Língua fangue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Língua fang)
Ir para: navegação, pesquisa
Fangue
Falado em: Camarões Camarões
Guiné Equatorial Guiné Equatorial
República do Congo República do Congo
Gabão Gabão
São Tomé e Príncipe São Tomé e Príncipe
Região: África Subsaariana, África Ocidental
Total de falantes: 858,000
Família: Nigero-congolesa
 Banta
  Atlantico-Congo
   Volta-Congo
    Benue Congo
     Bantoide
      Meridional
       Banta estrita
        Nordeste
         A
          Fangue
Regulado por: sem regulação oficial
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: fan
ISO 639-3: fan

A língua fangue[1] (IPA[fɒŋ]) é uma língua africana do grupo banto, sendo falada pelos fangues. É falada no norte do Gabão, sul dos Camarões e Guiné Equatorial, e está relacionada às línguas bulu e ewondo faladas no sul dos Camarões.

Exemplos de frases[editar | editar código-fonte]

Há diversas variantes da língua fangue no Gabão e Camarões. Abaixo, um exemplo de diversas palavras e frases comuns faladas no dialeto da região de Oyem, no norte do Gabão:

  • Olá (para uma pessoa) = M'bolo
  • Olá (para várias pessoas) = M'bolani
  • Responde-se = Am'bolo; Am'bolani
  • Como vai? = Y'o num vah?
  • Responde-se = M'a num vah
  • Onde você está indo = Wa kuh vay?
  • Estou indo para casa = Ma kuh Andah
  • Estou indo para a escola = Ma ke see-kolo
  • Estou indo para uma caminhada = Ma ke ma woolou
  • Estou faminto = Ma woh zeng
  • Estou doente = Ma kwan
  • Eu entendo francês = Ma wok Flacci
  • Eu não entendo fangue = Ma wok ki Fang
  • Eu não falo fangue = Ma kobe ki Fang
  • O que você disse? = Wa dzon ah dzeh?
  • Eu disse... = Ma dzon ah...

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Almanaque Abril. São Paulo: Editora Abril. 2001. p. 234