La Casa de las Flores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
La Casa de las Flores
A Casa das Flores (BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Comédia
Duração 27–37 minutos
Estado Em produção
Criador(es) Manolo Caro
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Manolo Caro
Produtor(es) executivo(s) Mariana Arredondo
María José Córdova
Rafael Ley
Cinematografia Pedro Gómez Millán
Distribuída por Netflix
Roteirista(s) Monika Revilla
Mara Vargas
Gabriel Nuncio
Manolo Caro
Elenco Verónica Castro
Cecilia Suárez
Aislinn Derbez
Darío Yazbek Bernal
Sheryl Rubio
Paco León
Sawandi Wilson
Exibição
Emissora de televisão original Netflix
Formato de exibição 4K (Ultra HD)
Transmissão original 10 de agosto de 2018 (2018-08-10) – presente
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 13

La Casa de las Flores é uma série de comédia e drama mexicana , criada por Manolo Caro para a Netflix.[1] A série acompanha a vida de uma família mexicana disfuncional de alta classe e aborda questões sociais como homossexualidade e transexualidade.[2] A série estreou em 10 de agosto de 2018. [3] Essa é a terceira série original da Netflix México depois de Club de Cuervos e Ingobernable.

A série é dirigida por seu criador Manolo Caro, e estrela Veronica Castro, Cecilia Suarez, Aislinn Derbez, Sheryl Rubio, Dario Yazbek Berna Também no elenco estão: Juan Pablo Medina, Arturo Ríos, Claudette Maille, Lucas Velasquez, Sofia Sisniega, Paco León, e Luis de la Rosa.[4][5][6][7]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

La Casa de las Flores desdobra-se numa floricultura familiar, aparentemente bem-sucedida e idílica, cheia de segredos disfuncionais. Um dia, o patriarca percebe que sua amante de longa data morreu repentinamente e decide levar os filhos que tinha com ela para sua casa com sua esposa e família atual, que não sabiam de sua existência. A série explora a necessidade de proteger e perdoar os entes queridos, não importa o quão desconfortável isso possa ser.[8]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Verónica Castro como Virginia de La Mora
  • Cecilia Suárez como Paulina de La Mora
  • Aislinn Derbez como Elena de La Mora
  • Dario Yazbek Bernal como Julián de La Mora
  • Arturo Ríos como Ernesto de La Mora
  • Sheryl Rubio como Lucía Dávila
  • Juan Pablo Medina como Diego
  • Paco León como José María / María José
  • Claudette Maille como Roberta
  • Lucas Velasquez como Claudio
  • Sofia Sisniega como Mara
  • Luis de la Rosa como Bruno De La Mora
  • Sawandi Wilson como Dominique
  • Norma Angélica como Delia
  • Natasha Dupeyron como La Chiquis Corcuera

Episódios[editar | editar código-fonte]

TítuloDirigido porEscrito porExibição original
1 "NARCISO (Símb. mentira)"
"Narciso (símbolo da mentira)"
Manolo Caro[9]Manolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
2 "CRISANTEMO (Símb. dolor)"
"Crisântemo (símbolo da dor)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
3 "LIRIO (Símb. libertad)"
"Lírio (símbolo da liberdade)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
4 "PETUNIA (Símb. resentimiento)"
"Petúnia (símbolo do ressentimento)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
5 "DALIA (Símb. gratitud)"
"Dália (símbolo da gratidão)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
6 "MAGNOLIA (Símb. dignidad)"
"Magnólia (símbolo da dignidade)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
7 "PEONÍA (Símb. vergüenza)"
"Peônia (símbolo da vergonha)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
8 "BROMELIA (Símb. resiliencia)"
"Bromélia (símbolo da resiliência)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
9 "TULIPÁN (Símb. esperanza)"
"Tulipa (símbolo da esperança)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
10 "TUSSILAGO (Símb. preocupación)"
"Tussilago (símbolo da preocupação)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
11 "ORQUÍDEA (Símb. lujuria)"
"Orquídea (símbolo da luxúria)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
12 "ERÍSSIMO.(Símb. adversidad) "
"Eríssimo (símbolo da adversidade)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)
13 "AMAPOLA (Símb. resurrección)"
"Papoula (símbolo da ressurreição)"
Manolo CaroManolo Caro10 de agosto de 2018 (2018-08-10)

Referências[editar | editar código-fonte]