Lúcio Minício Natal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lúcio Minício Natal
Cônsul do Império Romano
Consulado 106 d.C.

Lúcio Minício Natal (em latim: Lucius Minicius Natalis) foi um senador e general romano nomeado cônsul sufecto em 106 com Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Uma inscrição encontrada em Barcelona revelou mais detalhes sobre sua carreira[1]. Primeiro, Natal foi um dos "quattuorviri viarum curandarum", responsáveis pela manutenção das ruas da cidade de Roma, um dos quatro comitês dos vigintiviri. Servir num deles era considerado um importante passo na carreira de um senador romano. Embora Natal tenha certamente servido como questor, o que o qualificou para ser admitido no Senado (adlectio), seu próximo posto documentado foi de tribuno da plebe e depois legado do procônsul da África. Natal participou da campanha dácia de Trajano e, por seu desempenho, foi condecorado. Em seguida, Natal foi nomeado legado da Legio III Augusta, um posto que geralmente implicava também no governo da Numídia entre 103 e 104[2].

A inscrição de Barcelona atesta que, depois de seu consulado, Natal foi nomeado "curator alvei Tiberis et riparum et cloacarum", o responsável pelas obras públicas na cidade de Roma, especialmente das margens do Tibre e da manutenção do esgoto de Roma. O próximo posto foi de governador da Panônia Superior[3]. Depois de ter sido admitido entre os sodais augustais, Natal foi procônsul da África entre 121 e 122[4]

Família[editar | editar código-fonte]

Sabe-se que Natal teve um filho, Lúcio Minício Natal Quadrônio Vero, que serviu como seu legado durante seu mandato na África[5].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
Tibério Júlio Cândido Mário Celso II

com Caio Âncio Aulo Júlio Quadrado II
com Caio Júlio Quadrado Basso (suf.)
com Cneu Afrânio Dexter (suf.)
com Quinto Cecílio Honorato (suf.)
com Marco Vitório Marcelo (suf.)
com Caio Cecílio Estrabão (suf.)

Lúcio Ceiônio Cômodo
106

com Sexto Vetuleno Cívica Cerial
com Lúcio Minício Natal (suf.)
com Quinto Licínio Silvano Graniano Quadrônio Próculo (suf.)

Sucedido por:
Lúcio Licínio Sura III

com Quinto Sósio Senécio II
com Caio Minício Fundano (suf.)
com Caio Vetênio Severo (suf.)
com Caio Júlio Longino (suf.)
com Quinto Valério Paulino (suf.)


Referências

  1. CIL II, 4509
  2. Werner Eck, "Jahres- und Provinzialfasten der senatorischen Statthalter von 69/70 bis 138/139", Chiron, 12 (1982), p. 339
  3. Eck, "Jahres- und Provinzialfasten", p. 355
  4. Werner Eck, "Jahres- und Provinzialfasten der senatorischen Statthalter von 69/70 bis 138/139", Chiron, 13 (1983), p. 155 n. 361
  5. Ronald Syme, "A Dozen Early Priesthoods", Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik, 77 (1989), p. 247