Konnichiwa Anne: Before Green Gables

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Konnichiwa Anne: Before Green Gables
こんにちは アン
(Konnichiwa An 〜Bifō Guriin Gēburusu)
Gênero Aventura, Drama
Anime
Konnichiwa Anne: Before Green Gables
Direção Katsuyoshi Yatabe
Estúdio Nippon Animation
Emissoras de televisão Japão Fuji Television, Animax
Exibição original 5 de abril de 200927 de dezembro de 2009
Episódios 39
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Konnichiwa Anne: Before Green Gables (こんにちは アン 〜Before Green Gables, Konnichiwa An 〜Bifō Guriin Gēburusu?, traduzido como "Olá Anne: Antes do Frontão Verde”), é a vigésima sexta série de anime produzida pela Nippon Animation como parte da World Masterpiece Theater. A série é uma adaptação Canadense da Literatura infantojuvenil do autor Budge Wilson do romance Before Green Gables, que foi traduzido para o japonês como Konnichiwa Anne (こんにちは アン) por Akiko Usagawa. Ele narra os primeiros anos da personagem principal Anne Shirley como ela perde seus pais e é adotada por Matthew e Marilla Cuthbert.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O ano da Primavera,
E o dia é de manhã;
Na manhã pelas sete;
O lado da colina é a pérola do orvalho;
A cotovia está voando;
O caracol está no pé;
Deus está no Paraíso -
Tudo está bem com o mundo!

A história se passa na segunda metade do século XIX e conta os primeiros 11 anos da vida de Anne Shirley, antes de sua chegada na casa de Marilla e Matthew Cathbert à Avonlea.

Anne nasceu em Nova Escócia em Bolinghroke por Walter e Bertha Shirley, dois professores do ensino médio, mas depois de apenas três meses ambos os pais morrem de uma doença infecciosa. A pequena, não tendo outros parentes, à Joanna Thomas é confiada, a ex-governante de Shirley, onde viveu sua infância não muito feliz por causa de Bert, o marido alcoólico de Joanna, e Horace, Edward e Harry, os filhos de Thomas, que sempre não considerou como parte integrante da família. Recebeu carinho praticamente apenas de Eliza, a filha mais velha de Thomas, que, no entanto, logo vai sair de casa e foi morar na Inglaterra com o marido.

Após a morte de Bert, atropelado por um trem, a pequena Anne não tem um lar, e à Thomas foi confiado a família Hammond, onde permaneceu alguns anos lidando principalmente com os oito filhos de casa. Quando o Sr. Hammond também morreu de um ataque cardíaco, ela é enviada para um orfanato, onde permaneceu alguns meses antes de ser atribuída de forma permanente para Marilla e Matthew Cuthbert, onde, finalmente, encontram um lar e uma família.

A história termina com o passeio de barco de Anne na Ilha do Príncipe Eduardo e "Green Gables", exatamente a partir de onde a série Ana dos Cabelos Ruivos iniciou-se.

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Introduzido pela Lucy Maud Montgomery, Anne of Green Gables, a série marca o 100º aniversário do lançamento do romance original e os 30 anos da sua adaptação de anime muito popular, Ana dos Cabelos Ruivos, também produzido pela Nippon animação e um dos primeiros pioneiros da série World Masterpiece Theater. A série é narrada por Eiko Yamada, que interpretou Anne no original Akage no Anne.

Durante o desenvolvimento da série, a equipe da Nippon Animation realizou uma pesquisa, visitando uma aldeia histórica no nordeste do Canadá, que formaram a inspiração para Avonlea no romance, indo para casas históricas preservadas desde a época em que o romance se passou e tiraram fotografias, com os membros da equipe do núcleo e designer de personagens e o diretor de animação chefe Takayo Nishimura (diretor chefe da animação anteriormente e designer dos personagens para 5 Centimeters Per Second), baseado nos personagens, adereços e definições sobre eles e também dos livros históricos que ele comprou lá.[1] O pessoal da Nippon Animation seguiram este formato de pesquisa contextual, produzindo outra série World Masterpiece Theater.[1]

A série estreou dia 5 de abril de 2009, e foi ao ar todos os domingos às 19:30 na JST na Fuji Television transmitida no canal BS-Fuji. A partir de maio de 2009, também foi ao ar no canal Animax. As transmissões online na Biglobe foi anunciada, mas acabou por ser suspensa.[2]

Notas

  1. A Canção de Pippa de Browning que é ensinada por Ana, sua primeira professora, e se torna o motivo condutor de todas as almas. O poema famoso tem sido utilizado no anime: as duas últimas linhas (God's in His Heaven, all's right with the world) é o lema da NERV, a organização que opera em Neon Genesis Evangelion.

Referências

  1. a b Tim (MC), Isabell, Bene, Sei (repórteres/entrevistas) (13 de janeiro de 2009). «World Masterpiece Theater». imagine-nation. NHK World 
  2. 現在、この作品のパック販売はしていません。 Arquivado em 2012-07-01 no Archive.is(Biglobe: "Este masterpiece não está a venda") (em japonês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.