Língua camaiurá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Camaiurá
Falado em: Aldeia Camaiurá, no Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso, no  Brasil
Total de falantes: 355
Família: Tupi
 Tupi-guarani
  Camaiurá
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

O camaiurá ou kamayurá é uma língua indígena do Brasil falada pelos camaiurás. Pertencente ao tronco linguístico tupi.[1]

Evolução fonológica[editar | editar código-fonte]

Características mais gerais em relação ao Proto-Tupi-Guarani (PTG):[2]

  • conservação das consoantes finais
  • fusão de *tx e *ts, ambos mudados em h ou zero
  • mudança de *pw em kw ou h
  • conservação de *pj em ts
  • conservação de *j

Exemplos:[2]

  • PTG *akér "eu durmo" > Kamayurá akét
  • PTG *jatxý "lua" > Kamayurá jaý; PTG *otsó "ele vai" > Kamayurá ohó; PTG *pytsatsú "novo" > Kamayurá pyaú
  • PTG *-pwár "amarrar" > Kamayurá -hwat
  • PTG *-epják "ver" > Kamayurá -etsák
  • PTG *jacaré "jacaré" > Kamayurá jakaré

Referências

  1. Seki, Lucy. Gramática do Kamaiurá, Língua Tupi-Guarani do Alto Xingu (482 páginas + 17 fotos. Editora UNICAMP e Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (2000). ISBN 85-268-0498-7.
  2. a b Rodrigues, A. D. (2013). Relações internas na família linguística Tupí-Guaraní. Revista Brasileira De Linguística Antropológica, 3(2). https://doi.org/10.26512/rbla.v3i2.16264

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Artigos[editar | editar código-fonte]

  • Seki, Lucy. Kamaiurá (Tupi-Guarani) as an active-stative language. In D. L. Payne (ed.), Amazonian linguistics: Studies in Lowland South American languages, University of Texas Press (1990).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.