de abril de 2010. Contains strong language, once very strong, & strong bloody comic violence 
  2. a b «Kick-Ass no Box Office Mojo». Box Office Mojo. Consultado em 28 de agosto de 2010 
  3. Borys Kit (May 8, 2012). «Universal in Talks for 'Kick-Ass 2'». Consultado em May 9, 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.