Lada Samara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lada Samara
1991 Lada Samara 1300 5-door hatchback (2015-07-16) 01.jpg
Visão Geral
Produção 19842013
Fabricante Lada
Modelo
Carroceria hatch e sedan
Modelos relacionados
Volkswagen Voyage,Volkswagen Passat
Cronologia
Lada Kalina, Lada Granta

O Samara foi um automóvel compacto da montadora Russa Lada, produzido em carrocerias hatch e sedan, de 3, 4 e 5 portas.

História[editar | editar código-fonte]

O Samara foi lançado pela Lada em 1984, oficialmente como VAZ-2108 no mercado soviético. O nome vem de uma cidade russa e foi escolhido para ser o nome do modelo para os mercados de exportação. O modelo dois-volumes era baseado na plataforma do Fiat 124, e lembrava alguns modelos já conhecidos, como o Volkswagen Passat e o Volkswagen Voyage. Tinha um desenho bem simples, com linhas retas, frente baixa, para-choques envolventes e grande área envidraçada.[1]

Projetado para ser um veículo simples, durável e barato por um preço acessível, contava com tração dianteira, motor transversal, câmbio de 5 marchas, suspensão com atualizações e motorizações diferentes que iam de 1.1 a 1.5 litros. Apesar de ter boa estabilidade, pecava no acabamento, design, qualidade de construção e motor,que tinha sérios problemas de carburação.

Em 1990, a Lada lançou a versão sedã: o Forma, conhecido no mercado soviético como VAZ- 21099, que tinha algumas modificações de acabamento interno e motorização comparado ao hatch. Foi descontinuado em 2011 para dar lugar ao Kalina.

Modelo Samara 1100 fabricado em 1991.

O Samara no mercado brasileiro[editar | editar código-fonte]

O Samara chegou ao mercado no início da década de 90, quando o então presidente Fernando Collor autorizou a reabertura das importações de automóveis. A Lada foi uma das primeiras marcas a introduzir seus veículos no mercado. Além dele, vieram para cá o Laika e o Niva, montados em um grande centro de operações na cidade de Barueri, São Paulo.[2]

O modelo chegou ao mercado nacional com versões de 3 e 5 portas e motores 1.3 de 65 cv ou 1.5 de 72 cv, ambos carburados. Nos primeiros anos vendeu bem e foi um sucesso,porém alguns problemas mancharam a reputação do compacto: qualidade baixa de construção, pós-venda deficiente e problemas de adaptação ao clima brasileiro. O importador não adaptou os carros para rodar com a gasolina com álcool vendida aqui, o que causava problemas de mau funcionamento e carburação.[3]

Devido a queda nas vendas e a brusca mudança de cobrança de Impostos para montadoras que não tinham fábricas em território nacional, a Lada parou de importar seus automóveis em 1995.

Fim da produção[4][editar | editar código-fonte]

No final de 2013, o Samara finalmente tem sua produção encerrada após quase 30 anos de fabricação ininterrupta. As linhas de produção do compacto deram lugar ao novo compacto Granta, baseado na plataforma do Kalina, produzido em parceria com a Renault.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.