Kurt Vonnegut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kurt Vonnegut Jr.
Kurt Vonnegut em 1972
Nascimento 11 de novembro de 1922
Indianápolis, Indiana, Estados Unidos
Morte 11 de abril de 2007 (84 anos)
Manhattan, Nova Iorque, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos americano
Cônjuge Jane Vonnegut (1945-2007)
Ocupação escritor
Principais trabalhos

Kurt Vonnegut Jr. (Indianápolis, 11 de novembro de 1922Manhattan, 11 de abril de 2007) foi um escritor estadunidense de ascendência germânica.

É autor de vários romances, ensaios e peças de teatro, entre os quais se destacam Player Piano de 1952, Cat’s Cradle de 1963, Slaughterhouse-Five de 1969, Breakfast of Champions de 1973 e Galápagos de 1985.[1] Sua última obra foi Look at the Birdie de 2009, livro póstumo com uma coleção de contos e ensaios.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Depois de formar-se em química, Vonnegut alistou-se no exército e combateu na Segunda Guerra Mundial. Foi feito prisioneiro de guerra, período no qual presenciou o bombardeamento de Dresden e ficou preso num armazém subterrâneo de carne. Esta experiência veio a inspirar seu livro Slaughterhouse-Five. Após a guerra, formou-se em antropologia. O autor morreu em 11 de abril de 2007, semanas após uma queda em sua casa em Manhattan, que resultou em graves complicações cerebrais.[1]

O Museu Kurt Vonnegut, localizado em Indianápolis, já foi visitado por mais de 200 mil pessoas desde a sua fundação. Ali, podem ser visualizados os pertences do escritor, incluindo o seu Purple Heart, o pacote de Pall Mall, as divisas militares usadas no seu serviço na Segunda Guerra Mundial, cartas de rejeição e uma carta por abrir que o pai do autor escreveu enquanto Kurt foi prisioneiro de guerra.[2]

Estilo[editar | editar código-fonte]

A obra de Vonnegut foi marcada por grande imaginação e uma escrita que tinha como maior característica a simplicidade. Repleta de humor negro, referências históricas e elementos da filosofia e ficção científica, foi marcada por uma espécie de desencanto do autor com a humanidade. Isso não impediu que o tornasse popular, conquistando fãs em todo o mundo. O maior exemplo é o chamado "romance de Dresden", Matadouro-Cinco, escrito quando o autor dava aulas na Universidade de Iowa. O próprio Vonnegut foi prisioneiro de guerra dos nazistas e estava na cidade, devastada e incendiada pelos bombardeiros aliados de 13 a 15 de fevereiro de 1945. Do trauma, nasceu um romance muitas vezes engraçado, outras, niilista, uma marca comum aos seus livros, antes e depois.

Lista de obras[editar | editar código-fonte]

Romances
Ficção
Não-Ficção

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Kurt Vonnegut
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.