Kung Fu Panda (franquia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kung Fu Panda
Criador DreamWorks Animation
Ethan Reiff
Cyrus Voris
Trabalho original Kung Fu Panda (2008)
Proprietário DreamWorks SKG
Filmes e televisão
Filmes Kung Fu Panda (2008)
Kung Fu Panda 2 (2011)
Kung Fu Panda 3 (2016)
Curtas-metragens
Séries de televisão Kung Fu Panda: Lendas do Dragão Guerreiro
Apresentações de teatros
Teatros Kung Fu Panda: Arena Spectacular
Jogos
Jogos eletrônicos
Áudio
Trilhas sonoras Kung Fu Panda
Kung Fu Panda 2
Kung Fu Panda 3
Site oficial
www.dreamworks.com/kungfupanda/

A franquia Kung Fu Panda da DreamWorks Animation consiste nos três filmes: Kung Fu Panda (2008), Kung Fu Panda 2 (2011) e Kung Fu Panda 3 (2016). Os dois primeiros filmes foram distribuídos pela Paramount Pictures e o terceiro filme foi distribuído pela 20th Century Fox. Três curtas, O Segredo dos Cinco Furiosos (2008), Especial de Natal Kung Fu Panda (2010) e Kung Fu Panda: O Segredo dos Mestres (2011), também foram lançados. Uma série de televisão para o canal a cabo Nickelodeon: Kung Fu Panda: Lendas do Dragão Guerreiro, estreou no outono de 2011.

A franquia é baseada num gênero de fantasia wuxia da antiga China populada por animais humanoides, mostra as aventuras de Po Ping, um panda gigante obeso, que improvavelmente é escolhido como o profetizado Dragão Guerreiro. Apesar de seu status ser inicialmente duvidoso, Po mostrou-se digno a cumprir seu destino e aprender sobre seu passado junto de seus novos amigos.

Série de filmes[editar | editar código-fonte]

Curta-metragens[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

A série de filmes tem sido aclamado por vários os recursos a ser nomeada para o Oscar de Melhor Filme de Animação, bem como inúmeros Annie Awards, enquanto sua série de televisão ganhou 11 prêmios Emmy. Além disso, a franquia é bastante popular na China, onde a série é saudado como não só um excelente contributo para o gênero wuxia, mas também para a sua compreensão a mostrar a cultura e o patrimônio chinês em uma produção do cinema americano. Além disso, ambos os filmes foram o filme de animação mais bem sucedido para os seus anos[1] e o segundo atualmente bilheteria de maior sucesso em todo o mundo para um filme dirigido unicamente por uma mulher (Jennifer Yuh Nelson).

Referências

  1. «2011 WORLDWIDE GROSSES». Box Office Mojo. Consultado em 30 de dezembro de 2011