Língua ket

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ket
Falado em: Rússia
Região: Krai Krasnoyarsk
Total de falantes: 550
Família:
 Línguas do Ienissei
  Norte Yeniseian
   Ket
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: ket

A Língua Ket, que já foi chamada de Yenisei Ostyak, é uma Língua da Sibéria que sempre foi considerada como uma Língua Isolada.a única sobrevivente das chamadas Línguas da família inenissei falada na região da bacia do Rio Ienissei pelo povo ‘’’Ket’’’.

A língua é considerada como em extinção, pois a quantidade de Kets que são falantes nativos da língua vem caindo de uns 1225 registrados em 1926 para cerca de 540 em 1989. Outra língua dita como do grupo Ienissei, a Yugh, é hoje considerada como extinta.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Estudiosos da União Soviética buscaram estabelecer relações entre a língua Ket a Língua Burushaski ou com as Línguas sino-tibetanas ou ainda com as Língua dene-caucasianas, hipótese já levantada muitas vezes. Durante o século XIX, os Kets eram confundidos com uma tribo Fino-Ùgrica de nome “Khanty”.

Assim, em fevereiro de 2008, o lingüista Edward Vajda propôs uma ligação com as Línguas na-dene da América do norte. Seus estudos tiveram opiniões favoráveis de diversos estudiosos das Na-dené e das Ienisseis e lingüistas destacados, dentre os quais Michael Krauss, Jeff Leer, James Kari, Heinrich Werner, Bernard Comrie, Johanna Nichols, Victor Golla, Michael Fortescue, e Eric Hamp.

Pesquisas e escritos[editar | editar código-fonte]

  • Os primeiros estudos sobre a língua foram publicados por P. S. Pallas em 1788 num diário de viagem (Путешествия по разным провинциям Русского Государства Puteshestviya po raznim provintsiyam Russkogo Gosudarstva).
  • Em 1858, M. A. Castrén publicou a primeira gramática +e dicionário (Versuch einer jenissei-ostjakischen und Kottischen Sprachlehre), o qual incluía material sobre uma Língua chamada “Kot”. * A. Karger em 1934 publicou a primeira gramática Ket (Кетский язык Ketskij jazyk) e um livro Ket (Букварь на кетском языке Bukvar' na ketskom jazyke).
  • Outros estudos apareceram em 1968, escritos por A. Kreinovich.
  • E. Alekseyenko escreveu um tratado histórico-etnológico da cultura Ket (Кеты Kety, 1967).
  • Uma monografia de Edward Vajda's (2004) foi a primeira gramática da moderna condição da língua KET, com explanações em inglês.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Vogais[editar | editar código-fonte]

Frontal Central Posterior
Fechada i ɨ u
Fechada Média (e) 1   (o) 1
Mediana   ə  
Aberta Média ɛ   ɔ
Aberta a ²
  1. /ɛ/ e /ɔ/ são pronunciadas como [e] e [o], respectivamente, quando tiverem o Tom Alto Fixo.
  2. /a/ varia de forma livre entre [æ], [a], [ɐ], [ɑ].

Consoantes[editar | editar código-fonte]

  Bilabial Alveolar Palatal Velar Uvular Glotal
Nasal¹ m n   ŋ    
Plosiva Surda p t   k q ʔ
Sonora b d   ɡ ɢ  
Fricativa Surda   s ç (x) (χ) h
Sonora β   ʝ ɣ ʁ  
tipo "Tap"   ɾ        
Vibrante   r        
Lateral   l        
  1. Todas consoantes Nasais do Ket tem aloformas "surdas" no final de palavras mono-silábicas, com Tom glotalizado ou descendente (Ex. [m, n, ŋ] mudada para [m̥, n̥, ŋ̥]), como também, [l] se torna [ɬ] na mesma situação.

Tons[editar | editar código-fonte]

Se Ket é ou não uma linguagem Tonal, isso é passível de debate, mas a maioria dos estudiosos acredita assim. Porém, de forma diferente das demais línguas tonais, Ket não emprega tons em todas as sílabas. Usa apenas um Tom por palavra. Os cinco tons básicos são:

Denominação Glotalizado Alto Fixo Subindo-Descendo Caindo Subindo Alto-Caindo
“Contornos” do Tom 34 55 13.31 31 13.53
Exemplos [bɛ̌ʔs]
"coelho"
[súl]
"sangue"
[hə̌.nûl]
"poça"
[ɛ̂m̥]
"esquilo voador"
[qǐ.bá͜âŋ]
"avós"

Alfabeto[editar | editar código-fonte]

Nos anos 1930 uma alabeto com base no latino foi criado e passou a ser usado:

A a Ā ā Æ æ B b Ç ç D d E e Ē ē
Ə ə F f G g H h Ҕ ҕ I i Ī ī J j
K k L l M m N n Ņ ņ Ŋ ŋ O o Ō ō
P p Q q R r S s Ş ş T t U u Ū ū
V v Z z Ƶ ƶ Ь ь

Nos anos 1980 um novo alfabeto com base no cirílico foi criado

А а Б б В в Г г Г̡ г̡ Д д Е е Ё ё
Ж ж З з И и Й й К к Ӄ ӄ Л л М м
Н н Ӈ ӈ О о Ө ө П п Р р С с Т т
У у Ф ф Х х Ц ц Ч ч Ш ш Щ щ Ъ ъ
Ә ә Ы ы Ь ь Э э Ю ю Я я

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • N. K. Karger, Кетский язык. — Языки и письменность народов Севера. Ч. III, Moscow, Leningrad (1934)
  • E. A. Kreinovich, Кетский язык. — Языки народов СССР. Т. V, Leningrad (1968)
  • Edward J. Vajda. Ket Prosodic Phonology. (2000) Munich: Lincom Europa Languages of the World vol. 15.
  • Edward J. Vajda. Ket. (2004) Munich: Lincom Europa Languages of the World vol. 204. ISBN 3895862215. 109pp.
  • E. Vajda, M. Zinn. Morfologicheskii slovar ketskogo glagola: na osnove iuzhno-ketskogo dialekta. = Morphological dictionary of the Ket verb: Southern dialect / E. Vajda, M. Zinn. (2004)

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências externas[editar | editar código-fonte]