Língua nomatsiguenga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nomatsiguenga
Falado em: Peru
Total de falantes: 6.500 (2003)
Família: Aruaque
 Meridional
  Campa
   Matsigenka
    Nomatsiguenga
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: not

Nomatsiguenga (Matsigenka) é uma língua Aruaque do Peru. É próxima o suficiente da Machiguenga para que às vezes seja considerada um dialeto de uma única língua, especialmente dado que ambas são faladas pelos Machiguenga. A maioria dos falantes são monolíngues.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A língua Nomatsiguenga usa o alfabeto latino numa forma ensinada por missionários, a qual não apresenta as letras D, F, H, K, L, U, V, X, Z. Usa as formas Ë, Ng, Sh, Ts

Gramática[editar | editar código-fonte]

O Nomatsiguenga é uma das poucas línguas do mundo que tem dois mecanismos causativos diferentes para denotar se o causador estava envolvido na atividade com o causador ou não O prefixo ogi- é usado para expressar a ideia de que o causador estava não envolvido na atividade, enquanto o sufixo -hag é usado quando o causador está envolvido..[1]

y-ogi-monti-ë-ri i-tomi
3sg+m-caus1-cross.river-non.fut-3sg+m 3sg+m-filho
"Ele fez seu filho atravessar o rio (ele disse a ele)".
y-monti-a-hag-ë-ri i-tomi
3sg+m-cruzar rio-epenthetic-caus2-non.fut-3sg+m 3sg+m-filho
"Ele fez seu filho atravessar o rio (ele o ajudou a atravessar)".

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Antagaisati matsiguenga ibogaiguë matsiguengasonorl. Aisati icantaigaca. Teni iromerataiguengani. Antagaisati iquengaigui aisati igóiguiro ora caninaro aisati igóiguiro ora te onganinate. Iroro caninataque omagaro matsiguenga iraniacaninataigueri ira basiniati matsiguenga aisati ingantaiguerí ora caninaro.

Português

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. Eles são dotados de razão e consciência e devem agir uns em relação aos outros em espírito de fraternidade.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Wise, M.R. (1986). "Grammatical characteristics of PreAndine Arawaken languages of Preu." pg. 567–642. In Derbyshire, D. C. & Pullum, G. K., eds. (1986). Handbook of Amazonian languages, Vol. 1'. Berlin: Mouton de Gruyter. Cited in Dixon, R.M.W. (2000). "A Typology of Causatives: Form, Syntax, and Meaning". In Dixon, R.M.W. & Aikhenvald, Alexendra Y. Changing Valency: Case Studies in Transitivity. Cambridge University Press.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]