Linux Unified Key Setup

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de LUKS)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em computação, o Linux Unified Key Setup (LUKS), em português Configuração Unificada de Chave do Linux, é uma especificação de criptografia de disco criada por Clemens Fruhwirth em 2004 e originalmente destinada ao Linux.

Enquanto a maioria dos softwares de criptografia de disco implementa formatos diferentes e incompatíveis, não documentados, o LUKS especifica um formato padrão em disco independente de plataforma para uso em várias ferramentas. Isso não apenas facilita a compatibilidade e a interoperabilidade entre os diferentes programas, mas também garante que todos eles implementem o gerenciamento de senhas de maneira segura e documentada.[1]

A implementação de referência para o LUKS opera no Linux e é baseada em uma versão aprimorada do cryptsetup, usando o dm-crypt como o backend de criptografia de disco. No Microsoft Windows, os discos criptografados pelo LUKS podem ser usados com o LibreCrypt (antigo DoxBox).

O projeto do LUKS teve como objetivo a conformidade com o esquema de configuração de chave segura TKS1.[2]

Referências

  1. Fruhwirth, Clemens (16 de outubro de 2011). «LUKS On-Disk Format Specification Version 1.2.1» (PDF). Consultado em 5 de abril de 2015 
  2. Clemens Fruhwirth (15 de julho de 2004). «TKS1 – An anti-forensic, two level, and iterated key setup scheme» (PDF). draft. Consultado em 12 de dezembro de 2006 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Criptografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.