L'amore è un attimo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

"L'amore è un attimo" ("Amor é um instante") foi a canção selecionada para representar a Itália no Festival Eurovisão da Canção 1971, interpretada em italiano por Massimo Ranieri. Foi a 11ª canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção belga "Goiemorgen, morgen", interpretada pelo duo Jacques Raymond & Lily Castel e antes da canção sueca " Vita vidder", interpretada pela banda Family Four. A canção italiana terminou em quinto lugar, recebendo um total de 91 pontos.

Versões[editar | editar código-fonte]

Ranieri gravou esta canção noutros idiomas:

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letrista: Giancarlo Bigazzi e Gaetano Savio
  • Compositor: Enrico Polito
  • Orquestrador: Enrico Polito

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é uma balada, na qual Ranieri tenta escrever uma carta a uma mulher com quem tinha terminado a relação. Ele repete "Tu disseste que havia de nascer aquele que visse a chorar" e diz-lhe que "a vida é uma tempestade mais forte que nós" nas suas tentativas de racionalizar o fim do relacionamento amoroso.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo foi criado com base informações recolhidas em:

(em inglês) Letra e outras informações

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música


  • "L'amore è un attimo" Itália , canção da Itália no Festival Eurovisão da Canção 1971.