Lília Cabral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lília Cabral
Nome completo Lília Cabral Bertolli Figueiredo
Outros nomes Lília Cabral
Nascimento 13 de julho de 1957 (59 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
Cônjuge Iwan Figueiredo (1994-presente)
IMDb: (inglês)

Lília Cabral Bertolli Figueiredo (São Paulo, 13 de julho de 1957)[1] é uma atriz brasileira, duas vezes indicada ao Prêmio Emmy Internacional de Melhor Atriz.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lília é brasileira, filha de pai italiano (Gino Bertolli) e mãe portuguesa (Almedina Cabral, natural de São Miguel, Arquipélago dos Açores). Sua mãe faleceu quando Lília tinha por volta dos 20 anos de idade, antes de ela começar a atuar na TV, fato que lamenta bastante, já que esta nunca teve a oportunidade de vê-la trabalhar como atriz.[1]

O seu primeiro casamento foi ao 29 anos de idade, com o cineasta João Henrique Jardim, matrimônio este que durou 7 anos. É casada desde 1994 com o economista Iwan Figueiredo, pai de sua única filha, Giulia, que nasceu quando Lília tinha 38 anos.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a sua carreira no teatro, com a peça Feliz Ano Velho, baseada num livro de Marcelo Rubens Paiva.[3] Estreou na televisão, em 1981, com a novela Os Adolescentes, escrita por Ivani Ribeiro e produzida pela Rede Bandeirantes. Em 1984, transferiu-se para a Rede Globo para atuar em Corpo a Corpo, de Gilberto Braga. Em 1988, atuou em Vale Tudo, de Gilberto Braga e Aguinaldo Silva, no papel da secretária Aldeíde Candeias, que sofria nas mãos do patrão Marco Aurélio (Reginaldo Faria). Em 1989, viveu a beata Amorzinho no grande sucesso de Aguinaldo Silva Tieta. Em 1995, participou em História de Amor, como a neurótica Sheila, ex-esposa do médico e protagonista da história, Carlos (José Mayer). Depois, em 1997, participou em Anjo Mau, como Goreti, interpretou Verena na telenovela Meu Bem Querer e, em 1999, foi a mãe de Tati, protagonista da primeira temporada de Malhação.[4]

Em 2000 atuou na novela Laços de Família, como Ingrid, mulher do interior que se muda para a cidade e morre num assalto. Em 2001, viveu Daphne em Estrela-Guia e, no ano seguinte, apareceu em Sabor da Paixão, como Edith. Em 2003, participou de Chocolate com Pimenta, como a vilã cômica Bárbara. Posteriormente, integrou o elenco de Começar de Novo, como Aída, dona de um famoso spa.[4] Em 2006, foi a antagonista de Páginas da Vida, por cuja atuação recebeu o Troféu Imprensa de melhor atriz daquele ano e foi também indicada ao Emmy Internacional de 2007, na categoria de melhor atriz. Contudo, perdeu a estatueta para a atriz francesa Muriel Robin, pela sua participação em Marie Besnard - The Poisoner. Em 2008, viveu Catarina, na novela A Favorita, de João Emanuel Carneiro. Em 2009 estreou o filme Divã, no qual interpretou a protagonista Mercedes. Posteriormente, viveu a ex-modelo Tereza, em Viver a Vida.[4] Em 2011 atuou em Fina Estampa, onde interpretou sua protagonista no horário nobre, Griselda Pereira "Pereirão".[5][6]

Em 2013 protagonizou o remake Saramandaia, interpretando a empresária Vitória Vilar.[4] Em 2014, interpreta a aristocrata Maria Marta, a vilã de Império, novela das nove de Aguinaldo Silva.[7]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1981 Os Adolescentes Marcela[4]
Os Imigrantes Angelina[4]
1982 Os Imigrantes: Terceira Geração Angelina[4]
1984 Corpo a Corpo Margarida Fraga Dantas[8]
1985 De Quina pra Lua Marieta[9]
1986 Hipertensão Tatá (Antonieta)[10]
1987 Mandala Lena[11]
1988 Vale Tudo Aldeíde Candeias[12]
1989 Tieta Amorzinho[13]
1991 Salomé Ernestina[14]
1992 Pedra sobre Pedra Alva[15]
1994 Pátria Minha Simone Pelegrine[16]
1995 História de Amor Sheila[4]
1997 Anjo Mau Goreti Garcia[4]
1998 Meu Bem Querer Verena Alves Serrão[4]
2000 Laços de Família Ingrid Frank Lacerda[4]
2001 Estrela-Guia Daphne Pimenta[4]
Os Normais Amanda (Episódio: "Surpresas são Normais")[4]
2002 Sabor da Paixão Edith Rosa[4]
2003 Chocolate com Pimenta Bárbara Albuquerque[4]
2004 Começar de Novo Aída[4]
2006 Páginas da Vida Marta Toledo Flores[4]
2008 A Favorita Catarina Coppola Monteiro[4]
2009 Viver a Vida Tereza Saldanha[4]
2011 Fina Estampa Griselda da Silva Pereira (Pereirão)[5][6]
2013 Saramandaia Vitória Vilar[17][18]
2014 Império Maria Marta Medeiros de Mendonça e Albuquerque[19]
2016 Liberdade, Liberdade Virgínia[20]
2017 A Força do Querer Silvana[21]
2018 O Setimo Guardião [22]

Séries e minisséries[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1991 O Portador Luciana[23]
1992 Você Decide — (ep: "Cigarra ou Formiga")[4]
1993 Sex Appeal Clarice[24]
Confissões de Adolescente Gilda[4]
1994 Você Decide — (ep. "A Copa do Mundo é Nossa")[4]
1995 Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados Eduarda[4]
1996 Você Decide — (ep. "Pai de Aluguel")[4]
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Violeta[4]
Você Decide — (ep. "Ligeiramente Grávida")[4]
Sai de Baixo Miriam[4]
1999 Malhação Claudia Almeida[4]
Você Decide — (ep. "Robin Hood Aposentado")[4]
2001 Sai de Baixo Dora[4]
Brava Gente Isadora[4]
Os Normais Amanda[4]
2002 Sítio do Pica Pau Amarelo Hera[4]
A Grande Família Margot Pereba[4]
2004 A Diarista Pinky[4]
2005 A História de Rosa Dra. Estela Duncar[4]
2006 A Grande Família Margot Pereba"[4]
2007 A Diarista Dona Elvira[4]
Toma Lá Dá Cá Dra. Mísia[4]
2011 Divã Mercedes Cunha Ribeiro[4]
2016 Tá no Ar: A TV na TV Ela mesma[25]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1989 Dias Melhores Virão Secretária[4]
1990 Stelinha Chris[4]
1998 Como Ser Solteiro Analista[4]
2001 A Partilha Lúcia[26]
2006 Fica Comigo Esta Noite Catarina[1]
2009 Divã Mercedes Cunha Ribeiro[4]
2011 Amor-Perfeito Laura[27]
2014 Julio Sumiu Edna[28]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

NoFonti.svg
Esta seção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado Ref.
1993 Prêmio Shell Melhor atriz Solteira, Casada, Viúva, Divorciada Venceu [4]
2006 Prêmio APCA Melhor Atriz
Páginas da Vida
Venceu [29]
Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Venceu [30]
Melhores do Ano Melhor Atriz Indicada
2007 Prêmio Emmy Internacional Melhor Atriz Indicada [31]
Troféu Imprensa Melhor Atriz Venceu [32]
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz de Novela Venceu [4]
2008 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Coadjuvante
A Favorita
Venceu [4]
Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Coadjuvante Indicada [33]
Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
2009 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Prêmio Quem de Televisão Melhor Atriz
Viver a Vida
Venceu [34]
Melhores do Ano Melhor Atriz Indicada
2010 Prémio Emmy Internacional Melhor Atriz Indicada [35]
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz de Novela Indicada [36]
Troféu Imprensa Melhor Atriz Venceu [37]
Prêmio Contigo! de Cinema Melhor Atriz (júri)
Divã
Indicada
Melhor Atriz (público) Venceu [4]
Brazilian Film Festival of Miami Melhor Atriz Venceu [4]
2011 Prêmio Quem de Televisão Melhor Atriz
Fina Estampa
Indicada [38]
2012 Troféu Imprensa Melhor Atriz Venceu [39]
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz de Novela Venceu [40]
Melhores do Ano Melhor Atriz Venceu [41]
2014 Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz
Império
Venceu [42]
Prêmio Quem de Televisão Melhor Atriz Indicada [43]
Melhores do Ano Melhor Atriz de Novela Indicada [44]
2015 Troféu Imprensa Melhor Atriz Venceu [45]
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz de Novela Venceu [46][47]

Referências

  1. a b c «Lilia Cabral». Clickgrátis. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  2. G1 (04 de outubro de 2010). «Lília Cabral é indicada ao prêmio Emmy Internacional». g1.globo.com. Consultado em 15 de maio de 2013. 
  3. a b Caruso, Marina (19 de outubro de 2011). «Lília Cabral: “Nunca pensei em ser protagonista”». Revista Marie Claire. Globo.com. Consultado em 18 de setembro de 2016. 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw «Lília Cabral». iG. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  5. a b Redação Rede Globo (19 de julho de 2011). «Fina Estampa: Malvino Salvador e Sophie Charlotte gravam novela». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  6. a b Redação Rede Globo (17 de junho de 2011). «Fina Estampa: Lília Cabral terá aparência masculina na novela». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  7. Gshow (10 de junho de 2014). «Lilia Cabral encarna aristocrata decadente em 'Império'». Extras - Império. Consultado em 22 de junho de 2014. 
  8. Gshow (5 de janeiro de 2012). «Em 1984, Lilia Cabral interpretou a perua Margarida em Corpo a Corpo». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  9. «De Quina Pra Lua». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  10. «Hipertensão». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  11. «Mandala». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  12. «Vale Tudo». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  13. «Tieta». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  14. «Salomé». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  15. «Pedra Sobre Pedra». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  16. «Pátria Minha». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  17. Rede Globo (29 de abril de 2013). «Saramandaia: José Mayer e Lília Cabral fazem par romântico». Rede Globo > saramandaia. Consultado em 12 de junho de 2014. 
  18. Gshow (17 de junho de 2013). «Lilia Cabral define a Vitória de Saramandaia: 'Mocinha politicamente incorreta'». Fique por dentro - Saramandaia. Consultado em 12 de junho de 2014. 
  19. «Lília Cabral fala sobre sua vilã Maria Marta». O Planeta TV. 11 de abril de 2014. Consultado em 06 de junho de 2014. 
  20. «Virgínia | Personagem». Gshow. Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  21. «Fábio Assunção fará casal inusitado com Lilia Cabral». O Planeta TV. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  22. Carvalho, Vinícius (22 de junho de 2016). «Lília Cabral será grande vilã de “O Sétimo Guardião”». TV Foco. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  23. «O Portador». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  24. «Sex Appeal». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  25. Gshow (18 de janeiro de 2016). «'Helenas' de Manoel Carlos se reencontram nos bastidores do 'Tá no Ar'». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  26. «FILMOGRAFIA - A PARTILHA». Cinemateca Brasileira. Ministério da Cultura. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  27. Olimpia (23 de maio de 2016). «Lilia Cabral, uma atriz que é puro talento». iFolha. 
  28. Globo Filmes (01 de fevereiro de 2013). «Carnaval dedicado ao cinema». Consultado em 15 de junho de 2013. 
  29. «APCA 2006 premia "O Céu de Suely" e "vilões" da Globo». Folha de S. Paulo. UOL. 12 de dezembro de 2006. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  30. «Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2006». Extra. Globo.com. 14 de setembro de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  31. «Brasil bate recorde de indicações no Emmy». Folha de S.Paulo. 8 de outubro de 2007. Consultado em 30 de outubro de 2014. 
  32. «Troféu Imprensa 2006». Chance de Gol. UOL. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  33. «Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2008». Extra. Globo.com. 14 de setembro de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  34. Ghermandi, Carla (25 de janeiro de 2012). «Prêmio Quem 2009». Revista Quem. Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  35. «Indicados ao Emmy Internacional 2010». Revista Veja. 04 de outubro de 2010. Consultado em 29 de outubro de 2014. 
  36. Patrícia Teixeira (4 de maio de 2010). «Estrelas da TV agitam o Prêmio Contigo, no Copacabana Palace». O Fuxico. Consultado em 27 de setembro de 2011. 
  37. «Troféu Imprensa 2009». Chance de Gol. UOL. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  38. «Prêmio QUEM 2011: Conheça os vencedores». Revista Quem. Globo.com. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  39. «Os vencedores do Troféu Imprensa 2012». Aglomerado News. 15 de março de 2016. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  40. Almeida, Flavia (15 de maio de 2012). «Confira a lista de vencedores do Prêmio Contigo de Televisão!». Ofuxico. Consultado em 18 de setembro de 2016. 
  41. «Confira a lista dos vencedores dos Melhores do Ano do Domingão do Faustão». Primeira Edição. 1 de abril de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  42. «‘Império’ é a grande vencedora do Prêmio Extra de Televisão; veja a lista completa de ganhadores». Extra. Globo.com. 12 de novembro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  43. «Prêmio QUEM 2014: Conheça e vote nos finalistas da categoria TV». Revista Quem. Globo.com. 29 de outubro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  44. Gshow. «9 de novembro de 2014». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  45. M de Mulher (13 de abril de 2015). «Conheça os vencedores do Troféu Imprensa 2015». Abril. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  46. Almeida, Flavia (9 de junho de 2015). «Confira a lista de ganhadores do 17º. Prêmio Contigo!». Ofuxico. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  47. «Famosos capricham na produção para premiação de TV no Copacabana Palace». UOL. 8 de junho de 2015. Consultado em 17 de setembro de 2016. 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.