Líder (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Líder


Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Tales to Astonish #62 (dezembro de 1964)
Criado por Stan Lee
Steve Ditko
Características do personagem
Alter ego Dr. Samuel Sterns
Espécie Humano
Terra natal Boise, Idaho
Afiliações Abominável, Camaleão, Humanoides, Pelotão de Choque, Os Alienígenas, Intelligencia, Thunderbolts
Ocupação Ex-operário e Cientista.
Codinomes conhecidos Líder Vermelho
Habilidades Inteligência sobre-humana e avaliação de probabilidades;

Gênio idealizador e especialista em engenharia genética;

Poderes psiônicos.

Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Líder (em inglês: Leader), codinome de Samuel Sterns, é um supervilão do Universo Marvel. Foi criado por Stan Lee e Steve Ditko na revista Tales to Astonish #62, de dezembro de 1964. O Líder foi declarado pelo IGN como o 63º maior vilão de HQs de todos os tempos e, durante muitos anos, foi o maior inimigo do Hulk.

O ator Tim Blake Nelson interpreta Samuel Sterns no filme de 2008 do Incrível Hulk.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Samuel Sterns nasceu em Boise, Idaho, e trabalhava como operário de média capacidade numa fábrica de pesquisa química. Ao mover materiais radioativos para uma área de armazenamento subterrâneo, alguns desses materiais explodiram, bombardeando Sterns com radiação gama. Recuperando-se no hospital, ele descobriu que havia adquirido uma sede insaciável de conhecimento e foi capaz de ler rapidamente todos os livros que ele encontrava pela frente. Semanas mais tarde, Sam passou por uma transformação física, transformando-se em uma entidade super-inteligente de pele verde, com um cérebro gigante alojado em um crânio bem maior que o de um ser humano normal. Assim como em outros casos de indivíduos afetados pela radiação gama, o conjunto específico de características que Sterns adquiriu através da exposição a ela resultaram de um desejo subconsciente; no caso dele, o desejo de ser tão inteligente quanto seu irmão Philip, que era um físico que trabalhava na mesma instalação. Chamando a si mesmo de Líder, Sterns embarcou em vários esquemas criminosos ambiciosos, com o Hulk como seu inimigo principal, sendo consistentemente apoiado por um exército super-poderoso que ele mesmo construiu: os Humanoides, seres indestrutíveis criados a partir de um material maleável semelhante ao plástico chamado pelo vilão de Plastilene, que anula a força de qualquer choque recebido.

Ao longo de um ano, o Líder usou seu intelecto aguçado para tornar-se um mestre do crime, criando uma rede de espionagem para derrubar o governo dos Estados Unidos . Ele envia um espião para roubar um robô que Bruce Banner estava desenvolvendo. Banner vai atrás do espião, mas se transforma no Hulk. O espião domina um guarda desavisado, deixando-o amarrado e amordaçado, enquanto ele entra no robô e leva-o para o teste. Nem o exército e nem o Hulk são capazes de derrotar o robô. O espião encontra o laboratório secreto de Banner nas cavernas e dispara um míssil contra a base. Chegando às cavernas, o Hulk derruba o robô em um poço profundo, matando o espião. Ele então consegue parar o míssil. [1] Com o objetivo de capturar o Hulk para estudos, o Líder despacha seu aliado Camaleão, que se disfarça de Bruce Banner. [2] Com o fracasso do Camaleão, o Líder constrói seus primeiros Humanoides para enfrentar o Hulk. [3] O Líder, então, envia uma horda de Humanoides para subjugar o Hulk e roubar o Absorbatron, um dispositivo inventado por Banner que poderia absorver a energia de uma explosão nuclear, tornando assim qualquer nação que o possuísse imune a bombardeios desse tipo. [4] O Líder captura o Hulk e encontra-se face-a-face com ele, pela primeira vez. O Hulk escapa e destrói o laboratório do Líder, juntamente com o Absorbatron. Mas o vilão consegue fugir. [5] Ansioso para vender seus Humanoides para nações hostis, o líder prepara uma demonstração de seu poder ao ativar um Humanoide de 150 m, ordenando-lhe que atacasse uma base de mísseis nas proximidades. O Hulk finalmente encontra o Humanoide e consegue frustrar os planos do Líder. [6] Curioso para saber mais sobre o poder do Hulk, o Líder resgata-o da custódia do Exército e o mantém prisioneiro em uma caverna. [7] Nesta ocasião, o Dr. Banner fora baleado na cabeça durante sua transformação em Hulk, o que evitou que morresse. Como efeito colateral, o Hulk permaneceu com a personalidade e inteligência de Banner, mas não poderia voltar à forma humana. O Líder aproveitou-se dessa situação e se ofereceu para fazer a cirurgia para retirar a bala, desde que o Hulk aceitasse ser seu escravo. Agora em dívida com o Líder, o Hulk foi enviado para o planeta natal do Vigia, com o objetivo de roubar a Máquina Definitiva, um dispositivo que contém todo o conhecimento do universo. [8] No entanto, esta enorme quantidade de conhecimento foi demais para o Líder e ele cai no chão, aparentemente morto. [9] O General Ross logo descobre a base abandonada do Líder e acidentalmente ativa o "Mata-Hulk", um enorme Humanoide programado para destruir o gigante verde.

Tempos depois, o Líder reaparece e se oferece ao General Ross para neutralizar o Hulk. [10] O Líder então traz um novo Super-Humanoide para auxiliar o General, e tenta tomar posse do arsenal nuclear da América. [11] O Líder rouba um veículo modular do exército, e tenta usá-lo como arma contra o Hulk. [12] Ele liberta o Rino de seu cativeiro e o envia contra o Hulk. [13] Depois de voltar brevemente a se tornar Samuel Sterns para questionar Banner sobre as possíveis fraquezas do Hulk, ele ressuscita o Glob para tentar usá-lo contra o Hulk. [14] Em outro ataque, o Líder envia projeções mentais do Rino, Xeron, Namor, o Elo Perdido e outros contra o Hulk, mas depois sofre um colapso mental. [15] O Líder se faz passar por Glenn Talbot e assume a Base Gama utilizando duplicatas andróides, planejando assim substituir o Presidente e o seu Vice quando eles inspecionassem as instalações no dia seguinte. [16] Um acidente de laboratório deixou o Líder paralisado por um período prolongado de tempo. Ele, então, domina a mente do Rino para enviá-lo a mais uma luta contra o Hulk. [17] Mais tarde, ele faz uma aposta com Kurrgo, o Mestre do Planeta X, onde o Coisa e o Hulk são colocados em batalha um contra o outro. O vencedor ganharia o direito de usar os dois "campeões" em suas maquinações futuras. Em vez disso, os campeões destroem a nave de Kurrgo. [18]

Algum tempo depois, o Líder finalmente recupera o uso de seus membros ao voltar deliberadamente à forma de um amnésico Sterns. Ele segue as ordens de seu subconsciente para se infiltrar na Base Gama, onde ele se expõe à radiação para transformar-se de volta no Líder. Essa usurpação da Base, como da vez anterior, foi levada a um fim pelas forças combinadas do Hulk e Doc Samson. [19] Uma vez, sob o pretexto de procurar uma cura para o Hulk, ele engana a Dra. Rikki Keegan, uma amiga de escola de Banner, para obter uma amostra de sangue de seu inimigo. Ele a usa para contaminar o abastecimento de água de Manhattan, causando uma Gripe Verde, que transformaria aqueles que não morressem em seres parecidos com ele. No entanto, Keegan se transforma em uma criatura semelhante ao Líder, mas mais poderosa do que seu criador, e, a fim de impedi-lo, ela usa suas habilidades telecinéticas para destruir todo o seu equipamento, forçando o Líder a administrar o antídoto que curaria o restante das vítimas. [20] Mais tarde, ele ativa Arsenal e viaja de volta no tempo para o passado primitivo da Terra. Ele tenta infectar o lodo primordial com radiação gama, a fim de alterar a evolução da humanidade e recriar a sociedade à sua imagem, com ele mesmo como seu regente. Este último plano o colocou em conflito com o Hulk e os Vingadores, e ele aparentemente cai para sua morte dentro de um vulcão pré-histórico. No entanto, graças a um aparelho de teletransporte escondido, ele conseguiu sobreviver. [21]

Com o passar dos anos, a radiação gama no seu corpo começou a desaparecer. No início, o Líder atribuiu seus lapsos à sua concentração excessiva em encontrar maneiras para derrotar seu maior inimigo (o Hulk). Quando o Líder finalmente percebeu o que estava acontecendo, muito da inteligência que poderia ter resolvido a sua situação já havia ido embora e textos que antes eram brincadeira de criança para ele agora estavam irremediavelmente além de sua compreensão (ele até se esqueceu do código de acesso de sua base secreta). Resignando-se ao seu destino, ele conseguiu um emprego como assistente de um médico legista no Novo México. Para sua surpresa, ele foi enviado para recuperar o corpo do General Thunderbolt Ross na Base Gama, depois de sua morte nas mãos de Zzzax. Sterns matou seu colega de trabalho e roubou a ambulância que continha o cadáver de Ross, seguindo Bruce Banner até um de seus antigos laboratórios secretos. Mas Sterns chegou tarde demais para impedir que o Hulk cinza destruísse o equipamento de raios gama, após ter manipulado Banner subconscientemente para usá-lo em si mesmo. [22] Ele promete ao Hulk que iria ajuda-lo a se livrar definitivamente de Banner se ele ajudasse Sterns a absorver a radiação gama de Rick Jones, que havia se transformado recentemente em um ser parecido com o Hulk. O Hulk cinza, então, utiliza as memórias de Banner para criar uma nova máquina capaz de transferir toda a radiação gama de Rick Jones para Sterns. Mas o laboratório acaba explodindo e o Hulk acredita que Sterns havia morrido. [23] Na verdade, Sterns consegue tornar-se o Líder novamente, dessa vez com uma nova aparência (e uma ligação psíquica com Jones). Ele rouba o cadáver do General Thunderbolt Ross que estava na parte traseira da ambulância, simplesmente porque ele estava lá.

Com a sua inteligência restaurada, o Líder entra em contato com um ser chamado Meia-Vida e o incube de enfrentar o Hulk para que ele não atrapalhe os seus planos. [24] Após a derrota de Meia-Vida, o Líder juntou seus pedaços e o levou de volta à sua base, equipando-o com uma armadura e uma câmera para, em seguida, enviá-lo novamente. Ele sabia que Hulk acabaria por ganhar, e assim gravou uma mensagem para que ele pudesse ouvir posteriormente. [25] Nessa época, o Líder desenvolveu uma tecnologia capaz de devolver vida a cadáveres. Ao utilizá-la no cadáver do General Ross, o procedimento resultou em um coma de vigília, um corpo reanimado, mas sem mente. (Mais tarde, Ross iria tornar-se o segundo Redentor). O Líder também envia um exército de quatro robôs armados contra o Hulk e utiliza seu controle mental para recrutar dois ex-Caça-Hulk, equipando-os como Rocha e Redentor. [26] Ele os usa para roubar uma Bomba Gama de uma instalação do governo dos EUA, plantando-a mais tarde na pequena cidade de Middletown, Arizona. Desafiando o Hulk cinza a impedir a detonação, o Líder e seus agentes o enfrentam dentro da cidade. O Hulk acaba vencendo e chega até a bomba com poucos minutos restantes. Líder, sendo um mau perdedor, se teletransporta junto com Rocha e Redentor e detona manualmente a bomba. O Líder havia instalado geradores de escudo ao redor da cidade, mantendo a explosão contida, matando assim mais de 5.000 pessoas. [27] Os cinco sobreviventes da explosão tornaram-se seres esverdeados semelhantes ao Hulk e ao Líder, e acabaram sendo detidos pelos militares. O Líder sequestra o veículo em que eles estavam sendo mantidos e os recruta para o seu Pelotão de Choque. [28] O Líder cria então uma cidade chamada Liberdade, uma comunidade isolada que está escondida sob os campos de gelo de Colúmbia, em Alberta, Canadá, e encheu-a com pessoas que estavam morrendo de envenenamento por radiação. Por causa de sua generosidade e bondade, o povo o amava. O Líder afirmou que Liberdade constituiria a base de uma nova sociedade que surgiria depois que a poluição e a guerra aniquilassem o restante da humanidade, mas na realidade ele usou algumas das vítimas de radiação em experiências (como quando ele criou o grupo de ciborgues conhecido como a Oficina). Mais tarde, após descobrir que o Hulk havia sobrevivido, o Líder decide ajudá-lo a encontrar seu irmão, Philip Sterns, o Louco , sob a condição de que o Hulk acabasse com o seu sofrimento, já que a personalidade original de Sterns estava sendo corroída lenta e dolorosamente pela persona do Louco. [29]

Tempos depois, Liberdade estava prestes a ser alvejada por um grupo de terroristas da Hidra. O Líder, então, com a ajuda dos Alienígenas e do Pelotão de Choque, invade o esconderijo do Panteão, organização da qual Hulk fazia parte, para coagi-los a ajudá-lo a defender sua comunidade. Nesse mesmo momento, Rick Jones sofreu um grande trauma mental devido à morte de sua namorada Marlo Chandler e sua dor foi suficiente para causar um desconforto considerável ao Líder. Ele se aproxima de Rick e oferece-se para trabalhar no renascimento de Marlo. Rick Jones acabou aceitando sua ajuda após ver o corpo vivo, mas sem alma, de Thunderbolt Ross. O Líder cria uma máquina nomeada ironicamente de Deus Ex Machina, juntamente com um de seus seguidores, o Espiritual, um reverendo que sobreviveu à explosão da Bomba Gama em Middletown e que acreditava falsamente ter sido abençoado por Deus com poderes espirituais. Mesmo sendo honesto em sua intenção de reviver Marlo, o Líder também planejava utilizar a oportunidade para analisar e canalizar os poderes do Espiritual para si mesmo, a fim de tornar-se imortal e invencível. [30] O Hulk, manipulado pelo líder do Panteão, Agamenon, atacou as instalações. Ao mesmo tempo, a Hidra decidiu invadir a base, levando a uma grande batalha. Após derrotar as forças da Hidra, o Hulk decide acertar as contas com o Líder. Fatalmente ferido depois que o Hulk utilizou seu corpo como um escudo contra as balas do Redentor, o Líder tenta entrar na máquina, mas o Hulk lança o Redentor contra ela, provocando uma grande explosão que, aparentemente, mata o Líder e o Espiritual. Marlo fica em um estado semelhante ao de Ross, mas ambos acabaram totalmente recuperados. [31]

A morte do Líder deixou seu seguidor Omnibus no controle de Liberdade. Supostamente possuído pelo Líder, Omnibus usou suas habilidades de controle mental para manipular vários líderes norte-americanos, e criar uma organização terrorista, a Aliança, com o objetivo de desestabilizar o mundo e mergulhá-lo em uma guerra, que ele argumentava ser inevitável, criando assim uma oportunidade para que a sociedade que ele governava pudesse sobreviver e herdar a Terra. Seus planos são frustrados pelo Hulk. Omnibus foi eventualmente exposto por seus concidadãos de Liberdade, sendo condenado a morrer no frio. Ele acaba sendo devorado por um urso polar. [32] Bruce Banner também viu o Líder em uma suposta viagem para o inferno.

Um pouco mais tarde, quando Banner estava morrendo devido à Esclerose Lateral Amiotrófica, o Hulk foi atraído mentalmente para uma caverna isolada que estava próxima à Base Gama. Lá, ele encontra o Líder, que tinha construído um novo corpo a partir de materiais orgânicos aleatórios de animais e plantas locais. Sterns, cuja consciência desencarnada havia evoluído para além da necessidade de um corpo, contou ao Hulk que ele havia ganhado a iluminação e estava prestes a transcender este plano mortal. Depois de dar ao Hulk a cura para a doença de Banner, ele pediu que seu antigo inimigo testemunhasse sua ascensão. No entanto, algo pareceu dar errado no momento crítico e o novo corpo do Líder explodiu. Mais tarde, sua consciência contatou Banner novamente, aparentemente chocado com o que ele havia descoberto além do véu; ele foi incapaz de voltar, no entanto, e não se ouviu falar dele até muito mais tarde. [33] Durante um momento de grande constrangimento pessoal para o Hulk e Bruce Banner, que tinha começado a fundir as suas personas, tornou-se claro que a Base, uma organização secreta que estava perseguindo implacavelmente o Hulk, a fim de obter o seu material genético, foi secretamente conduzida pelo Líder. No final, depois que todas as tentativas anteriores falharam, o Líder finalmente conseguiu controlar a mente do Hulk e guiou-o em direção à sua base secreta, com a intenção de tomar para si mesmo o seu corpo indestrutível. No entanto, o plano falhou devido à intervenção de Nadia Blonsky, Betty Ross, Doc Samson, e Homem de Ferro, e o Líder acabou morrendo novamente. [34] Estes eventos, estranhos e nebulosos, podem ou não ter ocorrido dessa maneira... eles podem ser parcialmente verdadeiros, ou inteiramente uma ilusão criada pelo demônio extradimensional Pesadelo, em uma tentativa de vingar-se do Hulk. [35]

O Líder é capturado pelos Caça-Hulk da SHIELD e levado a julgamento por seus crimes. Ele foi representado pela procuradora Mallory Book da Goodman, Lieber, Kurtzberg & Holliway , empresa de onde a Mulher-Hulk trabalha. Durante o julgamento, a Sra. Book argumentou que o Líder não era responsável por suas ações, devido ao fato de que a exposição aos Raios Gama havia mudado sua personalidade. Para provar seu ponto, Book comparou-o com Jennifer Walters, revelando que Jennifer era muito mais promíscua em sua forma de Mulher-Hulk. No segundo dia do julgamento, Humanoides chegaram para resgatar o Líder. Em vez de fugir, o Líder cancelou o ataque, optando por seguir com o julgamento até o fim, concluindo corretamente que sua defesa estava sendo bem-sucedida. Ele não foi considerado culpado. [36] É ainda incerto se esta pessoa era de fato o Líder original, ou o Samuel Sterns da Terra-Alpha, cujos habitantes haviam trocado de lugar com suas versões do Universo-616 pouco tempo antes deste julgamento. Agora um homem livre (seja lá quem ele for), o Líder teletransportou os aliados do Hulk, o Pacto de Guerra, para Nevada. Lá, ele utiliza os poderes tectônicos de Hiroim para ativar um escudo alimentado por radiação gama sobre uma parte do deserto. É revelado que o Líder estava morrendo, e que ele construiu a cúpula para curá-lo. Devido a um erro de cálculo, a energia da cúpula na verdade estava matando-o mais rápido. [37] Na batalha com o Pacto de Guerra, o Líder é esfaqueado no peito com um cano de ferro. Ele então absorve o poder da cúpula, transformando-se em um gigante de pele cinza. Hiroim também absorveu o poder e lutou contra o Líder, drenando seus poderes. Ao morrer, Hiroim canaliza seu poder antigo para Kate Waynseboro, que ataca o Líder, obrigando-o a teleportar-se. [38]

O Líder, aparentemente saudável e em sua forma original, aparece novamente, desta vez para enfrentar Skaar, o filho do Hulk. Durante esse período, ele foi responsável por transformar Marlo Chandler na nova Harpia, além de planejar sua vingança contra Kate Waynesboro. [39] É finalmente revelado que o Líder, juntamente com um grupo seleto de vilões super-inteligentes, faz parte de uma organização de longa data que ele chama de Intelligencia. [40] Na conclusão da saga do Hulk Vermelho (cuja identidade secreta foi revelada como sendo a do General Thunderbolt Ross), este se aproxima do Líder e drena toda a radiação gama de seu corpo. Ele fez isso como punição pelo Líder ter transformado sua filha Betty na Mulher-Hulk Vermelha. O Hulk Vermelho então poupa a vida de Sterns, fazendo-o sofrer por ter revertido a essa forma deplorável de inteligência mediana, sem a capacidade de duplicar uma infusão gama que pudesse transformá-lo de volta no Líder... pelo menos, não por conta própria. [41] Um impotente Samuel Sterns é visto mais tarde sob custódia, exigindo gama (a única coisa que ninguém está disposto a dar-lhe) em troca de informações sobre como parar os planos apocalípticos à prova de falhas da Intelligencia. [42]

No final da segunda edição da nova série dos Thunderbolts como parte do evento Marvel NOW! , Sterns é visto alojado dentro de um contêiner. Sua cabeça voltou ao tamanho apresentado anteriormente pelo Líder, e ela está ligada a uma máquina que emite radiação gama vermelha e, aparentemente, está sob a custódia do Hulk Vermelho. [43] Durante a terceira edição, Samuel Sterns desenvolveu tons avermelhados de pele, mas sem poderes aparentes. Ao ver que o Hulk Vermelho está empregando Samuel Sterns, Deadpool expressa sua opinião de que o Justiceiro não ficará satisfeito. Assim que o Justiceiro vê Samuel Sterns, ele atira bem entre seus olhos, matando-o e destruindo plano do Hulk Vermelho. [44] Durante uma luta contra o Louco, o Hulk Vermelho levou um tubo que alimenta energia gama para o laboratório do Louco. [45] Ele então absorve a energia para si mesmo e, em seguida, canaliza a força para o Líder, trazendo-o de volta à vida. [46] O Líder, em seguida, junta-se aos Thunderbolts sob a nova alcunha de Líder Vermelho. [47]

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

O Líder é dono de um intelecto sobre-humano, como resultado de sua exposição a uma explosão de resíduos irradiados com radiação gama. Ele possui intuição, padrão de resolução, armazenamento e recuperação de informações, e estruturação lógica e filosófica bastante reforçados. Sua capacidade de prever os resultados prováveis ​​de cenários táticos e estratégicos é tão avançada que beira à clarividência. O Líder tem uma memória perfeita, sendo capaz de recordar todos os momentos desde o acidente que lhe deu seus poderes. Além disso, o Líder tem limitados, porém potentes, poderes telecinéticos e telepáticos. Ele é capaz de controlar mentalmente indivíduos não gama-irradiados ao tocar-lhes, e já derrubou um Hulk muito enfraquecido usando explosões telecinéticas.

O Líder possui conhecimentos de genética, física e robótica, e projetou um grande número de armas sofisticadas, veículos, computadores, androides, e humanoides sintéticos. Ele é particularmente adepto de engenharia genética e de manipulando da radiação para diversos fins nefastos.

Em certa ocasião, o Líder mostrou a capacidade de transformar-se de volta em Samuel Sterns, mas essa capacidade resultou na perda de sua memória e identidade, já que a mente de Sterns era mal equipada para lidar com o intelecto do Líder (mas ele sempre se lembrava de tudo quando ele se transformava no Líder novamente).

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Desenhos Animados[editar | editar código-fonte]

Video games[editar | editar código-fonte]

O Líder aparece como vilão no game do Hulk. E no game baseado no filme de 2008 (The Incredible Hulk).

O Incrível Hulk (Filme de 2008)[editar | editar código-fonte]

Nesse filme, quem interpreta o Líder/Samuel Sterns é o ator Tim Blake Nelson. Na história do filme, Samuel Sterns, um professor de física da Universidade Culver que tentava ajudar Bruce Banner a se livrar de Hulk, conversando com ele na internet, usando um pseudônimo (que era o Senhor Azul). Quase no fim do filme, uma gota do sangue contaminado de Bruce Banner cai em um ferimento aberto na cabeça do Dr. Sterns, provocando sua transformação no Líder, mas não chega a enfrentar o Hulk.

Referências

  1. Tales to Astonish #60-61
  2. Tales to Astonish #62
  3. Tales to Astonish #63
  4. Tales to Astonish #64-65
  5. Tales to Astonish #68-69
  6. Tales to Astonish #70
  7. Tales to Astonish #72
  8. Tales to Astonish #73
  9. Tales to Astonish #74
  10. Incredible Hulk #115
  11. Incredible Hulk #116-117
  12. Incredible Hulk #123
  13. Incredible Hulk #124
  14. Incredible Hulk #129
  15. Incredible Hulk #139
  16. Incredible Hulk #146-147
  17. Incredible Hulk #157
  18. Marvel Feature #11
  19. Incredible Hulk #223-225
  20. Incredible Hulk Annual #11
  21. Incredible Hulk #280-284
  22. Incredible Hulk #331
  23. Incredible Hulk #332
  24. Incredible Hulk #334
  25. Incredible Hulk #342
  26. Incredible Hulk #343
  27. Incredible Hulk #344-345
  28. Incredible Hulk #346
  29. Incredible Hulk #366-367
  30. Incredible Hulk #397-399
  31. Incredible Hulk #400
  32. Incredible Hulk #442
  33. Incredible Hulk Vol. 2 #30-32
  34. Incredible Hulk Vol. 2 #75-76
  35. Incredible Hulk Vol. 2 #81
  36. She-Hulk Vol. 4 #18-20
  37. World War Hulk: Aftersmash! Warbound #3
  38. Warbound #5
  39. Incredible Hulk #604
  40. Fall of the Hulks: Alpha #1
  41. Hulk Vol. 2 #23
  42. Hulk Vol. 2 #28
  43. Thunderbolts Vol. 2 #2
  44. Thunderbolts Vol. 2 #3
  45. Thunderbolts Vol. 2 #4
  46. Thunderbolts Vol. 2 #5
  47. Thunderbolts Vol. 2 #6

Ligações Externas (Em inglês)[editar | editar código-fonte]