Koenigsegg Agera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Koenigsegg Agera
O Agera S Hundra, feito para comemorar o 100º carro fabricado pela Koenigsegg.
Visão Geral
Produção 2011 — 2018
Fabricante Koenigsegg
Modelo
Classe Hipercarro
Ficha técnica
Layout Motor central, tração traseira
Dimensões
Comprimento 4.293 mm
Entre-eixos 2.662 mm
Largura 1.996 mm
Altura 1.120 mm
Altura livre do solo 100 mm
Cronologia
Koenigsegg CCX
Koenigsegg Jesko

O Agera é um hipercarro de motor central e tração traseira fabricado pela Koenigsegg, uma fabricante sueca de supercarros. Sucessor do Koenigsegg CCX, o nome "Agera" vem do verbo sueco "agera", que significa "agir" ou "realizar alguma ação". Foi eleito o hipercarro do ano pela revista Top Gear magazine.[1]

Características do modelo[editar | editar código-fonte]

Motor e performance[editar | editar código-fonte]

No início do desenvolvimento o carro foi equipado com um motor V8 de 4,7 litros com twin-turbo de palheta fixa,[2] mas depois foi substituto por um V8 de 5 litros feito pela própria Koenigsegg para a versão de produção do mesmo. Este motor produz 960 cavalos a 7.100 rpm e 1.100 N·m (112 kgf·m) a 4.000 rpm. O peso do motor é de 197 kg, graças a sua construção de alumínio e um coletor de admissão feito de fibra de carbono.[3] A transmissão é de 7 velocidades, dupla embreagem com paddle shifters (borboletas no volante). É a primeira transmissão de dupla embreagem a ter apenas um eixo de entrada. A segunda embreagem diminui a velocidade do eixo de entrada durante as trocas progressivas de marcha para reduzir o tempo de sincronização da próxima marcha, resultando em trocas de marchas mais rápidas. A transmissão pesa apenas 81 kg.[4]

Exterior e interior[editar | editar código-fonte]

A carroceria do Agera é feita inteiramente de fibra de carbono com reforços estruturais de baixo peso. O teto rígido do carro é removível e pode ser guardado na tampa do capô dianteiro. O Chassi também é feito de fibra de carbono com reforços de alumínio em forma de colmeia no tanque de combustível para melhor distribuição de peso e segurança. A asa traseira é ajustada eletronicamente manualmente ou automaticamente para se ter uma melhor relação entre o coeficiente de arrasto e downforce, dependendo da situação e do clima.[5] O Agera vem com rodas de alumínio forjado com um único parafuso de fixação para a roda, esta medindo 19 polegadas na frente e 20 atrás com um jogo de pneus Michelin Super Sport, que pode ser usado para velocidades superiores a 480 km/h. Outros destaques incluem o novo sistema de controle de tração, luzes de LED com um novo pacote "ghost", que utiliza nanotubo de carbono para brilhar nos botões de alumínio do carro.[6]

Koenigsegg Agera R[editar | editar código-fonte]

Motorshow Geneva 2012 - 058.jpg

O Agera R foi introduzido em março de 2011 no Salão do Automóvel de Geneva. Vai de 0-100 km/h em 2,8 segundos e teoricamente atinge uma velocidade superior a 440 km/h, esta ainda não testada, já que, uma pista reta longa o suficiente para conseguir tal feito é pista de Ehra-Lessien, com retas de 9km de comprimento, mas que pertence ao grupo Volkswagen.

O Agera R tem um coeficiente de arrasto de Cd = 0,37 ou 0,33 a altas velocidades, graças a asa traseira adaptativa, que produz 300 kg de downforce a 250 km/h. Essa asa traseira adaptativa é bem mais leve que o convencional sistema eletro-hidráulico, já que com a velocidade a mola é pressionada para baixo, consequentemente a asa é alinhada, produzindo um menor arrasto. Além disso, os pilones que seguram a asa traseira também ajudam a retirar ar quente do compartimento do motor.[7]

Em 2 de setembro de 2011, durante uma seção de testes em Ängelholm, o Agera R quebrou 6 recordes mundiais de velocidade em terra para um carro de produção, incluindo 0-300 km/h (14,53 segundos) e 0-300-0 km/h (21,19 segundos),[8] recorde que em 2015 acabou sendo batido pelo Koenigsegg One:1 que acelerou de 0-300 em 11.92 segundos e 0-300-0 em 17.95 segundos. Tal desempenho deve-se a estabilidade do Agera nas frenagens, demonstrada pelo piloto de testes Robert Serwanski, que freou de 300 km/h até 0 sem precisar colocar as mãos no volante.[9]

O Agera R pode produzir forças G laterais de 1,5 G[10] graças ao equilíbrio mecânico e a alta aderência dos pneus Michelin Super Sport.

A versão 2013 do Agera R estreou no Salão do Automóvel de Geneva em 2012. Novidades incluem rodas de fibra de carbono, aerodinâmica aprimorada e atualizações do motor, permitindo agora a potência de 1.156 cavalos. A nova tecnologia Flex Fuel Sensor da Koenigsegg faz com que a ECU responda a diferentes qualidades de combustível e teor de álcool, reduzindo os níveis de energia, como forma de proteger o motor.[11] O carro foi adicionado no jogo Need for Speed: Most Wanted 2012.


Koenigsegg Agera S[editar | editar código-fonte]

Em 2013, a Koenigsegg apresentou o Agera S modelo 2014. Desenvolvido para mercados com carência de biocombustível E85, o Agera S foi otimizado a rodar com combustível de baixa octanagem, produzindo 1.044 cavalos, contra 973 do Agera R com o mesmo combustível.[12] Porém, com o biocombustível o Agera S é ainda mais potente, produzindo 1.216 cavalos e 1.200 N·m (122,4 kgf·m). Em 2013, um Agera S foi o 100º Koenigsegg vendido, este foi produzido como uma versão especial com faixas de ouro 24 quilates,[13] o Hundra (que é cem em sueco). Recentemente, um a Agera S foi vendido em Cingapura pelo preço de US$4.200.000 (R$ 11.461.599,00).[14]

Em 10 de junho de 2014, a NAZA Swedish Motors lançou o Agera S na Malásia. Foi o primeiro modelo da Koenigsegg a chegar no país. O preço sem as taxas foi de 5 milhões de MYR, só que, com as taxas esse número subiu para 15 milhões – fazendo dele um dos carros mais caros do país. O Agera S foi o único modelo oferecido no país, devido a ausência do biocombustível E85 na Malásia.[15]

Koenigsegg One:1[editar | editar código-fonte]

Koenigsegg One-1 - Genève 2014 - 01.jpg

O Koenigsegg One:1 foi apresentado pela primeira vez em março de 2014 no salão de Genebra.[16] Além deste apresentado, a Koenigsegg vai produzir mais seis carros, todos já foram vendidos. Também foi apresentado no festival Goodwood, ao lado de outros hipercarros como a McLaren P1, a Ferrari LaFerrari, o Porsche 918 Spyder e o Pagani Huayra.

O nome One:1 vem da relação entre a potência (1.360 cv) e do peso (1.360 kg), sendo um cavalo por quilograma (1:1). A potência de 1.360 cavalos é equivalente a um Megawatt, o que a Koenigsegg usa para alegar que é "o primeiro megacarro do mundo" podendo atingir a velocidade máxima de 440 km. O carro é mais focado para as pistas que os carros anteriores feitos pela Koenigsegg. Para atingir seus objetivos na construção do modelo, a Koenigsegg teve que sacrificar alguns itens. Há uma entrada de ar no teto removível, por isso não é mais possível guardá-lo no compartimento frontal, como era possível nos modelos anteriores. Por esse motivo, a Koenigsegg sacrificou o espaço do compartimento para criar mais downforce, o que reduziu sua capacidade em 40%.

O Koenigsegg One:1 vem com uma variante do mesmo motor 5 litros V8 dos modelos anteriores. Este produz 1.360 cavalos a 7.500 rpm e 1.371 N·m (140 kgf·m) a 8.000 rpm.[17] O peso do motor é somente 197 kg, graças a construção em alumínio e coletores de admissão de fibra de carbono. A transmissão é de 7 velocidades de dupla embreagem com paddle shifters (câmbio borboleta).

Especificações dos modelos[editar | editar código-fonte]

As especificações podem variar entre carros individuais, pela diferença na montagem e o combustível utilizado.

Koenigsegg Agera Koenigsegg Agera R Koenigsegg Agera R Koenigsegg Agera S Koenigsegg One:1
Produção 2010 2011 — 2012 2013 2013 2014-2015
Motor 5.0L V8, com dois turbo compressores.
Transmissão paddle shift (câmbio borboleta) de 7 velocidades automatizado de embreagem simples, porém a sua embreagem possui um disco duplo. Diferencial controlado eletronicamente .
Potência 960 cv @ 7.100 rpm 1.115 cv @ 6.900 rpm 1.140 cv @ 7.100 rpm 1.216 cv @ 7.100 rpm 1.360 cv @ 7.500 rpm
Torque 1.100 N·m @ 4.000 rpm 1.200 N·m @ 4.100 rpm 1.371 N·m @ 6.000 rpm
Limitador 7.500 rpm 8.250 rpm
Vel. Máxima 420 km/h 440 km/h 440 km/h 402 km/h 455 km/h
0–100 km/h 2,8 segundos 2,8 segundos 2,8 segundos 2,8 segundos 2,8 segundos
0–200 km/h 8,0 segundos 7,9 segundos 7,9 segundos 7,8 segundos 6,6 segundos
0–200–0 km/h 13,5 segundos 12,8 segundos 12,8 segundos 12,6 segundos
0–300–0 km/h 21,19 segundos 21,19 segundos 17.95 segundos
0–400 km/h ~ 20 segundos
400–0 km/h ~ 10 segundos
Distância de frenagem

(100–0 km/h)

30,5 m 30,5 m 30,5 m 30,5 m 28 m
Peso com todos os fluidos 1.435 kg 1.435 kg 1.435 kg 1.415 kg 1.360 kg

Recordes mundiais[editar | editar código-fonte]

Recordes mundias quebrados em 8 de junho de 2015 com um One:1:[18]

Record Time
0–300 km/h 11.92 seg
0–200 mph 14.32 seg
300–0 km/h 6,03 seg
200–0 mph 6.38 seg
0–300–0 km/h 17.95 seg
0–200–0 mph 20.71 seg

Referências

  1. Philip, Sam (20 de abril de 2011). «2010 TopGear Awards: Hypercar of the Year». Top Gear magazine. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  2. Thomas, Bill (1 de dezembro de 2010). «Bug catcher: Koenigsegg Agera». Top Gear. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  3. Card, Harrison (5 de julho de 2011). «Koenigsegg Agera Rocks the Super Car World». Auto Trends. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  4. Card, Harrison (5 de julho de 2011). «Koenigsegg Agera Rocks the Super Car World». Auto Trends. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  5. «Koenigsegg Agera Price, Specs & More». RSportsCars.com. Consultado em 1 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 7 de outubro de 2011 
  6. Wood, Colum (3 de março de 2010). «Geneva 2010: Koenigsegg Agera Celebrates 15 Years of a Timeless Design». Auto Guide. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  7. «Koenigsegg Agera». Koenigsegg. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  8. Korzeniewski, Jeremy (30 de novembro de 2011). «Koenigsegg Agera gets official Guinness World Record for quickest 0-300-0 km/h». Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  9. Okulski, Travis (16 de outubro de 2013). «Agera R Is Basically Idiot Proof». Jalopnik. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  10. «Koenigsegg Agera R». Koenigsegg. 9 de março de 2013. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  11. «Koenigsegg Agera R». Koenigsegg. 9 março de 2013. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  12. «Koenigsegg Agera S». Koenigsegg. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  13. Rodrigo Furlan (março de 2013). «Koenigsegg Agera S Hundra». Quatro Rodas. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  14. Koh, Fabian (15 de junho de 2013). «Fastest car in Singapore sold for $5.3 million». AsiaOne. Consultado em 1 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 17 de junho de 2013 
  15. Lim, Anthony (10 de junho de 2014). «Koenigsegg Agera S arrives in Malaysia - RM5 million before tax». paultan.org. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  16. Dobie, Stephen (4 de março de 2014). «Koenigsegg One:1 supercar: Geneva 2014». Evo. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  17. «One:1». Koenigsegg. Consultado em 1 de janeiro de 2015 
  18. Potter, Brian (2 de setembro de 2011). «Koenigsegg Agera R sets Guiness world record for 0-300-0 km/h». worldcarfans. Consultado em 5 de agosto de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]