Língua ahom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ahom
Falado em: Índia
Região: Assam
Total de falantes: extinta ( usada e cantos e literarura)[1]
Família: Tai-kadai
 Tai
  Tai Sudoeste
   Noroeste
    Ahom
Escrita: Ahom
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: aho

A Língua Ahomé uma língua tai quase extinta falada pelos Ahoms, povo que governou o vale do rio Brahmaputra(hoje estado de Assam, Índia) entre os século XIII e XVIII. A língua é classificada como sendo do subgrupo Noroeste do grupo Sudoeste das línguas Tai. Apresenta afinidades com as línguas Shan, Khamti e também com a língua tailandesa. Como os dominadores Ahom da área assimilaram os Assameses que eram em maior número, a língua assamesa (que é Indo-Européia) gradualmente substituiu o Ahom como língua falada, processo que se completou durante o século XIX. No ano 2000, Ahom era conhecida somente por 200 sacerdotes da tradicional religião dos Ahoms, sendo usada somente para fins religiosos.

A língua não é mais falada, mas o extenso dicionário léxico Assamês-Ahom de 1795 chamado Bar Amra preserva a forma da língua como era falada ao tempo do Império Ahom. A língua é muito importante para estudos Tai, sendo praticamente livre de influências das línguas mon-khmer e das línguas índicas orientais e sua tradição escrita data do século XIII.

Características[editar | editar código-fonte]

Ahom é classificada como uma língua Ta-Sudoeste-Noroeste e tem sua própria escrita. Ahom apresenta características das línguas tai:

Tanto na escrita como na fala do Ahom, muito é dependente do contexto e da interpretação da audiência. Muitas são as partes de uma frse que podem ficar ocultas, implícitas, verbos e adjetivos permanecem, mas outras partes da fala como pronomes principalmente podem ser eliminados. Os verbos não apresentam mudanças com tempo, os substantivos não têm plural. O tempo é percebido por meio de advérbios, sequências de verbos ou palavras auxiliares que ficam diante do verbo.[3] Ahom,como as demais línguas Tai, usa classificadores para identificar categorias (algo como gêneros) e a repetição de palavras para representar algumas expressões idiomáticas. Porém, as exporessões, os pronomes e outras partículas da frase variam tanto dentre as línguas Tai que se originaram do Proto-Tai que as línguas não apresentam inteligibilidade mútua.[3]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Ahom language from Ethnologue.com
  2. a b c d Blake, B. J. (1994). Language Classification. In The Encyclopedia of Language and Linguistics (Vol. 4, pp. 1952-1957). New York, NY: Pergamon Press Press.
  3. a b c d Hongladarom, K. (2005). Thai and Tai Languages. In Encyclopedia of linguistics (Vol. 2, pp. 1098-1101). New York, NY: Fitzroy Dearborn.

Referências externas[editar | editar código-fonte]