Lala Schneider

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lala Schneider
Monumento a Lala Schneider em Curitiba
Nascimento 23 de abril de 1926
Irati, Brasil
Morte 28 de fevereiro de 2007 (80 anos)
Curitiba, Brasil
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Lala Schneider (Irati, 23 de abril de 1926Curitiba, 28 de fevereiro de 2007) foi uma atriz brasileira, conhecida como a "primeira-dama do teatro paranaense".[1] Também foi considerada uma das cinco melhores atrizes do Brasil, tendo atuado em teatro, televisão e cinema.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Lala iniciou a carreira em 1950 na peça "O poder do amor", no Teatro de Adultos do Serviço Social da Indústria (Sesi). Na época, trabalhava no setor administrativo do Sesi, onde ficou até se aposentar. Ela foi uma das fundadoras do Teatro de Comédia do Paraná.

Ao longo dos seus 57 anos de carreira, Lala fez inúmeras montagens e ganhou dezesseis prémios, entre eles o Troféu Gralha Azul na categoria melhor actriz, em 1984-1985 (por "Colônia Cecília") e em 1992-1993 (por "O vampiro e a polaquinha").

Em 1994 foi homenageada com a inauguração de um teatro em Curitiba com o seu nome, o Teatro Lala Schneider.

Em seus últimos anos de vida, também foi diretora e professora de interpretação.

Morte[editar | editar código-fonte]

Lala foi encontrada morta na sua cama, aos oitenta anos de idade. Segundo a família não se encontrava doente, mostrando apenas alguns problemas de coluna e alguma ansiedade. Foi velada no Teatro Guaíra e o seu corpo foi sepultado no Cemitério do Boqueirão, na capital paranaense.[3]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Entre muitas outras num total de 99 peças.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1968 Maré Alta
1970 A Guerra dos Pelados
1976 Aleluia, Gretchen Minka
1978 Os Galhos do Casamento
1994 Making of Curitiba
2000 O Cerco da Lapa
2004 Vovó vai ao Supermercado Vovó Curta Metragem - Prêmio de Melhor atriz 2004 no Festival de Gramado
2007 Café de Teatro Média metragem de Adriano Esturilho
2008 Mistéryos Velha Senhora

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1966 O Direito de Nascer Conceição
1967 Estranha Melodia Conceição
1967 Vida Roubada Marta
1980 Maria Bueno
1990 Lua Cheia de Amor
1991 Felicidade Celeste
1992 Tereza Batista Otávia
2006 A Diarista Sindica Chata Ep; Aquele da Pressa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Dez anos sem Lala Schneider». portal Entre Verbos. 2 de maio de 2017. Consultado em 31 de outubro de 2018 
  2. «Lala Schneider (1926 - 2007)». Secretaria de Educação do Estado do Paraná. Consultado em 31 de outubro de 2018 
  3. «"Morre a atriz paranaense Lala Schneider"». Jornal Gazeta do Povo. 28 de fevereiro de 2007. Consultado em 31 de outubro de 2018