Kim Jong-nam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kim Jong-nam
hangul: 김정남
Nascimento 10 de maio de 1971
Pyongyang, Coreia do Norte
Morte 13 de fevereiro de 2017 (45 anos)
Sepang, Malásia
Nacionalidade norte-coreana
Parentesco Kim Jong-il (pai)
Kim Jong-un (meio-irmão)

Kim Jong-nam (Chosŏn'gŭl: 김정남; Hanja: 金正男; 10 de maio de 1971 - 13 de fevereiro de 2017) foi o filho mais velho de Kim Jong-il, líder da Coreia do Norte de 1994 até 2011. Entre 1994 a 2001, ele foi considerado o herdeiro sucessor de seu pai e o próximo líder da Coreia do Norte.[1] Depois de uma tentativa fracassada de entrar no Japão com um passaporte falso para visitar a Disneylândia de Tóquio, em maio de 2001, ele saiu da linha sucessória a favor de seu pai.

A partir de 2003, Kim Jong-nam viveu em um exílio fora da Coreia do Norte. O meio-irmão paterno mais jovem de Kim Jong-un foi nomeado herdeiro aparente, em setembro de 2010. No exílio, Kim tornou-se conhecido como um crítico de sua família, do regime norte-coreano e como um defensor da reforma em seu país natal.[2] Kim Jong-nam morreu na Malásia, em fevereiro de 2017, em circunstâncias suspeitas. Acredita-se que ele foi assassinado por duas mulheres[3], especulou-se que sua morte tenha sido planejada por agentes norte-coreanos no aeroporto de Kuala Lumpur na Malásia, usando uma arma química conhecida como agente nervoso VX[4]. Acreditava-se que ele estava a viajar sob o nome de Kim Chol no momento de sua morte.

Com a morte de Kim Jong-Nam, aumentaram as suspeitas de que a Coreia do Norte também disponha de enormes quantidades de agentes químicos em seu arsenal.[5]

Provavelmente foi assassinado por causa da sua colaboração com a CIA.[6]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Kim Jong-un's Big Threat: His Older Brother – Globalo» (em inglês). 23 de agosto de 2016. Consultado em 26 de Setembro de 2016 
  2. Jonathan Watts e Tania Branigan (17 de janeiro de 2012). «North Korea's leader will not last long, says Kim Jong-un's brother» (em inglês). The Guardian. Consultado em 17 de fevereiro de 2017 
  3. «O misterioso assassinato de Kim Jong-nam, meio-irmão e 'rival' do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un». BBC Brasil. 15 de fevereiro de 2017. Consultado em 17 de fevereiro de 2017 
  4. EFE (24 de fevereiro de 2017). «Substância que matou Kim Jong-nam é arma de destruição em massa». Exame.Com. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  5. Siza, Rita. «Ásia. Coreia do Norte terá o terceiro maior arsenal de armas químicas». PÚBLICO 
  6. «Le demi-frère de Kim Jong-un était lié à la CIA». Les Echos. 11 de junho de 2019