Língua chuj

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chuj
Falado em: Guatemala, México
Região: Norte Huehuetenango, Chiapas
Total de falantes: 43 mil (1991)
Família: Maia
 Q'anjobalana
  Chujeana
   Chuj
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: cac

Chuj (pronunciado: [tʃuːx]) é uma língua Maia falada pelo povo Chuj, sendo cerca de 40 mil pessoas na Guatemala 10 mil no Mexico. Chuj junto com as línguas Tojolabal, Mochó, Acateca, Canjobal e Jacalteca ou Popti' forma o ramo ocidental canjobalano-chujeano da família de línguas Maia. A língua Chuj derivou dessas há cerca de 21 séculos.[1] Na Guatemala, os falantes de chuj se localizam em três municípios no departamento de Huehuetenango. São San Mateo Ixtatán, San Sebastián Coatán e Nentón.[2] Há um grande índice de conservação de línguas nessa área. Algumas comunidades de Barillas e de Ixcán também falam a língua na Guatemala.

A língua Tem dois dialetos principais, o chuj de Ixtatán e o chuj de San Sebastián Coatán.

Influências[editar | editar código-fonte]

A língua Chuj foi influenciada pelo espanhol, e os falantes de Chuj tendem a usar palavras dessa língua ou mistures de empréstimo de outras línguas. Estima-se que 70% da língua Chuj seja puramente Chuj. [3] Existem esforços de conservação e revitalização da língua em San Mateo Ixtatán, por meio de grupos como a Academia de Lenguas Mayas de Guatemala. [2]

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Consoantes[editar | editar código-fonte]

Consoantes[4]
Labial Alveolar Palatal Velar Uvular Glotal
Nasal m n ŋ ⟨nh⟩
Oclusiva Plana p t k ʔ ⟨ʼ⟩
Ejectiva
Implosiva ɓ ⟨bʼ⟩
Africada Plana t͡s ⟨tz⟩ t͡ʃ ⟨ch⟩
Ejetiva t͡sʼ ⟨tzʼ⟩ t͡ʃʼ ⟨chʼ⟩
Fricativa v ⟨w⟩ s ʃ ⟨x⟩ χ ⟨j⟩
Aproximante l j ⟨y⟩
Vibrante r

Vogais[editar | editar código-fonte]

Vogais[4]
Anterior Posterior
Fechada i u
Meio-Fechada e o
Aberta a

Ortografia[editar | editar código-fonte]

Orthografia[5][6] IPA Exemplo Inglês
a /a/ atz'am

sal

b ' /ɓ/ bʼeyi andar
CH /t͡ʃ/ chich

coelho

CH /t͡ʃʼ/ chʼal tópico
e /e/ Ewi ontem
eu /i/ ix

mulher

j /χ/ junho um
k /k/ kukay firefly
k ' /kʼ/ Kʼatzitz lenha
eu /l/ lolonel

palavra

m /m/ Muito de

pássaro

n /n/ freira pai
nh /ŋ/ nhab' chuva
o /o/ OK

p /p/ tapinha

casa

r /r/ retet

pica-pau

s / s / sak branco
t /t/ tut feijões
t ' /tʼ/ brinquedo macio
tz /t͡s/ tzatz

difícil

tz ' / t͡s’/ tzʼiʼ cachorro
você /u/ unin

criança

C /v/ winak cara
x /ʃ/ xanhap

sapato

y /j/ yax verde
' /ʔ/ ʼOnh abacate

A letra 'h' é convencionalmente usada em palavras com vogais iniciais para distingui-las de palavras que começam com oclusiva glótica.

Alfabeto[editar | editar código-fonte]

As letras que constituem o alfabeto são: a, b', ch, ch', e, h, i, j, k, k', l, m, n, nh, o, p, r, s, t, t', tz, tz', u, w, v, x, y, ' (saltillo).[7]

Gramática[editar | editar código-fonte]

Morfologia da raiz do verbo[editar | editar código-fonte]

Abaixo está um modelo para o radical verbal em Chuj. Predicados verbais em Chuj aparecem com um sufixo de status: -a com verbos transitivos e –i com verbos intransitivos. As orações finitas flexionam para Tempo, Aspecto, Pessoa e Número.[8]

Estrutura Verbo
Tempo / aspecto / humor Marcador absoluto Marcador ergativo Raiz do verbo - tz- ach- in- chel-
Imperfectivo 2ª pessoa do sing. absolutivo 1ª pessoa do sing. ergativo abraço - tzachinchela' 'Eu estou te abraçando.'

Predicados não verbais são palavras não verbais como adjetivos, substantivos, posicionais ou direcionais que atuam como o predicado principal e são semanticamente estativas. Essas construções não flexionam para o aspecto tempo, mas flexionam para pessoa e número.[9] Não há verbos de ligação abertos em Chuj e tais construções são expressas por predicados não-verbais.

|ix Malin kʼaybʼum ix. |top/foc CL Maria professora CL |Maria é uma professora.

|Ay ix hin-nun niwakil ix. |top/foc CL minha mãe gorda CL |Minha mãe é gorda

Chuj é uma linguagem ergativa-absolutiva. O sujeito de um verbo intransitivo e o objeto de um verbo transitivo têm referências cruzadas com um marcador absolutivo, que aparece no radical verbal. O sujeito de um verbo transitivo é cruzado com um marcador ergativo no radical verbal.

Pessoa[editar | editar código-fonte]

Marcador de pessoa [10]
Marcador ergativo Marcador absolutivo
pre-consonantal pre-vocálicá pre-consonantal/
pre-vocalica
3ª pessoa singular hin- w- hin-
plural ko- k- honh-
2ª pessoa singular ha- h- hach-
plural he- hey- hex-
3ª pessoa singular s- y- Ø
plural s-... hebʼ y-... hebʼ hebʼ

Tempo e aspecto[editar | editar código-fonte]

Chuj tem quatro marcadores de Tempo e de Aspecto gramaticais atestados. As cláusulas finitas flexionam obrigatoriamente para o Tempo-Aspecto [6][10].

Marcador de Tempo-Aspecto[4]
Marcador Significado
tz- Imperfeito
ix- Perfeito
lan Progressivo
ol- Prospectivo

Classificadores nominais[editar | editar código-fonte]

Chuj classificadores nominais representam uma classe fechada de aproximadamente uma dúzia de palavras. Eles especificam o gênero para humanos e o material de base para objetos, como madeira (teʼ) para casas e metal (kʼen) para facas.

Classificadors Nominais [4][6]
Classificadsor Domínio
água
anh planta
atzʼam sal
chanh vinho
ix fêmea
ixim grão
kʼak tecido
kʼen metal
lum terra
nokʼ animal
teʼ madeira
waj nome masculino
winh masculino

Classificadores nominais Chuj têm duas funções principais: eles atuam como artigos para substantivos referenciais, e como pronome. Esses têm uma origem lexical, mas passaram por um clareamento semântico e podem, portanto, referir-se a um campo semântico maior do que os nominais dos quais são derivados.

Artigos para substantivos referenciais

|Hebʼ winh unin ix-s-loʼ [teʼ manzan] hebʼ winh. |PL CL.MASCcriança PFV-a3s-eat CL.árvore maçã PL CL.MASC | Já os meninos comeram a maçã.

Pronouns

|Ol-s-lo teʼ ix. |Prosp-b3s-a3s-comer CL.árvore CL.FEM | Ela (Elsa) vai comer (a maçã)

Numaração 1 a 10[editar | editar código-fonte]

San Mateo Ixtatán San Sebastián Coatán
Juʼun Jun[11]
Chaʼabʼ Chaʼabʼ/chabʼ
Oxeʼ Oxeʼ
Chanheʼ Chanheʼ
Hoyeʼ Oʼeʼ
Wakeʼ Wakeʼ
Hukeʼ Hukeʼ
Wajxakeʼ Wajxkeʼ
Bʼalunheʼ Bʼalnheʼ
Lajunheʼ Lajnheʼ

Vocabulário[editar | editar código-fonte]

Coletadas de San Mateo Ixtatán[editar | editar código-fonte]

  • pat = casa
  • ix = mulher
  • winak = homem
  • unin = criança
  • wa'il = tortilla
  • ixim = milho
  • tut = feijão
  • pajich = tomate
  • k'u = sol
  • nhab' = chuva
  • ik' = vento, ar
  • asun = nuvem

Numeração chuj[editar | editar código-fonte]

De 1 a 10: San Mateo Ixtatán / San Sebastián Coatán

  1. Ju'un / Jun[12]
  2. Cha'ab' / Cha'ab'/chab'
  3. Oxe' / Oxe'
  4. Chanhe' / Chanhe'
  5. Hoye' / O'e'
  6. Wake' / Wake'
  7. Huke' / Huke'
  8. Wajxake' / Wajxke'
  9. B'alunhe' / B'alnhe'
  10. Lajunhe' / Lajnhe'

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Um “trava línguas” em Chuj - San Sebastián Coatán

Nok' Xankatat yet' nok'xe'en[13]

  • Xenhxni xekxni xanhxni hinb'eyi Xankatak xanhb' wek' a stixalu Xchi nok' xankat a nok' xe'en, Xwila xwabi, xelab'a to ojinwekla, to jinxekla manhx ojinwekla.

Referências

  1. Stzolalil Stz'ib'chaj Ti' Chuj, ALMG, 2007, p.34
  2. a b «Comunidad Lingüística Chuj -Historia». Academia de Lenguas Mayas de Guatemala. Consultado em 20 de janeiro de 2009 [ligação inativa]  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "ALMG" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  3. Yumal Skuychaj Tiʼ Chuj, ALMG, 2006, p.234
  4. a b c d Buenrostro, Cristina (2009). Chuj de San Mateo Ixtatán. Mexico City: El Colegio de México 
  5. Stzolalil Sloloni-Spaxtini Hebʼ Chuj, ALMG, 2007, p. 66
  6. a b c Hopkins, Nicholas A. (2012). A dictionary of the Chuj (Mayan) language. Florida: Jaguar Tours 
  7. Stzolalil Sloloni-Spaxtini Heb' Chuj, ALMG, 2007, p. 66
  8. Grinevald, Collette; Peake, Marc (2012). Giles Authier; Kathleen Haude, eds. «Ergativity and voice in Mayan: A functional-typological approach». Ergativity, Valency, and Voice: 15–29 
  9. Mateo-Toledo, Bʼalam Eladio. «The finiteness of nonverbal predicates in Qʼanjobʼal (Maya).». New Perspectives in Mayan Linguistics: 162–168 
  10. a b Domingo Pascual, Pascual Martín (2007). Gramática normativa Chuj. Guatemala City: ALMG 
  11. Stzolalil Sloloni-Spaxtini Hebʼ Chuj, ALMG, 2007, p. 145
  12. Stzolalil Sloloni-Spaxtini Heb' Chuj, ALMG, 2007, p. 145
  13. Yumal Skuychaj Ti' Chuj, ALMG, 2006, p.197

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Buenrostro, Cristina (2009). Chuj de San Mateo Ixtatán. Mexico City: El Colegio de México 
  • Domingo Pascual, Pascual Martín (2007). Gramática normativa Chuj. Guatemala City: ALMG 
  • Grinevald, Collette; Peake, Marc (2012). Giles Authier; Kathleen Haude, eds. «Ergativity and voice in Mayan: A functional-typological approach». Ergativity, Valency, and Voice: 15–29 
  • Hopkins, Nicholas A. (2012). A dictionary of the Chuj (Mayan) language. Florida: Jaguar Tours 
  • Mateo-Toledo, Bʼalam Eladio. «The finiteness of nonverbal predicates in Qʼanjobʼal (Maya).». New Perspectives in Mayan Linguistics: 162–168 
  • Robertson, John S. (1992). A history of tense/aspect/mood/voice in the Mayan verbal complex. Austin, Texas: University of Texas press 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.