Língua de Sinais Quebequiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Língua de Sinais Quebequiana, LSQ
Utilizado em: Canadá
Total de usuários: 50.000 a 60.000
Família: ASL e a Língua de Sinais Francesa
Estatuto oficial
Língua oficial de: Quebeque, e no resto do país.
Códigos de língua
ISO 639-1: nenhum
ISO 639-2: sgn-CA-QC
ISO 639-3: fcs
; Lista de Língua de Sinais

A Língua de Sinais Quebequiana (em Portugal: Língua Gestual Quebequiana; nome original: Langue des Signes Québécoise, ou LSQ) é uma língua de sinais usada pela comunidade surda no Quebeque.[1] A maioria dos seus utilizadores estão concentrados no Quebeque, embora alguns estejam disseminados em cidades grandes, no resto do país.[2]

A LSQ está intimamente ligada à ASL e à Língua de Sinais Francesa. Devido à segregação de género na educação dos surdos, homens e mulheres surdos usam diferentes formas de LSQ: a forma feminina é influenciada pela ASL, enquanto a forma masculina é mais influenciada pela LSF. Embora nas partes anglófonas do Quebeque seja usada a ASL, não é usual as crianças surdas aprenderem tanto a ASL como a LSQ.

Embora aproximadamente 10% da população do Quebeque seja surda ou sofra de algum tipo de carência de audição, estima-se que apenas 50.000 a 60.000 crianças usem a LSQ como sua língua materna.

Referências

  1. «A surdez no Quebeque». Consultado em 30 de abril de 2012 
  2. «Língua Gestual Quebequiana». Consultado em 30 de abril de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]