Lagoa da Tijuca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lagoa da Tijuca
Lagoa da Tijuca (em primeiro plano), com o Oceano Atlântico ao fundo e a Lagoa de Marapendi à direita
Localização
País  Brasil
Localidades mais próximas Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png Rio de Janeiro
Características
Ilhas 10, incluindo a ilha da Gigoia[1]

A Lagoa da Tijuca é uma lagoa situada na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. Forma, junto com as lagoas de Jacarepaguá, Camorim e Marapendi, o complexo lagunar da Barra da Tijuca, que se comunica com o oceano Atlântico através do canal da Barra da Tijuca, também conhecido como canal da Joatinga. As lagoas do complexo são ligadas entre si por canais. A lagoa da Tijuca possui dez ilhas, sendo que a maior é a ilha da Gigoia, que possui 10 000 moradores, hostels, pousadas e restaurantes. A lagoa apresenta vegetação de mangue, com abundância de gigogas, o que é um reflexo da poluição das águas da lagoa. A lagoa é um habitual local de reprodução do jacaré-de-papo-amarelo.[2]

Vista parcial da Lagoa da Tijuca, da Península.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Tijuca" é um nome com origem no tupi antigo tyîuka, que significa "rio podre", "água podre", "charco", pântano", "lama", pela composição de ty ("água", "rio"), îuk ("podre") e a (sufixo nominal).[3]

Características[editar | editar código-fonte]

Banha os bairros do Itanhangá e Barra da Tijuca, o Itanhangá Golf Clube, os condomínios Downtown, Cittá América, Le Parc Residential Resort e Península e os centros empresariais Barra Shopping e Mário Henrique Simonsen.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Lagoa da Tijuca

Referências

  1. Cruzando mundo. Disponível em cruzandomundo.com.br/dicas/atividades/pantanal-carioca-passeio-mostra-uma-parte-do-rio-que-poucos-conhecem/. Acesso em 28 de janeiro de 2017.
  2. Cruzando mundo. Disponível em cruzandomundo.com.br/dicas/atividades/pantanal-carioca-passeio-mostra-uma-parte-do-rio-que-poucos-conhecem/. Acesso em 28 de janeiro de 2017.
  3. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 602.
Ícone de esboço Este artigo sobre Hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.