Lítotes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma litotes,[1] também chamada litote[2] ou lítotes,[3] é uma figura de linguagem que combina, frequentemente num eufemismo, a ênfase retórica com a ironia, em geral sugerindo uma ideia pela negação do seu contrário. Um exemplo de litotes: dizer "não é dos melhores" por "é ruim"; ou "não ser dos mais bonitos" por "ser feio"). A litotes pode ser tanto depreciativa como laudatória. Dizer que um indivíduo não é dos mais espertos corresponde a dizer que ele é tolo ou ingênuo; dizer que o indivíduo não é nada tolo, corresponde a dizer que ele é esperto ou perspicaz.

Referências

  1. Infopédia. «litotes - Infopédia». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 2 de junho de 2020 
  2. «Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa». voc.cplp.org. Consultado em 2 de junho de 2020 
  3. Dicionário Houaiss: lítotes