Línguas samoiedas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Línguas samoiedas
Falado em: Rússia
Região: Norte da Sibéria, norte da Eurásia
Total de falantes: 30000
Família: Línguas urálicas
 Línguas samoiedas
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
Distribuição geográfica das línguas samoiedas (em amarelo).

As línguas samoiedas são uma família de idiomas falada em ambos os lados dos montes Urais, no extremo setentrional da Eurásia, por cerca de 30000 falantes.

Estas línguas derivam do proto-samoiedo que, juntamente com as línguas fino-úgricas, formam a família das línguas urálicas.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Os principais idiomas samoiedos, e os respectivos grupos étnicos, são os seguintes:

Samoiedo setentronal
Samoiedo meridional


Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

O território samoiedo estende-se do Mar Branco até ao Mar de Laptev, ao longo das costas do Oceano Árctico da Rússia europeia, incluindo o sul da Nova Zembla, a Península de Yamal, as desembocaduras dos rios Ob e Yenisei até à Península de Taimyr, no extremo norte da Sibéria.

As línguas sul-samoiedas ocupavam um vasto território do centro da Sibéria, que se estendia da bacia do rio Ob, a Oeste, até às terras altas de Sayan-Baikal, a Este. Destes idiomas, só o Selkupico (Selkup) sobrevive e ainda hoje é falado.

A sua economia baseia-se na pastorícia de renas.

Referências[editar | editar código-fonte]