Kim Kardashian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kim Kardashian West
Kardashian em 2019
Nome completo Kimberly Noel Kardashian West
Nascimento 21 de outubro de 1980 (41 anos)
Los Angeles, Califórnia
Estados Unidos
Residência Hidden Hills, California
Nacionalidade norte-americana
Fortuna US$ 1 bilhão[1]
Progenitores Mãe: Kris Jenner
Pai: Robert Kardashian
Cônjuge
  • Damon Thomas (c. 2000; div. 2004)
  • Kris Humphries (c. 2011; div. 2013)
  • Ye (c. 2014; div. 2021)
Filho(a)(s) North West [1]

Saint West [2]

Chicago West [3]

Psalm West [4]

Ocupação
  • Personalidade da mídia
  • socialite
  • modelo
  • empresária
  • produtora
  • atriz
Principais trabalhos Keeping Up with the Kardashians
Página oficial
kkwbeauty.com

Kimberly Noel Kardashian West[2] (Los Angeles, 21 de outubro de 1980) é uma personalidade da mídia, empresária, socialite, estilista e produtora norte-americana. Kim Kardashian ficou conhecida mundialmente graças ao reality Keeping Up with the Kardashians do canal E!. Seu sucesso logo levou à criação de spin-offs incluindo Kourtney and Kim Take New York e Kourtney and Khloé Take Miami.[3]

Nos últimos anos, Kim Kardashian cresceu com presença online e social, incluindo centenas de milhões de seguidores no Twitter e no Instagram.[4][5] Ela lançou uma variedade de produtos ligados ao seu nome, incluindo o jogo para celular de 2014 Kim Kardashian: Hollywood, uma variedade de roupas e produtos, o livro fotográfico de 2015 Selfish e seu aplicativo pessoal homônimo. Seu relacionamento com o rapper Kanye West também recebeu uma cobertura significativa da mídia; O casal casou-se em 2014 e divorciou-se em 2021. Eles têm quatro filhos juntos.[6]

A revista Time incluiu Kardashian em sua lista das 100 pessoas mais influentes de 2015,[7] enquanto a Vogue a descreveu em 2016 como um "fenômeno da cultura pop".[8] Críticos e admiradores a descreveram como exemplo da noção de ser famoso por ser famoso.[9][10][11] Ela foi relatada como a personalidade de reality show mais bem paga de 2015, com ganhos totais superiores a US$ 53 milhões.[12]

Infância e juventude[editar | editar código-fonte]

Kimberly Noel Kardashian nasceu em 21 de outubro de 1980 em Los Angeles, Califórnia, filha do advogado Robert (1944—2003) e Kris (anteriormente Houghton).[13] Ela tem uma irmã mais velha, Kourtney, uma irmã mais nova, Khloé, e um irmão mais novo, Rob.[14] Sua mãe tem ascendência holandesa, inglesa, irlandesa e escocesa,[15] enquanto seu pai é um armênio-americano de terceira geração.[16] Após o divórcio de seus pais em 1991, sua mãe casou-se novamente naquele mesmo ano com Bruce Jenner,[nota 1] vencedor nos Jogos Olímpicos de Verão de 1976 na categoria decatlo.[17] Devido ao casamento, Kim ganhou os meio-irmãos Burton "Burt", Brandon, Brody e Casey, de casamentos anteriores de Jenner, e as meio-irmãs Kendall e Kylie Jenner, que ele teve com sua mãe.[18]

Ela estudou na Marymount High School, uma escola para meninas católica romana em Los Angeles.[19] Em 1994, seu pai advogou para o jogador de futebol americano O. J. Simpson em seu julgamento em que era acusado de assassinato. Simpson é padrinho de Kim.[20] Seu pai morreu de cancro em 2003.[21] Na sua juventude, Kim era amiga próxima e stylist da socialite Paris Hilton, através de quem recebeu atenção da mídia.[22][23]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2003-06: Início[editar | editar código-fonte]

Kardashian teve sua primeira passagem pelo show business como amiga e estilista de Paris Hilton, aparecendo como convidada em vários episódios do reality show estrelado por Hilton, The Simple Life, entre 2003 e 2006.[24]

2006-09: Ascenção com reality shows[editar | editar código-fonte]

Kardashian em 2007

Em 2006, Kardashian entrou no mundo dos negócios com suas duas irmãs e abriu a boutique D-A-S-H em Calabasas, Califórnia.[25] Em fevereiro de 2007, uma fita de sexo feita por Kardashian e Ray J em 2002 vazou.[26][27] Kardashian entrou com um processo contra a Vivid Entertainment, que distribuiu o filme como Kim Kardashian, Superstar. Mais tarde, ela desistiu do processo e fez um acordo no valor de US$ 5 milhões, permitindo que a Vivid lançasse a fita.[28][29] Vários meios de comunicação posteriormente criticaram ela e a família por usarem o lançamento da fita de sexo como um golpe publicitário para promover seu futuro reality show.[30][31]

Em outubro de 2007, Kardashian, além de sua mãe Kris Jenner, seu padrasto Bruce Jenner (posteriormente Caitlyn), seus irmãos Kourtney, Khloé e Rob Kardashian e as meias-irmãs Kendall e Kylie Jenner, começaram a aparecer no reality show Keeping Up with the Kardashians.[32] A série provou ser um sucesso para o canal E! E levou à criação de spin-offs, incluindo Kourtney and Kim Take New York e Kourtney and Kim Take Miami.[33] Em um dos episódios, Kim discutiu uma oferta da revista Playboy para aparecer nua na revista.[34] Em dezembro daquele ano, Kardashian posou em um ensaio nu para a revista.[35]

Em 2008, ela fez sua estreia no cinema na paródia de filmes de catástrofes Disaster Movie, no qual ela apareceu como uma personagem chamada Lisa.[36][37] Nesse mesmo ano, ela participou da sétima temporada de Dancing with the Stars, onde fez parceria com Mark Ballas. Kardashian foi a terceira participante a ser eliminada.[38] Em janeiro de 2009, Kardashian fez uma participação especial durante um episódio da sitcom How I Met Your Mother, no episódio "Benefits". Em abril, ela lançou uma série de DVD de treinos através de sua produtora de televisão Kimsaprincess Productions, LLC, que viu o lançamento de três vídeos de treinos de sucesso, Fit in Your Jeans by Friday, com treinadores Jennifer Galardi e Patrick Goudeau.[25][39][40] Kardashian interpretou Elle em quatro episódios da série de televisão Beyond the Break.[41]

Kardashian tornou-se apresentadora convidada da WrestleMania XXIV e jurada convidada do America's Next Top Model em agosto daquele ano.[42] Em setembro, a Fusion Beauty e a Seven Bar Foundation lançaram "Kiss Away Poverty", com Kardashian como o rosto da campanha. Para cada gloss LipFusion vendido, US$ 1 foi destinado para a fundação para financiar mulheres empresárias nos Estados Unidos.[43] No mês seguinte, ela lançou sua primeira fragrância autointitulada "Kim Kardashian".[44][45] Em dezembro de 2009, Kardashian fez uma aparição especial no programa da CBS, CSI: NY, com Vanessa Minnillo.[46][47]

2010-13: Primeiras campanhas publicitárias[editar | editar código-fonte]

Em 2010, Kardashian se aventurou em várias campanhas publicitárias, incluindo comerciais de vários produtos alimentícios para a Carl's Jr.[48][49] Em janeiro de 2010, ela estrelou como Summa Eve no filme Deep in the Valley.[46] Em abril, Kardashian gerou polêmica sobre a maneira como ela segurou um gatinho para uma fotografia, segurando-o pela nuca.[50] Com as irmãs Kourtney e Khloé, Kardashian está envolvida nas indústrias de varejo e moda. Elas lançaram várias coleções de roupas e fragrâncias. A organização de direitos dos animais PETA criticou Kardashian por usar repetidamente casacos de pele, e a nomeou como uma das cinco piores pessoas ou organizações de 2010 quando se tratava de bem-estar animal.[51] Em junho, Kardashian apareceu juntamente com Kourtney e Khloé como elas mesmas no episódio de estreia da terceira temporada da série 90210.[52]

Kardashian em 2010.

Em 1 de julho de 2010, a filial de Nova Iorque do Madame Tussauds revelou uma figura de cera de Kardashian.[53] Em novembro, Kardashian foi produtora de The Spin Crowd, um reality show sobre a Command PR, uma empresa de relações públicas de Nova Iorque dirigida por Jonathan Cheban e Simon Huck. O programa os acompanhou enquanto eles se acomodavam em seus novos escritórios em Los Angeles.[54] Naquele mês, ela também apareceu na décima temporada de The Apprentice.[55] Kim, Kourtney e Khloé escreveram uma autobiografia intitulada Kardashian Konfidential, que foi lançada nas lojas em 23 de novembro e apareceu na lista dos mais vendidos do The New York Times.[56]

Em dezembro de 2010, Kardashian filmou um videoclipe para uma canção interpretada por ela, intitulada "Jam (Turn It Up)". O vídeo foi dirigido por Hype Williams, com Kanye West fazendo uma participação especial.[57] ​A canção foi produzida por The-Dream e Tricky Stewart, e estreou durante a virada do ano em 31 de dezembro de 2010 no TAO Las Vegas. Foi lançada comercialmente em 2 de março de 2011, com parte do lucro sendo revertido para o St. Jude Children's Research Hospital.[58] Quando perguntada se um álbum estava a caminho, Kardashian respondeu: "Não há nenhum álbum em andamento nem nada - apenas uma música que fizemos para Kourtney and Kim Take New York e um vídeo dirigido por Hype Williams, metade dos lucros que estamos doando para uma fundação de câncer, porque os pais de The-Dream e um dos meus pais morreram de câncer. É tudo diversão - com uma boa causa".[59] A canção foi recebida com analises negativas dos críticos, e Kardahian admitiu posteriormente que não gostaria de ter feito a canção e que não tinha uma voz boa.[60]

Ainda no mês de dezembro de 2010, o The Daily Beast relatou que os ganhos de Kardashian em 2010 foram os maiores entre as estrelas de reality shows de Hollywood, estimando-os em US$ 6 milhões.[61]

Em abril de 2011, Kardashian lançou sua terceira fragrância "Gold".[44] Em março de 2012, Kardashian estreou sua quarta fragrância, intitulada "True Reflection", trabalhando com a empresa Dress for Success para promovê-la.[62] Em abril, o E! renovou Keeping Up with the Kardashians para duas temporadas adicionais, em um acordo avaliado em US$ 50 milhões.[63][64] Em novembro de 2011, ela lançou o romance Dollhouse junto com as irmãs Kourtney e Khloé.[65] Em outubro de 2012, Kardashian lançou sua quinta fragrância, "Glam", que "se baseia no glamour de seu estilo de vida de Hollywood", e foi disponibilizada através da Debenhams.[66] No verão de 2012, Kardashian e sua família filmaram um videoclipe na República Dominicana com a canção "Hypnotize" de Notorious B.I.G.[67]

No drama romântico Temptation: Confessions of a Marriage Counselor (2013), produzido, escrito e dirigido por Tyler Perry, Kardashian interpretou o papel de uma colega de trabalho de um terapeuta ambicioso. Enquanto o filme foi um sucesso de bilheteria moderado, com uma receita bruta mundial de US$ 53,1 milhões,[68] a resposta da crítica foi negativa e Kardashian ganhou o Framboesa de Ouro de pior atriz coadjuvante.[69]

2014-presente: Foco em redes sociais[editar | editar código-fonte]

Kardashian apareceu na capa e em um pictórico na edição de inverno da revista Paper em 2014, fotografada por Jean-Paul Goude.[70] Na capa, suas nádegas nuas aparecem acima da legenda: "Break the Internet", o que gerou comentários consideráveis ​​nas mídias sociais e tradicionais.[71][72] As fotos mostram Kardashian com o cabelo preso em um coque, usando apenas um colar de pérolas, um par de brincos e luvas de cetim pretas e, na capa, com as costas nuas voltadas para a câmera, segurando um vestido de lantejoulas abaixo do corpo nu, nádegas lubrificadas, enquanto sorri para a câmera.[73][74] Um escritor da revista Time comentou que, ao contrário dos nus anteriores de celebridades que representavam a rebelião das mulheres contra a sociedade reprimida e "tentando derrubar" barreiras, a exposição de Kardashian era "apenas provocação e fanfarronice, imagens repetidas que parecem nos oferecer algum tipo de verdade ou visão, mas são apenas egoístas. Queremos que haja algo mais, alguma razão ou contexto, alguma grande explicação que nos diga como é viver nos dias de hoje, mas não existe. A bunda de Kim Kardashian não é nada mas uma promessa vazia".[75] No entanto, a façanha "estabeleceu uma nova referência" nas respostas das redes sociais,[76] e o website da Paper recebeu 15.9 milhões de visualizações em um dia, em comparação com 25.000 visualizações em um dia normal.[77][78]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casamentos[editar | editar código-fonte]

Em 2000, Kardashian, aos 19 anos, casou-se secretamente com o produtor musical Damon Thomas.[79] Thomas pediu o divórcio em 2003. Kardashian mais tarde culpou a separação deles pelo abuso físico e emocional da parte dele,[80] e disse que estava sob efeito de êxtase durante a cerimônia.[81] Antes da conclusão de seu divórcio, Kardashian começou a namorar o cantor Ray J.[79]

Em maio de 2011, Kardashian ficou noiva do jogador da NBA Kris Humphries, então do New Jersey Nets, com quem ela namorava desde outubro de 2010.[82] Eles se casaram em uma cerimônia de casamento em 20 de agosto em Montecito, Califórnia.[83] No início daquele mês, ela havia lançado sua "fragrância de casamento" chamada "Kim Kardashian Love", que coincidiu com seu próprio casamento.[44][84] Um especial de TV em duas partes mostrando os preparativos e o casamento foi ao ar no E! no início de outubro de 2011, em meio ao que o The Washington Post chamou de "blitz da mídia" relacionada ao casamento.[85] Após 72 dias de casamento, ela pediu o divórcio de Humphries em 31 de outubro, citando diferenças irreconciliáveis.[86] Vários meios de comunicação presumiram que o casamento de Kardashian com Humphries era apenas um golpe publicitário para promover a marca da família Kardashian e seus empreendimentos televisivos subsequentes.[87] Um homem que professa ser seu ex-publicitário, Jonathan Jaxson, também afirmou que seu casamento de curta duração foi de fato encenado e um estratagema para gerar dinheiro. Kardashian entrou com um processo contra Jaxson, dizendo que suas alegações eram falsas, e posteriormente resolveu o caso que incluía um pedido de desculpas de Jaxson.[88] Uma petição amplamente divulgada pedindo para remover do ar toda a programação relacionada a Kardashian seguiu a separação.[89] O divórcio foi objeto de ampla atenção da mídia.[90]

Kardashian começou a namorar o rapper e amigo de longa data Ye em abril de 2012, quando ainda era legalmente casada com Humphries.[91] Após seu divórcio ser finalizado em 3 de junho de 2013,[92] Kardashian e West ficaram noivos em 21 de outubro, 33º aniversário de Kardashian,[93] e se casaram em 24 de maio de 2014, em Forte Belvedere em Florença, Itália.[94] Seu vestido de noiva foi desenhado por Riccardo Tisci da Givenchy[95] com alguns dos vestidos de convidados desenhados pelo designer Michael Costello.[96] O status elevado do casal e respectivas carreiras resultaram em seu relacionamento se tornando sujeito a uma cobertura da mídia pesada; o The New York Times se referiu ao casamento deles como "uma tempestade histórica de celebridades".[6] Em janeiro de 2021, a CNN informou que o casal estava discutindo se divorciar[97] e em 19 de fevereiro de 2021, Kardashian oficialmente pediu o divórcio.[98] Em abril de 2021, os dois concordaram em tribunal que encerrariam seu casamento devido a "diferenças irreconciliáveis" e concordaram em manter a guarda conjunta de seus quatro filhos. Eles também concordaram que não precisam de apoio conjugal.[99]

Religião[editar | editar código-fonte]

Kardashian é cristã e se descreveu como "realmente religiosa".[100] Ela foi educada em escolas cristãs das tradições presbiteriana e católica romana.[100] Em outubro de 2019, ela foi batizada em uma cerimônia Apostólica Armênia no batistério no complexo da Catedral de Echemiazim e recebeu o nome armênio de Heghine (Հեղինէ).[101]

Em abril de 2015, Kardashian e West viajaram para o Bairro Armênio da Cidade Antiga em Jerusalém para batizar sua filha North na Igreja Apostólica Armênia, uma das denominações mais antigas do Cristianismo Ortodoxo Oriental. A cerimônia aconteceu na Catedral de São Tiago.[102] Khloé Kardashian foi nomeada madrinha de North.[103] Em outubro de 2019, Kim batizou seus três filhos mais novos no batistério no complexo da Catedral de Etchmiadzin, a igreja mãe da Armênia.[104][105] Psalm recebeu o nome armênio de Vardan, Chicago recebeu Ashkhen e Saint recebeu Grigor.[106]

Saúde e filhos[editar | editar código-fonte]

Kardashian e West têm quatro filhos: North (nascida em 15 de junho de 2013),[107] Saint (nascido em 5 de dezembro de 2015),[108] Chicago (nascido em 15 de janeiro de 2018),[109] e Psalm (nascido em 9 de maio de 2019).[110][111]

Kardashian discutiu publicamente as dificuldades durante suas duas primeiras gestações. Ela experimentou pré-eclâmpsia durante a primeira, o que a forçou a dar à luz com 34 semanas. Em ambas as gestações, ela sofreu placenta acreta após o parto, eventualmente sendo submetida a uma cirurgia para remover a placenta e o tecido cicatricial.[112][113] Após sua segunda gravidez, os médicos a aconselharam a não engravidar novamente;[114] seus dois filhos mais novos nasceram de barriga de aluguel.[113][115] Kardashian também falou sobre sua psoríase.[116]

Em maio de 2021, foi relatado que Kardashian tinha testado positivo para COVID-19 em novembro de 2020. Ela confirmou esta notícia,[117] mas negou relatos de que ela contraiu a doença após dar uma festa em uma ilha privada.[118]

Roubo em Paris[editar | editar código-fonte]

Na madrugada de 03 de Outubro de 2016, durante o Paris Fashion Week, uma das semanas de moda mais conhecidas do mundo, Kim Kardashian teve seu quarto de hotel invadido por homens mascarados e armados e teve seus pertences roubados. Kim disse em diversas entrevistas que pensou a todo momento que iam matá-la. Até o momento, 17 pessoas conectadas ao roubo foram presas. As jóias não foram encontradas e estima-se que o roubo foi em torno de US$ 11 milhões de dólares, valor esse, não divulgado pela polícia.

Após o roubo, Kim tirou 3 meses de férias de todas as suas redes sociais e aplicativos, sendo esses comandados por sua assistente Stephanie Shepherd. Hoje, segue um estilo de vida um pouco mais cauteloso e não exibe mais jóias e bens em mídias públicas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kardashian Konfidential: lançado em 23 de novembro de 2010, uma autobiografia das irmãs Kardashian (com participação de Kourtney e Khloé);
  • Dollhouse: lançado em 15 de novembro de 2011, um romance ficcional, relativamente baseado na vida das três autoras (com participação de Kourtney e Khloé);
  • Selfish: Lançado em Maio de 2015, um livro apenas com suas fotos (em selfie), de 2006 a 2014 (até a data de seu casamento);
  • Selfish 2: Lançado em Março de 2017, um livro com fotos inéditas no formato selfie.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2008 Disaster Movie Lisa
2009 Deep in the Valley Summa Eve
2013 Temptation: Confessions of a Marriage Counselor Ava
2018 Ocean's 8 Ela mesma

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
2009 How I Met Your Mother Ela mesma Episódio: "Benefits"
Beyond the Break Elle 4 episódios
Brothers Ela mesma Episódio: "Meet Mike Trainor/Assistant Coach"
CSI: NY Debbie Fallon Episódio: "Second Chances"
2010 90210 Ela mesma Episódio: "Senior Year, Baby"
2012 Last Man Standing Episódio: "Tree of Strife"
30 Rock Episódio: "Live from Studio 6H"
Drop Dead Diva Nikki LePree 4 episódios
2014 American Dad! Qurchhhh / Ela mesma Episódio: "Blagsnarst, a Love Story"
2 Broke Girls Ela mesma Episódio: "And the Reality Problem"
2016 Zoolander: Super Model Filme de TV

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Artista(s)
2004 "Dip It Low" Christina Milian
2007 "Thnks fr th Mmrs" Fall Out Boy
2012 "Come on a Cone" Nicki Minaj
2013 "Bound 2" Kanye West
2016 "M.I.L.F. $" Fergie
"Wolves" Kanye West
2019 "Best Friend's Ass" Dimitri Vegas & Like Mike vs. Paris Hilton

Notas

  1. Bruce mudou seu nome para Caitlyn após uma transição de gênero em 2015.

Referências

  1. Berg, Madeline (29 de junho de 2020). «Kim Kardashian West Is Worth $900 Million After Agreeing To Sell A Stake In Her Cosmetics Firm To Coty». Forbes. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  2. Nessif, Bruna; Baker, Ken (28 de outubro de 2013). «Kim Kardashian Reveals She's Taking Kanye West's Last Name—Watch Now!». E! Online. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  3. Orr, Deborah (8 de outubro de 2016). «The tale of Kim Kardashian shows us that you don't have to be cruel. Be kind». Guardian. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  4. Seemayer, Zach. «Kim Kardashian on the Success of Her Mobile App and Her Social Media Empire». ET Online. Consultado em 11 de junho de 2016 
  5. «Top 100 Instagram Users by Followers» 
  6. a b Caramanica, Jon. "The Agony and the Ecstasy of Kanye West." New York Times. 10 de abril de 2015.
  7. «Elon Musk Explains the Genius of Kanye West». 17 de abril de 2015. Consultado em 19 de julho de 2016 
  8. Staff (8 de maio de 2016). «First Look: Kim Kardashian covers Vogue Australia's June 2016 issue». Vogue Australia. Consultado em 12 de junho de 2016 
  9. «The Paris Hilton Rule: Famous For Being Famous». Scoreboard Media Group. Consultado em 13 de setembro de 2014. Arquivado do original em 28 de maio de 2012 
  10. «Sure, She's Beautiful, but Why is Kim Kardashian Famous?». Wet Paint. 9 de novembro de 2013 
  11. «Does Kim Kardashian deserve to be famous?». Debate 
  12. Forbes "Kim Kardashian" Retrieved on December 6, 2015.
  13. «Kimberly Noel Kardashian, Born 10/21/1980 in California». California Birth Index. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  14. Sagimbeni, Nick (9 de janeiro de 2013). «Kourtney, Kim, Khloe, Robert, Kylie and Kendall Kardashian». Los Angeles Times. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  15. Kim Kardashian (11 de junho de 2008). «Monuments And Momentous Times In Monte Carlo». KimKardashian.com. Consultado em 25 de novembro de 2020. Arquivado do original em 18 de maio de 2015 
  16. Barford, Vanessa (8 de janeiro de 2013). «Kim Kardashian: How do Armenians feel about her fame?». BBC. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  17. «Jenner-Kardashian». The Day. 23 de abril de 1991. p. A2. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  18. Mayish, Jeff (1 de maio de 2013). «Ex-nanny to the Kardashians reveals Kris Jenner's temper and an O. J. Simpson trial kidnap scare». New York Daily News. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  19. Austin, Christina; Acuna, Kirsten (27 de setembro de 2012). «Check Out The Elite Schools Where Celebrities Send Their Kids». Business Insider. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  20. Ryan, Harriet; Powers, Ashley (28 de setembro de 2008). «His life now: With friends like these...». Los Angeles Times. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  21. «Robert Kardashian, a Lawyer For O. J. Simpson, Dies at 59». The New York Times. 3 de outubro de 2003. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  22. Morgan, Eleanor (20 de abril de 2016). «Why is Kim Kardashian famous? You asked Google – here's the answer». The Guardian. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  23. «Kim Kardashian Biography». The Biography Channel. Consultado em 25 de novembro de 2020 
  24. «EXCLUSIVE: Paris Hilton tells us where she's been hiding». Glamour. Consultado em 17 de junho de 2021 
  25. a b «Kim Kardashian Biography». Biography. Consultado em 17 de junho de 2021 
  26. «Kim Kardashian on Sex Tape: 'A Tape Does Exist'». Extra. NBCUniversal. 7 de fevereiro de 2007. Consultado em 17 de junho de 2021 
  27. «Ray J Sends 'Love & Congratulations' To Kim Kardashian & Kanye West». Access Hollywood. NBCUniversal. 8 de junho de 2013. Consultado em 17 de junho de 2021 
  28. «Kardashian to profit from sex tape». United Press International. News World Communications. 1 de maio de 2007. Consultado em 17 de junho de 2021 
  29. Johnson, Richard (1 de maio de 2007). «Happy Ending». New York Post. Consultado em 17 de junho de 2021. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2009 
  30. «The Kardashian Decade: How a Sex Tape Led to a Billion-Dollar Brand». Hollywood Reporter. Consultado em 17 de junho de 2021 
  31. «10 Years Ago, Kim Kardashian Turned a Sex Tape Into a Business Empire». Complex. Consultado em 17 de junho de 2021 
  32. Nordyke, Kimberly (13 de novembro de 2007). «'Kardashians' earns its keep». The Hollywood Reporter. Consultado em 17 de junho de 2021 
  33. Karen (16 de agosto de 2013). «Scott Disick is the Father of Mason Disick!». Las Vegas Guardian Express. Consultado em 17 de junho de 2021 
  34. «Kim Kardashian info». Biography.com. Consultado em 17 de junho de 2021 
  35. «Kim Kardashian Playboy – Kim Kardashian Nude – Pics and Videos of the Sex Tape Celebrity». Playboy. 27 de janeiro de 2009. Consultado em 17 de junho de 2021. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2012 
  36. Mitovich, Matt Webb (29 de agosto de 2008). «Disaster Movie Star Kim Kardashian Names Her Favorite Butt». TVGN. CBS Corporation. Consultado em 17 de junho de 2021 
  37. «Disaster Movie from Kim Kardashian: Pop Culture Queen». E! Online. Consultado em 17 de junho de 2021 
  38. Lang, Derrik J. (1 de outubro de 2008). «Kim Kardashian kicked off 'Dancing With the Stars'». USA Today. Consultado em 17 de junho de 2021 
  39. Saini, Mia (1 de julho de 2010). «Kim Kardashian Powering to the Top». Forbes. Consultado em 17 de junho de 2021 
  40. «Sweatin' with Kim Kardashian». Allure. 14 de abril de 2009. Consultado em 17 de junho de 2021. Cópia arquivada em 19 de abril de 2009 
  41. Parsley, Aaron (5 de junho de 2009). «Kim Kardashian Gets Slimed on Beyond the Break». People. Consultado em 17 de junho de 2021 
  42. DiNunno, Gina (4 de agosto de 2009). «Lauren Conrad and Kim Kardashian to Guest Judge Top Model». TVGuide.com. Consultado em 17 de junho de 2021 
  43. «Fusion Beauty». Seven Bar Foundation. Consultado em 17 de junho de 2021. Arquivado do original em 18 de outubro de 2010 
  44. a b c «Kim Kardashian Fragrances». Fragrantica.com. Consultado em 17 de junho de 2021 
  45. Crawford, Trish (28 de abril de 2010). «Kardashian Fame and Fragrance». Toronto Star. Consultado em 17 de junho de 2021 
  46. a b «Kim Kardashian gościnnie w serialu» (em polonês). Dziennik.pl. 4 de janeiro de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2012 
  47. Stanhope, Kate. «Kim Kardashian and Vanessa Minnillo to Appear on CSI:NY». TVGuide.com. Consultado em 17 de junho de 2021 
  48. «All the Rage: Kardashian Endorsements Seem to Have Va-Va-Vroom». Los Angeles Times. 26 de fevereiro de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  49. Goudreau, Jenna (13 de abril de 2010). «Reality TV Stars Turned Entrepreneurs». Forbes. Consultado em 23 de junho de 2021 
  50. «PETA se irrita com Kim Kardashian». O Fuxico. 20 de abril de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  51. «PETA Has Bone To Pick With Kim Kardashian». Popcrunch. 17 de novembro de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2010 
  52. «Kim Kardashian vai aparecer no seriado "90210" junto com suas irmãs!». Capricho. 27 de julho de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  53. «Kim Kardashian inaugura estátua de cera em Nova York». Quem. 1 de julho de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  54. «Kim Kardashian: Boss of the Spin Crowd». People. 11 de agosto de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  55. «Perfumania Teams Up With Kim Kardashian to be Featured on NBC's "The Apprentice"». NBC News. 8 de novembro de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  56. «Keeping Up With Kim, Kourtney and Khloé: The Kardashian Sisters Are Writing a Book!». Glamour. 18 de junho de 2010. Consultado em 23 de junho de 2021 
  57. «Dope Or Nope? Kim Kardashian Debuts New Single 'Turn It Up'». Vibe. 3 de janeiro de 2011. Consultado em 23 de junho de 2021 
  58. Lipshutz, Jason (24 de fevereiro de 2015). «Kim Kardashian's Forgotten 'Jam': Revisiting The Bid (Or Was It?) For Music Stardom». Billboard. Consultado em 23 de junho de 2021 
  59. Mapes, Jillian (7 de fevereiro de 2011). «Kim Kardashian: 'There's No Album in the Works'». Billboard. Consultado em 23 de junho de 2021 
  60. «Só no chuveiro! Celebs internacionais que lançaram discos e fracassaram». Monet. 12 de setembro de 2015. Consultado em 23 de junho de 2021 
  61. Kaufman, Gil (7 de dezembro de 2010). «Kim Kardashian Is Highest-Paid Reality-TV Star Of 2010». MTV News. Consultado em 23 de junho de 2021 
  62. «Kim Kardashian Perfume: True Reflection». Stylenews.peoplestylewatch.com. 29 de agosto de 2011. Consultado em 23 de junho de 2021 
  63. Andreeva, Nellie (24 de abril de 2012). «'Keeping Up with the Kardashians' Renewed – E! Extends Series For Three More Seasons». Deadline.com. Consultado em 23 de junho de 2021 
  64. Casserly, Meghan (24 de abril de 2012). «'Keeping Up with the Kardashians 2015: E! Pays $40 Million For Three More Years». Forbes. Consultado em 23 de junho de 2021 
  65. Brissey, Breia (15 de novembro de 2011). «Kardashian's publish new novel 'Dollhouse'». Entertainment Weekly. Consultado em 23 de junho de 2021 
  66. «Kim Kardashian Releases Glam Fragrance». Style MTV. Consultado em 23 de junho de 2021. Arquivado do original em 5 de junho de 2013 
  67. «Kim Kardashian's Family Films Video To Notorious B.I.G.'s 'Hypnotize'». MTV News. 3 de junho de 2012. Consultado em 23 de junho de 2021 
  68. «Tyler Perry's Temptation: Confessions of a Marriage Counselor (2013)». Box Office Mojo. Consultado em 23 de junho de 2021 
  69. «Kim Kardashian é eleita pior atriz no Framboesa de Ouro 2014». E!. 2 de março de 2014. Consultado em 23 de junho de 2021 
  70. Muller, Marissa G. (12 de novembro de 2014). «Meet The Man Behind Kim Kardashian's 'Break The Internet' Cover: Jean-Paul Goude». MTV News. Consultado em 23 de junho de 2021 
  71. Rothman, Michael (12 de novembro de 2014). «Kim Kardashian Leaves Little to Imagination in Raciest Magazine Cover Yet». ABC News. Consultado em 23 de junho de 2021 
  72. Fortini, Amanda (Novembro de 2014). «NO FILTER: An Afternoon With Kim Kardashian». Paper. Consultado em 23 de junho de 2021 
  73. Flower, Brandi (11 de novembro de 2014). «Whoa! Kim Kardashian Bares Her Butt, Goes Nude for 'Paper' Magazine». Paper. Consultado em 23 de junho de 2021 
  74. Szubiak, Ali (11 de novembro de 2014). «Kim Kardashian Bares Her Butt On the Cover of Paper Magazine [PHOTO]». Pop Crush. Consultado em 23 de junho de 2021 
  75. Moylan, Brian (12 de novembro de 2014). «Kim Kardashian's Butt Is an Empty Promise». Time. Consultado em 23 de junho de 2021 
  76. Van Grove, Jennifer (17 de novembro de 2014). «Kim Kardashian Didn't Break the Internet, but She Did Set a New Benchmark». The Street. Consultado em 23 de junho de 2021 
  77. Grossman, Samantha (2 de dezembro de 2014). «Top 10 Things That Broke the Internet». Time. Consultado em 23 de junho de 2021 
  78. Shields, Mike (13 de novembro de 2014). «Kim Kardashian Doesn't Break Paper Magazine's Servers–At Least Not Yet». The Wall Street Journal. Consultado em 23 de junho de 2021 
  79. a b «Kim Kardashian Biography». People. Consultado em 17 de junho de 2021. Cópia arquivada em 1 de janeiro de 2014 
  80. Waldholz, Chantal (7 de fevereiro de 2014). «Rob Kardashian Fears Marriage Because of Divorce — 5 Reasons That's Not Exactly Surprising!». Life & Style. Consultado em 17 de junho de 2021 
  81. «Kim Kardashian Says She Was High on Ecstasy During First Wedding — and When She Made a Sex Tape». Consultado em 17 de junho de 2021 
  82. Vena, Jocelyn (31 de outubro de 2011). «Kim Kardashian And Kris Humphries: A Timeline». MTV News. Consultado em 17 de junho de 2021 
  83. Garcia, Jennifer (20 de agosto de 2011). «Kim Kardashian and Kris Humphries Are Married!». People. Consultado em 17 de junho de 2021. Arquivado do original em 25 de setembro de 2011 
  84. Morris, Meagan (3 de agosto de 2011). «Kim Kardashian reveals new wedding day fragrance, Love». Sheknows.com. Consultado em 17 de junho de 2021 
  85. Hughes, Sarah Anne (7 de outubro de 2011). «Kim Kardashian wedding special to air this Sunday: Will you watch?». The Washington Post. Consultado em 17 de junho de 2021 
  86. Garcia, Jennifer; Fleeman, Mike (31 de outubro de 2011). «Kim Kardashian Files for Divorce from Kris Humphries». People. Consultado em 17 de junho de 2021 
  87. «Was Kardashian marriage a sham?». Chicago Tribune. 1 de novembro de 2011. Consultado em 17 de junho de 2021. Arquivado do original em 2 de novembro de 2011 
  88. Finn, Natalie (22 de fevereiro de 2012). «Kim Kardashian "Very Happy" With Apology From Blogger Who Called Her Marriage "Staged"». E! Online. Consultado em 17 de junho de 2021 
  89. Marikar, Sheila (16 de novembro de 2011). «Thousands Sign 'No More Kardashian'». ABC News. Consultado em 17 de junho de 2021 
  90. Tikkanen, Amy. «Kim Kardashian, American television personality and entrepreneur». Encyclopædia Britannica. Consultado em 17 de junho de 2021 
  91. «Kim Kardashian, Kanye West marry in Italy». Today Show. 26 de maio de 2014. Consultado em 17 de junho de 2021 
  92. Fleeman, Mike (4 de junho de 2013). «Kim Kardashian and Kris Humphries Finalize Divorce». People. Consultado em 17 de junho de 2021 
  93. Howard, Michael (22 de outubro de 2013). «Kim Kardashian and Kanye West Engaged». ABC News. Consultado em 17 de junho de 2021 
  94. Corriston, Michelle (24 de maio de 2014). «It's Official: Kim Kardashian and Kanye West Are Married». People. Consultado em 17 de junho de 2021 
  95. Kratofil, Colleen (19 de maio de 2016). «Kim Kardashian West Takes Fans Inside Her Wedding Dress Fittings (and the Photos Are too Good to Miss)». People. Consultado em 17 de junho de 2021 
  96. «Kim Kardashian Wedding Fashion: Designer Michael Costello Dishes on His Custom Looks for Kimye's Guests!». 16 de maio de 2014. Consultado em 17 de junho de 2021 
  97. Melas, Chloe (6 de janeiro de 2021). «Kim Kardashian and Kanye West discussing divorce». CNN. Consultado em 17 de junho de 2021 
  98. Dasarth, Diana (19 de fevereiro de 2021). «Kim Kardashian files for divorce from Kanye West». NBC News. Consultado em 17 de junho de 2021 
  99. «Kim Kardashian and Kanye West agree joint custody after divorce». BBC News. 13 de abril de 2021. Consultado em 17 de junho de 2021 
  100. a b Whittaker, Alexandra (17 de maio de 2018). «The Religious Ritual Kim Kardashian Practices Every Morning». InStyle (em inglês). Consultado em 7 de julho de 2021 
  101. «Kim Kardashian also baptized in Etchmiadzin, named Heghine (PHOTO)». news.am. 9 de outubro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2021 
  102. «Kim Kardashian in Jerusalem for Daughter's Baptism». wfmynews2.com. Consultado em 7 de julho de 2021. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2016 
  103. «North West Gets Baptized in Jerusalem». People. Consultado em 7 de julho de 2021. Arquivado do original em 10 de março de 2016 
  104. «Kardashian Baptizes Children In Private Ceremony At 'Vatican' Of Armenian Church». RFE/RL. 7 de outubro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2021 
  105. «Kim and Kourtney Kardashian baptize their children in Armenia's Etchmiadzin». Armenpress. 7 de outubro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2021 
  106. «Kim and Kourtney Kardashian Baptize Children at Etchmiadzin». Asbarez. 7 de outubro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2021 
  107. Johnson, Zach (26 de junho de 2013). «Kris Jenner Defends Granddaughter North West's Name on The View». Us Weekly. Wenner Media LLC. Consultado em 5 de julho de 2021 
  108. Ross, Ashley (7 de dezembro de 2015). «The Long History Behind Kim and Kanye's New Baby's Name». Time. Consultado em 5 de julho de 2021 
  109. Swartz, Tracy. «Kanye West, Kim Kardashian name baby Chicago West». Chicago Tribune. Consultado em 5 de julho de 2021 
  110. Juneau, Jen (10 de maio de 2019). «'He's Here!' Kim Kardashian and Kanye West Welcome Son: 'He's Perfect'». People. Consultado em 5 de julho de 2021 
  111. «Kim Kardashian shares first photo of newborn son and reveals his name». Entertainment Weekly (em inglês). 17 de maio de 2019. Consultado em 5 de julho de 2021 
  112. Ritschel, Chelsea (13 de dezembro de 2019). «Kim Kardashian says she had to undergo five operations after pregnancy». The Independent (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2021 
  113. a b Fisher, Luchina (13 de março de 2018). «Kim Kardashian West explains why she chose a surrogate for her third child». ABC News (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2021 
  114. King, Brittany (2 de abril de 2017). «Kim Kardashian West Reveals She Can't Carry Any More Kids and Looks to Surrogacy: 'I Give Up'». People 
  115. Andriakos, Jacqueline (27 de março de 2017). «What You Need to Know About Kim Kardashian West's High-Risk Pregnancy». People (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2021 
  116. Barr, Sabrina (20 de setembro de 2019). «Kim Kardashian discusses 'painful and scary' psoriatic arthritis diagnosis in new essay». The Independent (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2021 
  117. Woodward, Ellie (27 de maio de 2021). «Kim Kardashian Tested Positive For COVID Days After Returning From Her Controversial Island Birthday Trip». BuzzFeed News. Consultado em 5 de julho de 2021 
  118. Lindsay, Duncan (29 de maio de 2021). «Kim Kardashian denies that she caught Covid-19 during that controversial island party». Metro. Consultado em 5 de julho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Kim Kardashian