Lâmpada Centenária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lâmpada Centenária de Livermore em 17 de novembro de 2013.

A Lâmpada Centenária[1] (em inglês: Centennial Bulb, também referida como Centennial Light) é a lâmpada incandescente mais duradoura do mundo, acesa desde 1901. Está localizada em Livermore, Califórnia e é mantida pelo Corpo de Bombeiros de Livermore-Pleasanton.[2] Devido a sua longevidade, a lâmpada foi homologada pelo Guinness World Records,[3] Ripley's Believe It or Not! e General Electric.[4] Ela foi citada como evidência da existência de obsolescência planejada em lâmpadas produzidas posteriormente.[5]

Criada por Adolphe Chaillet em 1901, ela está ligada constantemente desde então, e o maior tempo que já permaneceu desligada foi de apenas uma semana.[6]

A lâmpada mais duradoura do mundo se difere das contemporâneas de duas maneiras. Seu filamento é cerca de oito vezes mais espesso do que o de uma lâmpada comum. Além disso, o filamento é feito de carbono, no lugar do tungstênio usado nas lâmpadas normais.[7]

Referências

  1. «O enigma da lâmpada que funciona desde 1901». BBC Brasil. 26 de junho de 2018. Consultado em 2 de julho de 2018 
  2. «Century Light Bulb». National Public Radio. 10 de junho de 2001. Consultado em 15 de janeiro de 2007 
  3. Longest burning light bulb, Guinness World Records .
  4. «The Little Bulb That Could… and Does» (artigo), VIA, consultado em 27 de janeiro de 2007 
  5. Benca, Jeanine (6 de fevereiro de 2011), «Tests shine light on the secret of the Livermore light bulb», Contra Costa Times 
  6. super.abril.com.br/ 8 coisas muito antigas que ainda funcionam
  7. hypescience.com/ Recorde: lâmpada está acesa há 110 anos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lâmpada Centenária