Kyle Reese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kyle Reese
Língua original Inglês
Origem EUA
Série(s) Terminator: The Sarah Connor Chronicles
Filme(s) The Terminator, Terminator 4
Temporada(s) 1ª e 2ª temporada
Primeira aparição 12 de Maio de 1984 (The Terminator)
Última aparição 2 de Julho de 2015 (Terminator: Genesis)
Interpretado por Michael Biehn, Jonathan Jackson, Skyler Gisondo, Anton Yelchin
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Kyle Reese é uma personagem fictícia da história dos filmes Terminator e da série de televisão Terminator: The Sarah Connor Chronicles, sendo protagonista no primeiro filme, The Terminator. É pai de John Connor, o futuro líder da Resistência Humana contra as máquinas Terminator.

O primeiro ator a interpretá-lo no cinema foi Michael Biehn (The Terminator), e no filme Terminator Salvation, foi interpretado por Anton Yelchin. O outro intérprete adulto de Kyle Reese é Jonathan Jackson, em alguns episódios de Terminator: The Sarah Connor Chronicles. O ator-mirim Skyler Gisondo participa de outro episódio da série, interpretando Kyle aos 8 anos de idade. Em 2015 foi interpretado pelo ator Australiano Jai Courtney em Terminator: Genesis.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

The Terminator[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Terminator

O soldado da Resistência Humana no futuro, Kyle Reese, é enviado ao passado por John Connor com a missão de interceptar o Terminator e salvar a vida de Sarah Connor. Esta, por ser a futura mãe do líder da Resistência, tornou-se alvo principal da Skynet.
Kyle confronta a máquina e tenta contar a Sarah sua história, mas esta não acredita e acha ser um lunático. O soldado vai preso, mas escapa mais tarde, quando o Terminator ataca a estação policial à procura de Sarah. Assim, ela acredita em Kyle e ambos fogem juntos.
Num motel, ele conta que era apaixonado por Sarah, desde que vira, no futuro, sua foto e ouvira as lendas de seus feitos. Sarah o beija e acabam tendo uma relação que originaria o futuro salvador dos humanos, John Connor.
Porém, um tempo depois, Kyle e Sarah têm de confrontar o Terminator, e nessa batalha, o soldado se sacrifica para quase destruí-lo. Sarah termina o trabalho, mas a esta altura Kyle já havia morrido.
Sarah, frustrada após o ocorrido, decide que irá contar ao filho quem foi seu pai, para ao menos homenagear Kyle, sendo que este morreu sem saber que seria o pai de John. Neste momento, um garoto tira uma foto instantânea de Sarah e a entrega. É a mesma foto que John, no futuro, entregaria a Kyle.

Terminator 2: Judgment Day[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Terminator 2: Judgment Day

O filme se passa anos após a morte de Kyle Reese. Entretanto, há uma cena removida em que o ator Michael Biehn, interpretando-o, aparece numa alucinação de Sarah Connor e abraça-a, pedindo que proteja o filho dos dois. É uma cena disponível no VHS e DVD do filme.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles[editar | editar código-fonte]

O irmão de Kyle, Derek Reese, torna-se personagem da série, quando volta ao ano de 2007 através de uma viagem no tempo. Este, em alguns episódios, conta lembranças que tem com Kyle durante a infância e durante a guerra contra a Skynet (ambos eram membros da Resistência Humana).

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.


Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • John escolheu Kyle para a missão de proteger sua mãe sabendo que ele seria seu pai. Kyle Reese salvou John e outras dezenas de prisioneiros do campo de concentração da Skynet.
  • Kyle Reese nasce anos depois de John Connor, mas por conta de sua viagem ao passado, acaba se tornando o pai de John, o líder que segue e considera como grande amigo no futuro.


Ligações Externas[editar | editar código-fonte]