Língua ixil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ixil
Falado em: Guatemala
Região: El Quiché
Total de falantes: 69 mil (1998)/ 135 mil (2001) [1]
Família: Maia
 Divisão oriental
  Memeana
   Ixilan
    Ixil
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: ixl

Ixil-Maia é uma das 21 línguas maias [2] faladas na Guatemala. Conforme estudos línguísticos [3] como uma nova língua por volta do ano 500 d.C.[4] è a língua primária do povo Ixil, nas cidades do chamado Triângulo Ixil, San Juan Cotzal, Santa Maria Nebaj e San Gaspar Chajul nas terras altas guatemaltecas. Há também uma comunidade de falantes Ixil na Cidade da Guatemala e nos Estados Unidos.

A cada uma das localidades corresponde um dialeto principal conhecidos respectivamente como ixil San Juan Cotzal (16 000 falantes), ixil Nebaj (35 000 falantes) e ixil Chajul (18 000 falantes). Mesmo havendo significantes diferenças entre os dialetos desses locais, esses são mutuamente inteligíveis em cerca de 70 % dos seus vocabulários.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Vogais[editar | editar código-fonte]

Short Anterior Central Posterior
Fechada u [ŭ]
Semifechada i [ɪ̆]*
Medial o [ŏ]
Meio aberta e [ɜ̆]
Aberta a [ɐ̆]

Nota [*]: IPA classifica a vogal [ɪ]como quase fechada quase frontal, não como central.

Long Anterior Central Posterior
Fechada ii [iː]
uu [yː]
Semifechada ee [eː]
oo [øː]
Aberta aa [aː]

Uma característica notável do Ixil é que todas as vogais curtas são vogais centrais ou posteriores e para todas as vogais longas são anteriores. Essa é uma característica única, não encontrada em outras línguas maias . Como exceção, alguns falantes não pronunciam

'oo' como a vogal anterior [øː], mas a posterior [oː]. alguns falantes pronunciam  'i' como a anterior [i] em lugar da quase fechada [ɪ]. As vogais curtas são mesmo muito curtas em Ixil e a longa 'uu' [yː] é muito longa e acentuada.

Consoantes[editar | editar código-fonte]

Bilabial Alveolar Postalveolar Retroflexa Palatal Velar Uvular Glotal
Normal Palatizada
Plosiva Normal p [p̪ʰ] t [tʰ] k [kʰ] ky [kʰʲ] q [qʰ] ' [ʲʔ]
Ejetiva t' [tʼ] k' [kʼ] ky'[kʼʲ]
Implosiva b' [ɓ] q' [ʛ]
Nasal Oclusiva m [m] n [n] nh [ŋ]
Fricativa v [v~f] z [s] xh [ɕ] x [ʃ] j [χ]
Africada Normal tz [t͡sʰ] ch [t͡ɕʰ] tx [ʈ͡ʂʰ]
Ejetiva tz' [t͡sʼ~dzʼ] ch' [t͡ɕʼ~dʑʼ] tx' [ʈ͡ʂʼ~ɖʐʼ]
Vibrante r [ɾ]
Aproximante w [ʋ] l [l] y [j]

Escrita[editar | editar código-fonte]

A língua Ixil usa uma forma do alfabeto latino com

  • as cinco vogais tradicionais mais essas vogais duplicada para sons longos.
  • 28 símbolos consoantes - entre letras, grupos de duas consoantes, letras e grupos com apóstrofos.Não são usadas as consoantes D, F, G, H, J, S, V.

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Uncheeʼ, ech ixeʼtiaʼn u Jeovaa tzaʼ: Sachee saj, teẍtuʼ.Utz, yaquich cheeoj u saj. Each ijatxtu tib u uquen tuchʼ u saj. Ech icheeca u saj, ech tatin u uquen. Ech vixeʼt u baxa kʼii.

Português

No princípio, Deus criou o céu e a terra. A terra era sem forma e vazia e as trevas cobriram a águas profundas. O espírito de Deus pairava sobre as águas. Então, Deus disse:? “faça-se a luz”. E a luz se fez.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Noj, Mario Ruben. 2001. Manual de Interpretación del Mapa Linguistico de Guatemala, Editorial Nojib'sa.
  2. «21 diferentes línguas». Consultado em 21 de abril de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  3. surgimento do Ixil
  4. Colby, Benjamin N., Pierre L. van den Berghe. 1977. Ixiles y Ladinos: El Pluralism Social en el Altiplano de Guatemala. Guatemala: Editorial "Jose de Pineda Ibarra". p. 57.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Asicona Ramírez, Lucas, Domingo Méndez Rivera, Rodrigo Domingo Xinic Bop. 1998. Diccionario Ixil de San Gaspar Chajul. La Antigua Guatemala: Proyecto Linguistico Francisco Marroquín.
Cedillo Chel, Antonio, Juan Ramírez. 1999. Diccionario del idioma ixil de Santa María Nebaj. La Antigua Guatemala: Proyecto Linguistico Francisco Marroquín.
Programa de Rescate Cultural Maya-Ixil. 1995. Aq'b'al Elu'l Yol Vatzsaj: Diccionario Ixil. Guatemala City: Cholsamaj.
Ayers, Glenn Thompson. 1991. Gramática Ixil. La Antigua Guatemala: CIRMA.
Maximiliano Poma S., Tabita J.T. de la Cruz, Manuel Caba Caba et al. 1996. Gramática del Idioma Ixil. La Antigua Guatemala: Proyecto Linguistico Francisco Marroquín.
England, Nora C. 1994. Ukuta'miil Ramaq'iil Utzijob'aal ri Maya' Amaaq': Autonomia de los Idiomas Mayas: Historia e identidad. (2nd ed.). Guatemala City: Cholsamaj.
Oxlajuuj Keej Maya' Ajtz'iib' (OKMA). 1993. Maya' chii'. Los idiomas Mayas de Guatemala. Guatemala City: Cholsamaj.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.