Língua tsakhur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tsakhur (цӀаӀхна миз
cʼäxna miz
/t͡sʼaˤχna miz/)
Falado em: Azerbaijão, Rússia (Daguestão)
Total de falantes: 24 mil – Censos 1898 (Az) e 2010 (Ru)
Família: Caucasiana Nordeste
 Lezgic
  Samur
    Samur oeste
    Tsakhur
Estatuto oficial
Língua oficial de: Daguestão (Rússia)
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: tkr

A língua tsakhur (também escrito Tsaxur ou Caxur; azerbaijano: Saxur dili; russo: Цахурский, Tsakhurskiy) é uma língua falada pelo povo tsakhur por cerca de 13.000 pessoas no norte do Azerbaijão e por 9.770 pessoas no sudoeste do Daguestão (Rússia)[1]. A palavra tsakhur deriva do nome de uma vila do Daguestão, onde os falantes dessa língua constituem a maioria.

Embora o tsakhur esteja ameaçado em comunidades em contato mais próximo com o Azerbaijão, ele é vigoroso em outras comunidades, ganhando destaque na região, visto no crescimento do interesse em aprender tsakhur na escola e em um crescente corpo de materiais de aprendizagem em tsakhur[2]. O tsakhur é classificado como "definitivamente em perigo" pelo Atlas das Línguas do Mundo em Perigo da UNESCO[3].

Classificação[editar | editar código-fonte]

O tsakhur pertence ao grupo Lezgic da família linguística nordeste-caucasiana. Os tsakhurs chamam sua língua de C'a'χna miz.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira documentação escrita na língua tsakhur foi feita, em 1895, pelo Roderich von Erckert. A primeira descrição da gramática tsakhur foi publicada por Adolf Dirr em 1913[2].

Na década de 1930, uma forma literária de tsakhur foi desenvolvido. A partir de 1934, a língua era ensinada nas escolas primárias, no Azerbaijão e no Daguestão. Em 1938, o uso literário de tsakhur no Azerbaijão, foi interrompido, mas recuperou o seu estatuto, em 1989[2].

O sistema de escrita de tsakhur no Azerbaijão é baseado em alfabeto latino, enquanto no Daguestão a linguagem usa alfabeto cirílico. No passado século (como no século XI) houve tentativas de escrever em tsakhur usando alfabeto árabe[4].

Em 2008, Arif Rustamov dirigiu o primeiro e até agora único filme longa-metragem em tsakhur chamado "Facing Back to the Qibla" [5].

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

O tsakhur é falado principalmente nas zonas rurais dos raions Zaqatala e Qakh, em Azerbaijão, bem como partes montanhosas da região Rutuls em Daguestão. Há 15.900 tsakhurs no Azerbaijão (censo 1999) e 10.400 na Rússia (Censo 2002). Em 1989, 93% deles relataram tsakhur como sua primeira língua [2].

Status oficial[editar | editar código-fonte]

No Azerbaijão e na Rússia, o tsakhur é ensinado como uma disciplina no ensino primário (primeiros anos). No entanto, a língua não tem um status oficial[2].

Escrita[editar | editar código-fonte]

A língua Tsakhur usa uma forma do alfabeto cirílico com 47 letras na Rússia e uma forma do latino com 45 letras no Azerbaijão.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Semelhante a muitas línguas caucasianas, o tsakhur é conhecido por sua fonologia complexa e um grande número de fonemas vogais (incluindo 7 simples, 5 faringalizado e 3 vogais tremadas[6]). Sua primeira descrição em profundidade fonológica foi fornecido por Nikolai Trubetzkoy em 1931.

Consoantes:

Labial Dental Alveolar Palatal Velar Uvular Laringeal
plain palatizada labializada planan pal. lab. plana lab. plana pal. lab. plana lab. faringealizada plana lab. phar.
Nasal oclusiva n [nʲ]
Plosiva/Africada Surda p t [tʲ] ts [tsʲ] [tsʷ] tʃʷ k [kʷ] q
Ejetiva [tʲʼ] [tʷʼ] tsʼ [tsʲʼ] [tsʷʼ] tʃʼ tʃʼʷ [kʲʼ] [kʷʼ] qʷʼ qˁʼ ʔ ʕʼ
geminada tsː [tʃːʼ] [tʃːʷ] [kːʲ] [qːʷ] [qːˁ]
Sonora b d dz [dʒʷ] g ɢ [ɢʷ] ɢˁ
Fricativa Surda f s [sʲ] ʃ [ʃʷ] x χ χʷ χˁ h [hʷ]
Geminada [sːʲ] ʃː [ʃːʷ] [xːʲ] [xːʷ] χː [χːʷ] [χːˁ]
Surda w z [zʲ] [zʷ] ɣ ʁ [ʁʷ] ʁˁ
Aproximante l r j

Gramática[editar | editar código-fonte]

O tsakhur tem 18 casos gramaticais. Verbos podem ter formas singular e plural, e 7 modos gramaticais. O sistema de tempos é complexo. Em contraste com as línguas aparentadas, frases Tsakhur pode apresentar construções afetivas[4].

Casos gramaticais[editar | editar código-fonte]

O tsakhur tem um bom número de casos para substantivos incluindo casos gramaticais e também locais. Os casos ergativo e genitivo apresentam concordância com classes do substantivo principal da frase, conforme se vê abaixo[7]:

Caso Marcador
Absolutivo -∅
Ergativo -e(ː)1 / -(V)n2
Genitivo -(V)na3, -(V)n4, -(V)ni5
Dativo -(V)s

Os substantivos podem ser:

  1. Substantivos humanos
  2. Substantivos mão humanos
  3. Substantivo principal ABS, classes I-III
  4. Substantivo principal ABS, classes IV
  5. Substantivo principal OBL
Exemplos
Caso Sing. Plu. Sing. Plu.
Absolutivo balkan balkanar zer zerbə
Ergativo balkanan balkanāšše zeran zerbən
Genitivo balkanana balkanāššina zerana zerbəna
Dativo balkanus balkanāššis zerus zerbəs
cavalo vaca

Dialetos[editar | editar código-fonte]

Os dois principais dialetos da língua Tsakhur são Tsakh e Gelmets [2].

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ethnologue - Tsakhur
  2. a b c d e f The Sociolinguistic Situation of the Tsakhur in Azerbaijan by John M. Clifton et al. SIL International, 2005
  3. UNESCO Interactive Atlas of the World’s Languages in Danger
  4. a b The Tsakhur language Arquivado em 2011-07-26 no Wayback Machine.. The ETHEO Project
  5. Shootings of Facing Back to the Qibla Finished. News Azerbaijan, 01 de abril de 2009.
  6. The Caucasian languages
  7. Wolfgang Schulze, Tsakhur (Lincom Europa, München, 1997) ISBN 3-89586-150-2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]