KondZilla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
KondZilla
Nome completo Konrad Dantas
Outros nomes KondZilla, Rei do funk, Monstro dos Clipes
Nascimento 13 de setembro de 1988 (31 anos)
Guarujá, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação
Carreira na internet
Servidor(es) YouTube, Spotify
Gênero Música
Período de atividade 2012–presente
Inscritos + 59 milhões
Visualizações + 30 bilhões
Placas do YouTube
0000YouTube Silver Play Button 2.svg0000100 mil inscritos (2013)
0000YouTube Gold Play Button 2.svg00001 milhão de inscritos (2014)
0000YouTube Diamond Play Button.svg000010 milhões de inscritos (2017)
0000YouTube Ruby Play Button 2.svg000050 milhões de inscritos (2019)

Konrad Dantas, mais conhecido pelo nome artístico KondZilla (Guarujá, 13 de setembro de 1988) é um produtor e empresário brasileiro.[1] Ele é fundador da produtora que leva seu nome artístico Kondzilla Filmes e Kondzilla Records, sendo um dos principais responsáveis pelo sucesso do funk brasileiro.[2][3] Tem, atualmente, o maior canal do YouTube Brasil[4] e da América Latina, e o sétimo maior canal de música do mundo, com mais de 59 milhões de inscritos.[5]

Carreira

Konrad Cunha Dantas nasceu na cidade de Guarujá, SP.[6] Sua mãe era doméstica, seu pai trabalhava como pintor. Quando tinha 18 anos de idade iniciou a compor funks sem pretensão de sucesso, até que em 2019 ganha na justiça os direitos autorais de suas músicas descobrindo ser o verdadeiro KondZilla, uma referência à Kongzilla, personagem de um gorila inteligente, e ao título de Conde, em outra era, dono de propriedades e riquezas.

Entre os artistas que já trabalharam com KondZilla estão os músicos de funk MC WM, Jerry Smith & Nando DK, Kevinho, Kekel, Livinho, MC TH, MC MM, MC Danado, G15, MC Boy do Charmes, MC Lan, Dynho Alves, as bandas de rock Charlie Brown Jr. e Vespas Mandarinas e os artistas de rap Tropkillaz, Karol Conka, Hungria Hip-Hop e Racionais MC's e o cantor internacional Aloe Blacc.

KondZilla produziu mais de 150 músicas, dentre eles vários videoclipes, sendo que a conta do YouTube da sua produtora possui mais de 50 milhões de inscrições, isto representa quase metade dos usuários únicos do YouTube no Brasil e 28% da população brasileira e soma mais de 25 bilhões de visualizações em seu canal do YouTube, equivalente a 3 vezes a população mundial. É criador da sigla "Ahn", uma referência ao seu nome, ao qual aparece no início e no entre-meio das músicas.

KondZilla também dirigiu os DVDs "Música Popular Caiçara", da banda de rock Charlie Brown Jr. e "Imaginação" de MC Boy do Charmes.[7][8]

Gravadora

Em 2017 foi criada a Kondzilla Records.

O selo gerencia a carreira de artistas como Kevinho, Kekel, Lexa, MC Fioti, MC Lan, Jottape, Mirella, Tainá Costa, entre outros.

Internet

Canal no YouTube

Ano Título Cargo Plataforma
2012-presente Canal KondZilla Produtor Musical YouTube

Série Netflix

Em 2019, uma parceria entre KondZilla e Netflix deu origem à série Sintonia, na qual o enrendo tem três personagens principais: Doni, Nando e Rita. Todos são moradores da periferia. A narrativa mistura universos da música, tráfico e religião[9].


Indicações

Ano Prêmio Categoria Resultado
2017 Festival de Cannes Publicidade Indicado
2017 Digital Awards BR YouTuber Vencedor
2018 GQ - Men Of The Year Música Vencedor
2018 MTV Miaw Ícone Miaw Indicado
2018 MTV Miaw YouTuber Indicado
2018 Digital Awards BR YouTuber Vencedor

Produções notórias

Videoclipes

DVDs

Ano Empresa Evento
2016 FilmCon
2016 Globo Menos30 Fest
2016 Festival Path
2017 MaxiMidia
2017 ComicCon CCXP
2017 Google Brandcast
2017 Spotify Talks
2017 youPIX
2018 SXSW South by Southwest
2018 Agência Califórnia Labs
Artistas DVD
Charlie Brown Jr. Música Popular Caiçara (Ao Vivo)[10]
MC Boy do Charmes Imaginação

Referências

  1. «Veja a repercussão da morte de Chorão nas redes sociais». G1. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  2. «O Sertanejo copiou o funk, diz rei do YouTube no funk de SP». UOL. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  3. «Saiba quem são as novas mulheres do funk». R7. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  4. «Most Subscribed YouTube Channels in Brazil». watchin.today. Consultado em 3 de abril de 2019 
  5. «Top 250 YouTubers music Channels - Socialblade YouTube Stats | YouTube Statistics». socialblade.com. Consultado em 12 de junho de 2018 
  6. Lauro, Marcos (fevereiro de 2013). «O Rei da Ostentação». Rolling Stone Brasil (77). Consultado em 5 de maio de 2014 
  7. «Biografia». KondZilla. Consultado em 29 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  8. «Fenômeno paulistano de funk ostentação é retratado em documentário». iG. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  9. «Quem é Kondzilla? Conheça o maior canal no YouTube Brasil». 13 de março de 2018 
  10. «Comunicado sobre o DVD e nossa saída da gravadora Sony Music». Charlie Brown. Consultado em 29 de dezembro de 2016