Lama (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Lama, veja Lama (desambiguação).
Lama
Tuska Open Air 2013
Informação geral
Origem Helsinque
País  Finlândia
Gênero(s) Punk rock, hardcore punk
Período em atividade 19771983
Reuniões: 1988, 1993, 2005, 2011
Gravadora(s) Johanna Records

Lama foi uma banda de punk rock finlandesa formada em 1977, em Puotila, na área suburbana de Helsinque, influenciados principalmente pela banda inglesa UK Subs.

História[editar | editar código-fonte]

A banda fez seu show de estréia em 1978. A formação original da banda contava com Epe e Eno, ambos guitarristas (mais tarde, Epe assumiu os vocais e abandonou o instrumento), um vocalista chamado Spiidy e o baterista Hippo. Mais tarde, Charlie entrou na banda como guitarrista e Eno passou para o baixo, enquanto Epe abandonou a guitarra e passou para os vocais da banda.

O primeiro compacto da banda, intitulado Totuus Löytyy Kaurapuurosta foi lançado em 1980 e tinha três músicas, "Totuus Löytyy Kaurapuurosta", "Bussi" e "Raha". Logo após aparecem na coletânea 3 Vuotta Myöhemmin, com mais seis bandas de sua época.

Em 1981 sai o segundo compacto com as faixas "Nimetön", "Ainoo Lajissaan" e "Jeesukset", e ainda no mesmo ano a banda lançava outro compacto com as faixas "Väliaikainen", "Paskaa", "Anarkomarko" e "Penisten Vapautusrintama".

Em 1982 lançam o primeiro e único álbum da banda, com 15 faixas e com o mesmo nome da banda.

O último show do Lama foi no dia 4 de dezembro de 1982, no Lepakko (centro cultural finlandês), um curto trecho desse show foi usado como introdução da coletânea …Ja Mikään Ei Muuttunut. Logo após a banda acabou, depois que Jusa (baterista da banda até então) foi para o exército e a banda teve uma "crise de identidade" quando descobriram que poderiam tocar e falar qualquer coisa no palco, que o público simplesmente aceitaria.

Em 1983, foi lançado um compacto com as músicas "Ajatuksen Loppu" e "Mun Pelko", gravadas no final de 1982. Ainda em 1983, foi lançado o álbum …Ja Mikään Ei Muuttunut contendo todos os compactos da banda.

Após o final da banda, alguns integrantes tocaram no Unicef e no Musta Paraati. Eles se reuniram novamente para fazer alguns shows em 1988 e 1993.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio[editar | editar código-fonte]

  • "Totuus Löytyy Kaurapuurosta" (7" EP, 1980, Johanna Records)
  • "Nimetön" (7" EP, 1981, Johanna Records)
  • "Väliaikainen" (7" EP, 1982, Johanna Records)
  • Lama (LP, 1982, Johanna Records)
  • "Ajatuksen Loppu" (7" EP, 1983, Johanna Records)
  • Tavastia (Ao vivo, 2007, Combat Rock Industry) [Ao vivo no clube Tavastia, 12 de maio de 1993.]

Coletâneas e Reedições[editar | editar código-fonte]

  • …Ja Mikään Ei Muuttunut (LP, Johanna Records, 1983) [Compilação de todos os EP da banda.]
  • "Väliaikainen" (7" EP-Promo, 1992, AAB-Tuotanto/Polarvox)

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 3 Vuotta Myöhemmin (LP, 1980, Johanna/Numerot)
  • Punkrokki (CD, 1995, Johanna Records)
  • Killed by Finnish Hardcore (LP Bootleg, 2003, Redrum Records)
  • Punk Ja Yäk! - Suomipunk 1977-1987 (4xCD, 2009, Stupido Records)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lama
Ícone de esboço Este artigo sobre Música punk é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.