Kormesij da Bulgária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kormesij da Bulgária
do Império Búlgaro
Governo
Reinado 721 (ou 715) — 738 (ou 721)
Antecessor Tervel
Sucessor Sevar
Dinastia Dulo
Vida
Nome completo Кормесий
Morte 721
Pai Tervel[1]

Kormesij da Bulgária (em búlgaro: Кормесий) foi um cã búlgaro da primeira metade do século VIII. Os cronistas ocidentais nomeiam Kormesij como "o terceiro governante dos búlgaros" e ele é, por vezes, considerado como o sucessor direto de Tervel.

História[editar | editar código-fonte]

A Nominalia dos Cãs da Bulgária (Imennik) tem traços de dois registros danificados entre as entradas de Tervel e de Sevar. O segundo destes nomes perdidos é geralmente entendido como sendo o de Kormesij. De acordo com a Nominalia, Kormesij teria reinado por 28 anos e era um descendente do clã real dos Dulo. De acordo com a cronologia desenvolvida por Moskov, Kormesij teria reinado no período entre 715 e 721 e o período muito maior que aparece na Nominalia seria uma indicação de sua idade (e não de seu reinado) ou incluiria um período de co-governo com seus predecessores. Outros cronologistas data o reinado de Kormesij como tendo sido entre 721 e 738, mas nada disso se concilia com a Nominalia.

O nome de Kormesij aparece relacionado aos eventos que levaram à assinatura do tratado de paz firmado entre a Bulgária e o Império Bizantino entre 715 e 717 - a cronologia se baseia fortemente nos nomes dos imperadores e patriarcas envolvidos - pois a única fonte é o cronista bizantino Teófanes, o Confessor. De acordo com ele, o tratado foi assinado por Kormesij na posição de governante dos búlgaros, o que contradiz uma afirmação do próprio Teófanes em outro ponto de seu relato, de que Tervel seria ainda o governante búlgaro em 718-719. Ou uma ou outra frase de Teófanes deve estar errada. Porém, pode-se assumir que Kormesij compartilhava de alguma forma o trono com Tervel e que ele teria assinado o tratado na função de co-governante. O nome de Kormesij também aparece, segundo alguns acadêmicos, nas proximidades da escultura do Cavaleiro de Madara, um patrimônio mundial datado da época de Tervel. A parte sobrevivente do texto trataria, segundo eles, de um tributo anual em ouro que Kormesij recebeu do imperador bizantino: em outras palavras, o tratado de paz teria sido reconfirmado durante seu governo. O final da inscrição menciona uma piora nas relações com o Império Bizantino. Porém, é possível também que esta inscrição seja uma referência a governantes posteriores como Kormisoš ou Krum.

A compilação do século XVII dos búlgaros do Volga, Ja'far Tarikh, uma obra cuja autenticidade é disputada, apresenta Kermes (Kormesij) como sendo filho de Tarvil (Tervel) e como sucessor do irmão dele, Ajjar, que é desconhecido fora deste contexto e que pode ser o primeiro dos nomes perdidos na Nominalia. A Ja'far Tarikh alega que Kermes fora deposto pelos nobres e substituído pelo seu filho Sevar.

Kormesij não é mencionado em nenhum outro contexto. O fato de não haver registros de uma guerra entre búlgaros e bizantinos durante seu reinado, porém, implica que ele teria apoiado a paz entre os dois reinos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Kormesij da Bulgária
Nascimento:  ? Morte: 721
Precedido por:
Tervel
Cã búlgaro
721 (ou 715)–738 (ou 721)
Sucedido por:
Sevar

Referências

  1. Teófanes, o Confessor. Chronographia (em inglês). [S.l.: s.n.], 1863. p. 497.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mosko Moskov, Imennik na bălgarskite hanove (novo tălkuvane), Sofia 1988.
  • Jordan Andreev, Ivan Lazarov, Plamen Pavlov, Koj koj e v srednovekovna Bălgarija, Sofia 1999.
  • (fonte primária), Bahši Iman, Ja'far Tarikh, vol. III, Orenburg 1997.