Kira Yamato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kira Yamato
キラ・ヤマト
Primeira aparição Mobile Suit Gundam SEED episódio 1
Criado por Sunrise
Vozes Japão Sōichirō Hoshi[1]
Estados Unidos Matt Hill (Ocean dub)[1]
Estados Unidos Max Mittelman (NYAV dub)[2]
Perfil
Apelido
  • Ultimate Coordinator
  • Kira Hibiki
Idade 15-16 (SEED)
18 (SEED Destiny)
19 (SEED Destiny FP)
Sexo Masculino
Raça Coordinator
Data de nascimento 18 de maio de 55 (Era Cósmica)
Vida no animangá
Ocupação Piloto de Mobile Suit
Título
Família
Afiliações
Personagem de Mobile Suit Gundam SEED
Mobile Suit Gundam SEED Destiny

Portal Animangá

Kira Tamato (キラ・ヤマト?) é um personagem fictício e protagonista da série Mobile Suit Gundam SEED, que foi produzido pela Sunrise como parte da franquia Gundam. Na série, Kira é um Coordinator de primeira geração, um ser humano geneticamente melhorado nascido de seres humanos normais (Naturals). No início de Gundam SEED, Kira vive na colônia do espaço neutra, Heliópolis, para evitar a guerra entre os Coordinators e os Naturals, mas a colônia se envolve na guerra pouco depois. Kira é a única pessoa dentro da Aliança da Terra— facção militar dos Naturals— que é capaz de pilotar efetivamente o mobile suit— um tipo de mecanismo criado por eles. Ele é forçado a se tornar um piloto de mobile suit e a participar de várias batalhas para proteger seus amigos. Kira também foi destaque na sequência direta de Gundam SEED, Mobile Suit Gundam SEED Destiny, no qual luta para impedir uma nova guerra entre as organizações militares das duas raças.

Kira também apareceu nas adaptações de mangá das duas séries de TV, bem como as compilações de filmes. Vários jogos da franquia Gundam, bem como os jogos de crossovers também apresentam Kira como piloto de mobile suits. O diretor Mitsuo Fukuda considerou as ações de Kira como baseadas nos pensamentos dos japoneses e enfatizou um grande desenvolvimento que ocorreu em seu personagem em toda a série. Ele é dublado na série japonesa por Sōichirō Hoshi. Em inglês, ele é expressado por Matt Hill, na dublagem feita pela Ocean, e por Max Mittelman, na dublagem da NYAV.

Kira é um dos personagens mais populares nas pesquisas de popularidade do Anime Grand Prix para personagens masculinos favoritos, muitas vezes chegando em primeiro ou segundo no ranking, entre 2002 e 2005. Seu personagem também foi bem recebido por publicações para mangás, anime e outras mídias devido à sua personalidade e papel em Gundam SEED e Gundam SEED Destiny.

Criação e concepção[editar | editar código-fonte]

O diretor Mitsuo Fukuda afirmou que inicialmente a história de Gundam SEED foi escrita do ponto de vista de Kira.[3] A personalidade e o processo de pensamento de Kira foram derivados do que Fukuda considerava os pensamentos dos japoneses. Ele disse que sua história era sobre seu desejo forçado de lutar, em contraste com Shinn Asuka, que não estava relutante em lutar em Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Em retrospectiva, Fukuda enfatizou um contraste entre os personagens de Kira e Shinn até o ponto em que ambos eram o oposto um do outro em relação às suas opiniões; O desenvolvimento de Kira foi mais fácil de escrever. Fukuda disse que, tanto quanto os personagens de Kira e Shinn como eram semelhantes, eram fáceis de expressar.[4] Um guia oficial da série fez uma contagem oficial do número de vezes que Kira chorou em Gundam SEED no momento em que o livro foi lançado. Foi dito que ele chorou por dez vezes, e assim uma mensagem cômica de apoio foi feita para ele.[5]

Na versão japonesa da série, Kira é expressada por Sōichirō Hoshi. Para a dublagem em inglês, ele é expressado por Matt Hill, que obteve o papel graças a um amigo do diretor de dublagem, que disse a Hill para não ter muita energia ao fazer a voz. A frase "Kira Yamato! Launching!" foi repetida por Hill várias vezes ao obter o papel. Hill lembra-se de aproveitar o trabalho, tendo gostado do personagem.[6]

Aparições[editar | editar código-fonte]

Em Mobile Suit Gundam SEED[editar | editar código-fonte]

No início de Mobile Suit Gundam SEED, Kira é um adolescente tímido e amigável que vive pacificamente na colônia Heliopolis. Kira é um programador de computador altamente qualificado que auxilia na pesquisa e desenvolvimento na faculdade técnica de Heliopolis, onde é estudante.[7][8] Quando uma guerra entre os Naturals e os Coordinators é trazida para Heliopolis, Kira assume o controle de um mobile suits, o GAT-X105 Strike (GAT-X105 ストライク?), para proteger seus amigos, da ZAFT— a organização militar dos Coordinators.[9] Nascido como coordinator, as habilidades mentais e físicas avançadas de Kira permitem que ele controle habilmente o Strike.[10][11] Kira fica chocado quando descobre que seu amigo de infância Athrun Zala é membro da ZAFT. Quando se encontraram pela última vez, Athrun deu a Kira seu animal de estimação robótico Tori (トリィ, Torī?) como sinal de sua amizade duradoura, (dublado por Naomi Shindou no anime japonês e Tabitha St. Germain na dublagem em inglês) com o qual Kira é visto com frequência.[12][13]

Vários sobreviventes de Heliópolis são trazidos a bordo do Archangel e Kira os defende de ataques inimigos até chegarem no Alasca na Terra. Kira tem fortes ressalvas contra a luta, temendo que ele possa enfrentar Athrun e que ele possa matar uma pessoa.[12] Após a manipulação feita por Flay Allster, Kira gradualmente se torna mais agressivo ao defender o Archangel até o ponto em que ele poderia matar uma pessoa sem hesitação.[14] Durante uma das batalhas do Archangel contra a ZAFT, o Strike sofre vários danos por Athrun, e Kira é declarado desaparecido em combate.[15][16] Ele é encontrado vivo, mas ferido por Reverend Malchio, que o transporta para uma colônia espacial conhecida como PLANT, onde a maioria dos coordinators residem e é a base da ZAFT. Lá, suas feridas são tratadas por Lacus Clyne,[17] uma coordinator que fez amizade com Kira quando foi levada a bordo do Archangel e foi usada como refém.[12]

Depois de ouvir que ZAFT planeja atacar a base em que seus amigos estão hospedados, Kira decide continuar lutando para acabar com a guerra. Lacus então dá o novo mobile suit da ZAFT à Kira,ZGMF-X10A Freedom (ZGMF-X10A フリーダム?),[18] que ele usa para acompanhar o Archangel, cujo objetivo também mudou para terminar a guerra.[19][20] Ao pilotar Freedom, Kira é notado por evitar bater nos cockpits dos mobiles suit inimigos para reduzir o número de baixas humanas.[21] Kira junta-se à facção do Archangel e Lacus para combater tanto a Aliança da Terra como a ZAFT para impedir que ambos os lados se destruam.[22]

Kira conhece suas origens, por causa do comandante da ZAFT Rau Le Creuset, durante essas batalhas. Kira é o coordinator supremo; seu feto foi artificialmente desenvolvido fora do útero de sua mãe e seus aprimoramentos genéticos foram destinados a ser superiores a todos os outros Coordinators. Kira foi o único feto a sobreviver no processo.[23] Ele nasceu como o irmão gêmeo de sua companheira Cagalli Yula Athha, mas não aprende sobre esse relacionamento até a segunda metade da série.[24] Kira foi adotado por sua tia Caridad e seu tio Haruma Yamato e foi levado a acreditar que eles eram seus pais biológicos.[25] Apesar de ficar em choque por suas origens como o coordinator supremo, Kira continua a lutar ao lado do Archangel até que seus adversários, incluindo Rau, tenham sido derrotados e a guerra acabar.[26]

Em Mobile Suit Gundam SEED Destiny[editar | editar código-fonte]

Durante Mobile Suit Gundam SEED Destiny, Kira vivia nas isoladas Ilhas Marshall desde o fim da guerra no país de Orb.[27] Ele e Lacus passaram os últimos dois anos desde o final da guerra ajudando a mãe adotiva de Kira e o Reverendo Malchio com seu orfanato.[27] Quando um incidente desencadeia outra guerra, os coordinators tentam matar Lacus; Kira pilota Freedom para vencê-los.[28][29] Quando a Orb tenta se juntar à guerra como membro da Earth Alliance, Kira e Archangel intervêm nas forças da Orb para preservar o status neutro da nação.[30] Kira suspeita de Gilbert Durandal, o presidente das colônias da PLANT e líder da ZAFT, por estar por trás da tentativa de assassinato de Lacus, mas seus motivos são questionados por Athrun, que está trabalhando na ZAFT.[31] Mais tarde, quando o Archangel se torna um alvo do navio ZAFT conhecido como Minerva, Kira é derrotada e Freedom é destruído pelo piloto Shinn Asuka.[21] Lacus dá a Kira uma versão atualizada do Freedom, ZGMF-X20A Strike Freedom (ZGMF-X20A ストライクフリーダム?), para que ele continue lutando.[32] Tendo obtido uma arma de destruição em massa, Durandal impõe o Plano Destino, uma regra que remove o livre arbítrio e determina toda a vida de uma pessoa com base em sua genética. Kira, o Archangel e seus aliados enfrentam as forças da ZAFT no espaço e derrotam-nos na batalha final.[33] Kira confronta pessoalmente Durandal e o último é morto por um de seus próprios subordinados.[34]

Além da série de televisão, Kira aparece na animação de vídeo original (OVA) Mobile Suit Gundam SEED Destiny Final Plus. Após a morte de Durandal, Kira conhece Shinn e eles prometem trabalhar para um futuro pacífico.[35] Ele também é apresentado em dois filmes, Mobile Suit Gundam SEED: Special Edition e Mobile Suit Gundam SEED Destiny: Special Edition, que conta os eventos da série de televisão. No final do último filme, Kira se torna membro da ZAFT após a guerra terminar.[36][37]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Kira aparece nas adaptações mangá de Gundam SEED e Gundam SEED Destiny.[38][39] Os designs de Kira, de acordo com o Masatsugu Iwase— autor do manga Gundam SEED— era destinado a ser "um covarde fracote infantil", mas ele decidiu torná-lo um personagem forte no mangá.[40] O mangá Mobile Suit Gundam SEED: The Edge Desire apresenta uma história sobre a recuperação de Kira após a destruição de Freedom.[41]

A série de mangá Mobile Suit Gundam SEED Astray explora a sobrevivência de Kira após a derrota de Strike; um técnico chamado Lowe Guele encontra Kira ferido e leva-o ao Reverendo Malchio.[42] Embora Kira apareça apenas no final, sua derrota é o objetivo de Canard Pars, protagonista de Mobile Suit Gundam SEED X Astray.[43] Em Mobile Suit Gundam SEED C.E. 73 Δ Astray Kira faz uma breve aparição; ele sequestra Cagalli de Orb durante os eventos de Gundam SEED Destiny.[44] Ele também foi destaque em dois CDs de personagens da série, com faixas realizadas por seu ator de voz japonês, Sōichirō Hoshi.[45][46]

Kira também apareceu em vários jogos da franquia Gundam, incluindo Gundam Seed: Rengou vs. Z.A.F.T. e sua sequência Mobile Suit Gundam Seed Destiny: Rengou vs. Z.A.F.T. II.[47][48] Ele é o personagem principal jogável no jogo de celular Mobile Suit Gundam SEED Phase-Act Delivery.[49] Ele aparece nos jogos Crossover da luta de Gundam Dynasty Warriors: Gundam 2 e Dynasty Warriors: Gundam 3 com Strike Freedom como um mobile suit jogável.[50][51] Outros jogos de crossover Gundam que possuem Kira como piloto são Gundam vs. Gundam Next, Mobile Suit Gundam: Extreme Vs. e Gundam Versus.[52][53] Outro jogo de crossover no qual ele é jogável é Gundam Assault Survive, pilotando o Strike.[54] Kira, juntamente com outros personagens de Gundam SEED, aparece em vários jogos da série Super Robot Wars.[55] Ele aparece em Another Century's Episode 3 pilotando o mobile suit Freedom e seu acompanhamento, Another Century's Episode R, com o Strike Freedom.[56][57]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Popularidade[editar | editar código-fonte]

O personagem de Kira foi bem recebido por espectadores de anime, aparecendo várias vezes nas pesquisas de popularidade do Anime Grand Prix para a categoria de personagens masculinos favoritos. Ele ficou em primeiro lugar em 2002,[58] segundo em 2003 e 2004,[59][60] primeiro em 2005,[61] e segundo em 2006.[62]

Em uma pesquisa da revista Newtype, Kira foi eleito o segundo personagem de anime masculino mais popular dos anos 2000.[63] Em outra pesquisa focada em todos os personagens da franquia Gundam, Kira foi eleito o mais popular.[64] Em uma pesquisa organizada pela Sunrise para encontrar o melhor casal na franquia Gundam, Kira e Lacus foram o segundo,[65] e em outro sobre as melhores equipes entre os antigos inimigos, Kira e Athrun foram os segundos.[66] Em outra pesquisa do mesmo site que perguntou aos fãs o personagem que eles queriam conhecer, Kira era o mais popular.[67] Kira foi o mais popular em duas outras pesquisas que pediram aos leitores quais eram os personagens mais memoráveis de Gundam SEED e Gundam SEED Destiny.[68][69] Kira, juntamente com outros cinco mechas e pilotos notáveis da série Gundam, foram reconhecidos no segundo conjunto de selos "Anime Heroes and Heroines", lançado no Japão em 2005.[70] No Seiyu Awards de 2007, Sōichirō Hoshi foi nomeado na categoria "Melhores atores em papéis de apoio" por sua interpretação como Kira no OVA de Gundam SEED Destiny, mas perdeu para Akira Ishida e Kōki Miyata.[71][72] Em 2014, a revista Newtype publicou o resultado de uma pesquisa feita para saber o nível de popularidade de alguns personagens de animes (masculino e feminino) entre seus leitores, Kira Yamato ficou na terceira posição.[73] O site Charapédia, em 2016, lançou uma enquete perguntando quais eram "Os pilotos de Mechas mais poderosos", Kira ficou na segunda posição.[74] Em 2017, Kira foi eleito como o melhor personagem principal de Gundam.[75]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O personagem Kira recebeu respostas positivas na maior parte da crítica em publicações impressas e online. Andy Patrizio, da IGN, disse que o personagem de Kira era simpático e o único problema que ele encontrou foi como ele repetia o nome de Athrun Zala nos episódios iniciais.[76] Derrick L. Tucker, do THEM Anime Reviews, disse que ele era um dos personagens mais fortes da série; Tucker também disse que era simpático apesar das exibições de angústia. Tucker também o comparou com Amuro Ray da primeira série de Gundam, Mobile Suit Gundam, concluindo que ambos são agradáveis.[77] Chris Beveridge da Mania Entertainment gostou da manipulação dos mobiles suits de Kira e sua capacidade de reprogramá-los, encontrando-o como um novo conceito na franquia Gundam.[78]

Também escrevendo para Mania Entertainment, Kim Wolstenholme estava preocupado com o quanto o relacionamento de Kira e Athrun seria focado em Gundam SEED, mas gostou que a introdução de Lacus Clyne tenha aumentado a tensão.[79] Ever Cheung, do Animefringe, que se perguntou sobre o futuro de Kira e Lacus porque os dois estão prestes a se abraçar na sequência de abertura do anime. Ele disse: "Se isso é real, essa história pode ser mais interessante do que eu pensava..."[80] Ross Liversidge, da UK Anime Network, desfrutou da rivalidade de Kira e Athrun, que resultou em cenas de luta bem-feitas de cada um em seus mobiles suits.[81] Liversidge elogiou o desenvolvimento de uma rivalidade tal que os dois começaram a odiar-se e a batalhar.[82] O escritor do DVDTalk, Don Houston, considerou Kira como semelhante aos outros protagonistas do anime porque luta pela paz e não pela glória, rotulando-o como "herói relutante".[83]

Os críticos também comentaram o papel de Kira na sequência, Gundam SEED Destiny. As avaliações iniciais mencionaram a falta de aparições durante os primeiros episódios e se os novos personagens poderiam ser tão atraentes quanto ele.[84][85] Ele deveria voltar na série para lutar contra o novo personagem principal Shinn Asuka.[86] Ao escrever um artigo para episódios posteriores, Liversidge encontrou as ações de Kira mais atraentes do que as de Shinn, e estava ansioso por elas.[87] Luis Cruz, da Mania Entertainment, descobriu que a expansão do personagem de Kira se desenvolveu profundamente, apontando para uma das discussões de Kira com Athrun sobre a relação entre os sonhos e os conflitos das pessoas.[88] Carl Kimlinger, da Anime News Network, disse que no OVA final da série, Kira foi altamente desenvolvido. Kimlinger afirmou que Kira tinha "crescido em um líder marcial de Buda com calma e compaixão", e que o último OVA permite que os espectadores apreciem suas ações. O desempenho de Matt Hill na língua inglesa, no OVA, foi criticado em comparação com outros atores de voz da série que foram louvados.[89]

Referências

  1. a b «Production info and staff credits». Bandai Entertainment. Consultado em 20 de abril de 2011. Cópia arquivada em 25 de maio de 2011 
  2. «Sunrise to Release Gundam SEED, Destiny with New English Dub». Anime News Network. 11 de agosto de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2017 
  3. 福田監督インタビュー (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de julho de 2007 
  4. 福田己津央 監督インタビュー 04.0925 (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2008 
  5. 機動戦士ガンダムSEED写真集 FREEDOMキラ. [S.l.]: Kadokawa Shoten. 2003. p. 23. ISBN 978-4-04-853664-6 
  6. «Kana's Korner: Interview With Matt Hill». 918TheFan. 24 de maio de 2010. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  7. «Kira Yamato Gundam SEED profile». GundamOfficial. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2007 
  8. «Flay Allster profile». GundamOfficial. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2007 
  9. Director: Mitsuo Fukuda. «False Peace». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 1. TBS 
  10. Director: Mitsuo Fukuda. «Its Name: Gundam». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 2. TBS 
  11. Director: Mitsuo Fukuda. «Collapsing Land». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 3. TBS 
  12. a b c Director: Mitsuo Fukuda. «Crossroads». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 10. TBS 
  13. «Birdy Gundam SEED profile». GundamOfficial. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2007 
  14. Director: Mitsuo Fukuda. «Stars Falling in Space». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 13. TBS 
  15. Director: Mitsuo Fukuda. «Finishing Blades». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 30. TBS 
  16. Director: Mitsuo Fukuda. «Grieving Skies». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 31. TBS 
  17. Director: Mitsuo Fukuda. «In the Promised Land». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 32. TBS 
  18. Director: Mitsuo Fukuda. «Seen and Unseen». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 34. TBS 
  19. Director: Mitsuo Fukuda. «In the Name of Justice». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 36. TBS 
  20. Director: Mitsuo Fukuda. «The Descending Sword». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 35. TBS 
  21. a b Director: Mitsuo Fukuda. «Nightmare». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 34. TBS 
  22. Director: Mitsuo Fukuda. «What Stands in the Way». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 43. TBS 
  23. Director: Mitsuo Fukuda. «The Opening Door». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 45. TBS 
  24. Director: Mitsuo Fukuda. «Trembling World». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 41. TBS 
  25. «Cosmic Era timeline (C.E. 55)». GundamOfficial. Consultado em 14 de abril de 2007. Cópia arquivada em 1 de maio de 2004 
  26. Director: Mitsuo Fukuda. «To a Future that Never Ends». Mobile Suit Gundam SEED. Episódio 50. TBS 
  27. a b «Kira Yamato Gundam SEED Destiny profile». GundamOfficial. Consultado em 9 de junho de 2007. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2007 
  28. Director: Mitsuo Fukuda. «Resurrected Wings». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 13. TBS 
  29. Director: Mitsuo Fukuda. «Flight to Tomorrow». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 14. TBS 
  30. Director: Mitsuo Fukuda. «The Shadows of War». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 23. TBS 
  31. Director: Mitsuo Fukuda. «The Place of Sin». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 25. TBS 
  32. Director: Mitsuo Fukuda. «Kira of the Sky». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 39. TBS 
  33. Director: Mitsuo Fukuda. «Rey». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 49. TBS 
  34. Director: Mitsuo Fukuda. «The Final Power». Mobile Suit Gundam SEED Destiny. Episódio 50. TBS 
  35. Mitsuo Fukuda (Director) (15 de abril de 2008). Mobile Suit Gundam Seed Destiny: Final Plus (DVD). Bandai Entertainment 
  36. Mitsuo Fukuda (Director) (11 de julho de 2005). Gundam SEED: Special Edition: The Empty Battlefield (DVD). Bandai Entertainment 
  37. Mitsuo Fukuda (Director) (17 de junho de 2008). Gundam SEED Destiny: Special Edition: The Shattered World (DVD). Bandai Entertainment 
  38. Iwase, Masatsugu (2007). Gundam SEED Destiny 4. New York: Del Rey Manga. ISBN 978-0-345-49277-7 
  39. Kuori, Chimaki (2005). Mobile Suit Gundam SEED Destiny: The Edge 1. [S.l.]: Kadokawa Shoten. ISBN 978-4-04-713722-6 
  40. Iwase, Masatsugu (2004). Mobile Suit Gundam SEED, Vol. 1. New York: Del Rey Manga. p. 167. ISBN 0-345-47045-1 
  41. Kuori, Chimaki (2007). «Soldier in Eternal Chains». Mobile Suit Gundam SEED Destiny: The Edge Desire 1. [S.l.]: Kadokawa Shoten. ISBN 978-4-04-715027-0 
  42. Chiba, Tomohiro; Tokita, Kōichi (2004). Mobile Suit Gundam SEED Astray, Vol. 2. [S.l.]: TokyoPop. ISBN 978-1-59182-939-3 
  43. Chiba, Tomohiro; Tokita, Kōichi (2007). «Parts X-21». Mobile Suit Gundam SEED X Astray, Vol. 2. [S.l.]: TokyoPop. ISBN 1-59816-650-6 
  44. Chiba, Tomohiro; Tokita, Kōichi (2007). Mobile Suit Gundam SEED C.E. 73 Δ Astray. [S.l.]: Kadokawa Shoten. ISBN 978-4-04-713901-5 
  45. «機動戦士ガンダム SEED スーツCD (1) ストライク×キラ・ヤマト» (em japonês). Amazon.com. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  46. 機動戦士ガンダムSEED DESTINY SUIT CD Vol.10 KIRA YAMATO×STRIKE FREEDOM GUNDAM (em japonês). Amazon.com. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  47. 【イベント】ガンダムバトルステージにアムロ・レイが登場! (em japonês). Famitsu. 17 de setembro de 2005. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  48. «Mobile Suits Orb» (em japonês). Namco Bandai. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 25 de abril de 2011 
  49. ガンダム公式ゲームで『機動戦士ガンダムSEED PHASE-ACT前編』が配信 (em japonês). Famitsu. 7 de agosto de 2007. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  50. さまざまなミッションに挑もう!!『ガンダム無双2』 (em japonês). Famitsu. 15 de dezembro de 2008. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  51. «Mobile Suits» (em japonês). Bandai Namco Games. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 8 de maio de 2011 
  52. 機体別攻略 フリーダムガンダム『機動戦士ガンダム ガンダムVS.ガンダムNEXT PLUS』 (em japonês). Famitsu. 23 de dezembro de 2009. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  53. 『機動戦士ガンダム エクストリームバーサス』、19機体の参戦が明らかに (em japonês). Famitsu. 27 de julho de 2010. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  54. 『機動戦士ガンダム00』、『機動戦士ガンダムSEED』のシナリオを紹介!!『ガンダムアサルトサヴァイブ』 (em japonês). Famitsu. 19 de fevereiro de 2010. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  55. 『ヱヴァ』『ラインバレル』など6作が初参戦! 『スーパーロボット大戦L』紹介 (em japonês). ASCII Media Works. 3 de setembro de 2009. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  56. 登場機体が続々判明!『Another Century's Episode 3 THE FINAL(アナザーセンチュリーズエピソード3 ザ ファイナル)』 (em japonês). Famitsu. 31 de julho de 2007. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  57. Gantayat, Anoop (21 de maio de 2010). «Another Century's Episode R Dated». Andriasang. Consultado em 1 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 24 de maio de 2010 
  58. >>第25回アニメグランプリ [2003年6月号] (em japonês). Animage. Junho de 2003. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 23 de maio de 2010 
  59. >>第26回アニメグランプリ [2004年6月号] (em japonês). Animage. Junho de 2004. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 16 de julho de 2011 
  60. >>第27回アニメグランプリ [2005年6月号] (em japonês). Animage. Junho de 2005. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 27 de junho de 2009 
  61. トップ > 第28回アニメグランプリ [2006年6月号](現在位置) (em japonês). Animage. Junho de 2006. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 19 de outubro de 2010 
  62. «29th Anime Grand Prix 2006–2007». Gakken. Animage (em japonês). Maio de 2007 
  63. «Newtype's Top 30 Male and Female Characters of Each Decade». Kadokawa Shoten. Newtype (em japonês). Março de 2010 
  64. «Top 10 Gundam Characters». Kadokawa Shoten. Newtype (em japonês) (9). Agosto de 2009 
  65. ガンダム国勢調査 第52回 (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 30 de julho de 2008 
  66. Kimlinger, Carl (4 de maio de 2012). «Gundam Poll: Favorite Former Enemies Who Team Up». Anime News Network. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  67. ガンダム国勢調査 第22回 (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 19 de julho de 2008 
  68. ガンダム国勢調査 第124回 (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 9 de maio de 2011 
  69. ガンダム国勢調査 第125回 (em japonês). Sunrise. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 9 de maio de 2011 
  70. «Animation Hero and Heroine Series II». Yusho. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  71. アキバ総研(秋葉原総合研究所)担当者コラム番外編 声優版アカデミー賞「第1回声優アワード」 (em japonês). Akiba Kakabu. 4 de março de 2007. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  72. «Results of Japan's First Ever Seiyuu Awards Announced». Anime News Network. 5 de março de 2007. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  73. «Newtype: personagens mais populares dos animes». ANMTV. 9 de julho de 2014. Consultado em 13 de novembro de 2017 
  74. «Os pilotos de Mechas mais poderosos». ANMTV. 18 de setembro de 2016. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  75. «Kira Yamato Tops Poll of Gundam Protagonists With Best Personality». Anime News Network. 5 de julho de 2017. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  76. Patrizio, Andy (28 de julho de 2004). «Mobile Suit Gundam Seed: Grim Reality». IGN. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  77. L. Tucker, Derrick. «Gundam Seed». THEM Anime Reviews. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  78. Beveridge, Chris (13 de julho de 2004). «Mobile Suit Gundam SEED Vol. #01 (also w/box)». Mania Entertainment. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 10 de agosto de 2011 
  79. Wolstenholme, Kim (15 de setembro de 2005). «Mobile Suit Gundam Seed Vol. #02». Mania Entertainment. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  80. Cheung, Ever (Novembro de 2002). «Animefringe Coverage: Kidou Senshi Gundam SEED». Animefringe. Animefringe. 11 (11). Consultado em 1 de novembro de 2017 
  81. Liversidge, Ross (7 de fevereiro de 2005). «Anime Review: Gundam Seed Vol. 1-2». UK Anime Network. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  82. Liversidge, Ross (25 de setembro de 2005). «Anime Review: Gundam Seed Vol. 5-6». UK Anime Network. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  83. Houston, Don (19 de março de 2005). «Mobile Suit Gundam Seed - Evolutionary Conflict». DVDTalk. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  84. Lin, Maria (Março de 2005). «Destiny Fulfilled». Animefringe. Animefringe. 3 (11). Consultado em 19 de abril de 2011 
  85. Cruz, Luiz (22 de junho de 2006). «Mobile Suit Gundam Seed Destiny Vol. #02». Mania Entertainment. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 15 de abril de 2011 
  86. Liversidge, Ross (20 de novembro de 2006). «Anime Review: Gundam Seed Destiny 01 & 02». UK Anime Network. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  87. Liversidge, Ross (6 de janeiro de 2008). «Anime Review: Gundam Seed Destiny 06 - 09». UK Anime Network. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  88. Cruz, Luiz (24 de outubro de 2007). «Mobile Suit Gundam Seed Vol. #11». Mania Entertainment. Consultado em 1 de novembro de 2017. Arquivado do original em 24 de abril de 2011 
  89. Kimlinger, Carl (6 de maio de 2008). «Gundam SEED Destiny: Final Plus DVD». Anime News Network. Consultado em 1 de novembro de 2017