Kurów

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Kurów ( [ˈkuruf] (Sobre este somescutar )) é uma vila no sudeste da Polônia, localizada na província histórica da Pequena Polônia, entre Puławy e Lublin, no rio Kurówka. É a capital de uma gmina (município) separada chamada Gmina Kurów, na voivodia de Lublin. A aldeia tinha 2.725 habitantes (em 2018)

Judeus em Kurów[editar | editar código-fonte]

Cerca de 2.600 judeus viviam em Kurów quando a Segunda Guerra Mundial começou. A população judia de Kurów foi extinta por causa da matança da guerra, e da que se seguiu a ela. Os alemães bombardearam a sinagoga, do ar, e metralharam as pessoas que fugiam do bombardeio. Os judeus tentaram adaptar suas vidas para viver sob o domínio do regime alemão, mas não havia maneira de acomodá-los. Eles foram roubados, brutalizados e forçados ao trabalho escravo. Em junho de 1941, um gueto foi formado e os judeus foram proibidos de deixar Kurów. Em abril ou maio de 1942, a maioria dos judeus de Kurów foram levados para Konskowola, alguns assassinados pelo caminho, e, no dia seguinte, já na estação ferroviária perto de Pulawy e forçados a entrar nos trens. Eles foram levados para Sobibor, onde foram assassinados. Apenas alguns dos judeus Kurów conseguiram sobreviver às seleções do primeiro dia naquele campo e esses judeus foram capazes de ajudar a organizar e realizar a revolta em Sobibor, que resultou na destruição do campo pelos próprios alemães. Embora alguns cristãos tenham denunciado judeus aos alemães, outros ajudaram a abrigar e salvar vários judeus de Kurów: Mieczysław Kutnik, Adam Turczyk, Wacław Mańko e Andrzej e Katarzyna Zarzycki, este último reconhecido como Justo entre as Nações por Yad Vashem após a guerra.[1] Vários judeus da população judaica do pré-guerra, de 2600 humanos, sobreviveram à guerra.[2]

Muitos ex-judeus residentes de Kurów emigraram para os Estados Unidos, Israel, Argentina, e França antes da Segunda Guerra Mundial e outros pontos em outros lugares, onde pudessem encontrar refúgio. Havia uma sociedade funerária de Kurów em Nova York.[3]

Referências

  1. Megargee, Geoffrey (2012). Encyclopedia of Camps and Ghettos. Bloomington, Indiana: University of Indiana Press. ISBN 978-0-253-35599-7 
  2. Shalom, Yarek. «History of Kurów». Virtual Shtelt. Consultado em 10 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  3. Boyarin, Jonathan, ed. (2010). «Yizker-bikher». YIVO Encyclopedia of Jews in Eastern Europe. Consultado em 19 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 21 de agosto de 2019