Korokke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Korokke
Korokkes japoneses.
Categoria Croquete
País Japão
Temperatura ao servir quente
Ingrediente(s)
principal(is)
Batata, carne bovina, cebolas
Receitas: Korokke   Multimédia: Korokke

Korokke (コロッケ korokke?) é um salgado japonês frito, similar ao croquete francês.

História[editar | editar código-fonte]

O croquete chegou ao Japão no fim do século XIX, com a abertura dos portos proporcionada pela Restauração Meiji. Acredita-se que a receita foi levada por cidadãos dos Estados Unidos e da Europa Ocidental.[1]

A primeira receita japonesa de korokke data de 1872, e foi publicada no Guia de Culinária Ocidental (西洋料理指南?).[2][3] A receita original utilizava batatas e carne bovina picadas, temperadas e moldadas no formato de pequenos cilindros; essa massa era então empanada em farinha panko (de farelo de pão) e frita em banha.[4]

Durante o período Showa, a comida se popularizou entre famílias de baixa renda, e ao longo do século XX se espalhou por todas as esferas sociais japonesas.[1][4] Hoje em dia, o alimento é comumente encontrado em supermercados japoneses e lanchonetes.[5]

Características[editar | editar código-fonte]

O korokke é, geralmente, feito no formato de um disco achatado, mas pode ser encontrado em formato cilíndrico e elíptico.[6]

Para a confecção, cozinha-se batatas até amolecerem. Em outro recipiente, a carne é preparada; pode ser utilizada carne de frango, boi, porco ou frutos do mar, como camarão, kani e surimi. A carne é pré-cozida por conta do curto tempo de fritura da batata utilizada no korokke. Adiciona-se temperos e a carne já pronta às batatas cozidas e amassadas, e a mistura resultante é moldada em discos.[6][7] Os temperos mais comuns são sal e pimenta; noz moscada, cebola, coentro e caril também podem ser utilizados.[8][7] Os korokkes são então empanados em farinha de trigo e farinha panko, e fritos em imersão em óleo quente até dourar; o resultado é um korokke crocante no exterior e macio no interior.[1][4]

Tipicamente, o prato é apresentado acompanhado de molho Worcestershire ou molho tonkatsu e repolho branco cozido e cortado em finas fatias.[4][9]

A versão japonesa dos croquetes se difere das receitas tradicionais francesas e belgas principalmente por se basear quase que integralmente em batatas, enquanto as europeias utilizam um recheio feito com base em molho béchamel.[10]

Referências

  1. a b c «コロッケとは - コトバンク». コトバンク (em japonês). Kotobank. Consultado em 13 de novembro de 2018 
  2. 日本大百科全書 [Enciclopédia Nipônica]. Tóquio: Shogakukan. 1994 
  3. 西洋料理指南. [S.l.: s.n.] 1872 
  4. a b c d Asaka, Hirano. «小麦粉のある風景「コロッケ」のはなし». Seifun. Consultado em 13 de novembro de 2018 
  5. «コロッケの歴史 | 一般社団法人日本コロッケ協会». www.croquette.jp (em japonês). Consultado em 13 de novembro de 2018 
  6. a b Shimbo, Hiroko (30 de outubro de 2012). Hiroko's American Kitchen: Cooking with Japanese Flavors (em inglês). [S.l.]: Andrews McMeel Publishing. ISBN 9781449425760 
  7. a b Doi, Yoshiharu. «ポテトコロッケ レシピ 土井 善晴さん». Kyounoyouri NHK. Consultado em 13 de novembro de 2018 
  8. Yoshizuka, Setsuko (18 de novembro de 2012). «Curry Korokke». Consultado em 13 de novembro de 2018 
  9. «コロッケのレシピ・作り方|合いびき肉やじゃがいもを使った料理|味の素パークの【レシピ大百科】». AJINOMOTO PARK (em japonês). Consultado em 13 de novembro de 2018 
  10. «La croquette aux crevettes, née dans les tranchées de l'Yser, fête ses 100 ans». L'Echo (em francês). 23 de dezembro de 2016