Lúcio Arrúncio Estela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lúcio Arrúncio Estela
Cônsul do Império Romano
Consulado 101 d.C.

Lúcio Arrúncio Estela (em latim: Lucius Arruntius Stella) foi um político e militar romano nomeado cônsul sufecto no final de 101 com Lúcio Júlio Marino Cecílio Simplex. Era amigo dos poetas Estácio e Marcial.

Origem[editar | editar código-fonte]

Estela era um patrício[1] de Patávio[2], na Gália Cisalpina. Estácio escreveu um epitalâmio por ocasião de seu casamento em homenagem aos noivos, Estela e Violentila[3].

Marcial compôs uma eulogia a um poema de Estela sobre uma pomba[4] e descreve o próprio Estela em um de seus epigramas: "Estela, que eu amo, Severo, usa em seus dedos sardônica, esmeralda, diamante e jaspe. Em seus dedos e ainda mais em seus versos, encontrarás apenas pedras preciosas: eis, acredito, uma mão muito elegante"[5]. Estela foi mencionado muitas outras vezes nos epigramas de Marcial[6].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Estela foi admitido no colégio dos quindecênviros dos fatos sagrados em 91[7] e organizou, no mesmo ano, os jogos para o imperador Domiciano[8] como edil[9]. Em 93, por ocasião de um triunfo do imperador, Estela organizou novos jogos[10].

Em 101, foi nomeado cônsul sufecto por Trajano[11].. Depois disto, desapareceu do registro histórico.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
'Trajano III

com Sexto Júlio Frontino III
com Lúcio Júlio Urso III (suf.)
com Marco Márcio Mácer (suf.)
com Caio Cílnio Próculo (suf.)
com Lúcio Herênio Saturnino (suf.)
com Pompônio Mamiliano (suf.)
com Quinto Acúcio Nerva (suf.)
com Lúcio Fábio Tusco (suf.)
com Caio Júlio Cornuto Tértulo (suf.)
com Caio Plínio Cecílio Segundo (suf.)
com Lúcio Róscio Eliano Mécio Céler (suf.)
com Tibério Cláudio Sacerdos Juliano (suf.)

Trajano IV
101

com Quinto Articuleio Peto II
com Sexto Ácio Suburano Emiliano (suf.)
com Caio Sertório Broco Quinto Serveu Inocente (suf.)
com Marco Mécio Céler (suf.)
com Lúcio Arrúncio Estela (suf.)
com Lúcio Júlio Marino Cecílio Simplex (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Júlio Urso Serviano II

com Lúcio Licínio Sura II
com Lúcio Fábio Justo (suf.)
com Tito Dídio Segundo (suf.)
com Lúcio Publílio Celso (suf.)
com Lúcio Antônio Albo (suf.)
com Marco Júnio Hômulo (suf.)


Referências

  1. Estácio, Silves, I, poema 2, 70-77.
  2. Marcial, Epigramas, I, 61.
  3. Estácio, Silves, I, poema 2.
  4. Marcial, Epigramas, I, 8.
  5. Marcial, Epigramas V, 11.
  6. Marcial, Epigramas I, 45 ; IV, 6 ; V, 12, 54 ; VI, 21, 47 ; VII, 14, 36 ; IX, 43, 61, 72, 90 ; X, 48 ; XI, 52 ; XII, 3.
  7. Estácio, Silves I, poema 2, 176-177.
  8. Estácio, Silves I, poema 2, 180-181.
  9. Estácio, Silves I, poema 2, 179-180.
  10. Estácio, Silves VIII, 78.
  11. CIL VI, 1492.