Lúcio Escribônio Libão (tribuno da plebe em 216 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Escribônios Libões.

Lúcio Escribônio Libão (em latim: Lucius Scribonius Libo) foi um tribuno da plebe da gente Escribônia em 216 a.C. durante a Segunda Guerra Púnica. Questionado sobre o resgate de cativos romanos, Libão direcionou o assunto para o Senado Romano[1]. Foi um dos três triúnviros mensários (triumviri mensarii), uma comissão de três homens estabelecida pela Lex Minucia provavelmente para tratar da escassez de prata em Roma, mas cujo objetivo é incerto[2][3]. Segundo T.R.S. Broughton, foi pretor peregrino na Gália Cisalpina em 204 a.C.[4][5].

Referências

  1. Lívio, Ab Urbe Condita XXII.61.7.
  2. Lívio, Ab Urbe Condita XXIII.21.6.
  3. Vishnia, Rachel Feig (1996). State, Society, and Popular Leaders in Mid-Republican Rome, 241-167 B.C. (em inglês). [S.l.]: Routledge. p. 86ss 
  4. Broughton, T.R.S. (1986) [1951]. The Magistrates of the Roman Republic (em inglês). 1. New York: American Philological Association. p. 249, 306 
  5. Broughton, T.R.S. (1986) [1952]. The Magistrates of the Roman Republic (em inglês). 2. New York: American Philological Association. p. 614