Lance Stephenson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lance Stephenson
Lance Stephenson 2018.jpg
Informações pessoais
Nome completo Lance Stephenson Jr.
Data de nasc. 5 de setembro de 1990 (31 anos)
Local de nasc. Brooklyn,  Estados Unidos
Altura 6 ft 6 in (1.98 m)
Peso 104 kg (230 lb)
Informações no clube
Clube atual China Liaoning Flying Leopards
Número 1
Posição Ala-armador
Clubes de juventude
2009–2010 Estados Unidos Cincinnati
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2010–2014
2014–2015
2015–2016
2016
2016
2017
2017–2018
2018–2019
2019–Presente
Estados Unidos Indiana Pacers
Estados Unidos Charlotte Hornets
Estados Unidos Los Angeles Clippers
Estados Unidos Memphis Grizzlies
Estados Unidos New Orleans Pelicans
Estados Unidos Minnesota Timberwolves
Estados Unidos Indiana Pacers
Estados Unidos Los Angeles Lakers
China Liaoning Leopards
216 (1.953)
61 (501)
43 (204)
26 (369)
6 (58)
6 (21)
82 (757)
68 (491)

Lance Stephenson Jr. (Brooklyn, 5 de setembro de 1990) é um basquetebolista profissional ghanense que defende o Liaoning Flying Leopards da Chinese Basketball Association.

Ele jogou basquete universitário em Cincinnati e foi selecionado pelo Indiana Pacers com a 40° escolha geral no Draft da NBA de 2010. Além dos Pacers, Stephenson jogou por Charlotte Hornets, Los Angeles Clippers, Memphis Grizzlies, New Orleans Pelicans, Minnesota Timberwolves e Los Angeles Lakers na NBA.[1]

Carreira no ensino médio[editar | editar código-fonte]

Stephenson chamou a atenção dos olheiros pela primeira vez aos 12 anos, quando Clark Francis, um avaliador de talentos, o viu jogar no torneio da AAU no Bronx.

No verão de 2005, Stephenson se matriculou na Bishop Loughlin Memorial High School, mas só frequentou a escola por três dias, antes que eles perdesse na final de uma liga juvenil e ele não ganhou o MVP do torneio. Na semana seguinte, Stephenson se transferiu para a Abraham Lincoln High School perto de sua casa em Coney Island.[2]

Lincoln High foi bi-campeão e Stephenson ganhou o prêmio de Jogador do Ano nos dois anos pelo New York Daily News. Em 2007, quando era aluno do ensino médio, ele foi nomeado para o time anual de basquete masculino do USA Today.

Em julho de 2008, Stephenson foi chamado para a Seleção Americana sub-18 mas foi cortado por motivos químicos.

Em 15 de fevereiro de 2009, Stephenson se tornou o maior pontuador de todos os tempos no basquete colegial do estado de Nova York com 2.785.[3] Ele terminou sua carreira com 2.946 pontos. Em março de 2009, Stephenson levou o Lincoln High ao tetra campeonato da classe AA da Liga das Escolas Públicas (PSAL). Lincoln se tornou a primeira escola na história da cidade a conquistar quatro títulos consecutivos.

A carreira colegial de Stephenson terminou na semifinal estadual, onde Rice High School venceu Lincoln por 77–50.[4]

Em 30 de junho de 2009, Andy Katz, da ESPN.com, relatou que Stephenson aceitou uma bolas de estudos com ajuda financeira na Universidade de Cincinnati.[5]

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Stephenson jogando por Cincinnati em março de 2010

Ainda restavam perguntas sobre a elegibilidade de Stephenson por causa de sua documentação, mas em 6 de novembro de 2009, a NCAA o liberou para jogar no jogo de abertura da temporada contra Prairie View A&M University em 15 de novembro.[6]

Em sua única temporada em Cincinnati, Stephenson foi titular em 32 de 34 jogos e teve médias de 12,3 pontos, 5,4 rebotes e 2.5 assistências.[7]

Ele foi o maior pontuador entre os calouros da Big East e foi nomeado o Novato do Ano da Big East.[8]

Em 7 de abril de 2010, Stephenson anunciou que renunciaria às suas três últimas temporadas de elegibilidade colegiada e entraria no Draft da NBA de 2010.[9]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Indiana Pacers (2010-2014)[editar | editar código-fonte]

Temporada de 2010-11[editar | editar código-fonte]

Stephenson foi selecionado pelo Indiana Pacers com a 40ª escolha no Draft da NBA de 2010.[10] Ele não estreou na NBA até 27 de fevereiro de 2011, em uma derrota de 110-108 para o Phoenix Suns.[11] Em quatro minutos, ele anotou dois pontos, duas assistências e um rebote. Ele jogou em 12 jogos da temporada regular antes de perder seu tempo de jogo por violar as regras da equipe no início de abril. Seus problemas de imaturidade eram os culpados.[12]

Em primeira temporada, Stephenson jogou em 12 jogos e teve médias de 3.1 pontos, 1.5 rebound e 1.8 assistências.[13]

Temporada de 2011-12[editar | editar código-fonte]

Na temporada de 2011-12, encurtada pela greve, Stephenson jogou em 32 dos 35 primeiros jogos da temporada, mas saiu de cena na segunda metade da temporada, jogando em apenas 10 jogos. No último jogo da temporada regular em 25 de abril, com Danny Granger e Leandro Barbosa dispensados ​​por lesões, Stephenson foi titular pela primeira vez e marcou 22 pontos em 35 minutos em uma derrota por 92-87 para o Chicago Bulls.[14]

Nessa temporada, Stephenson jogou em 42 jogos e teve médias de 2.5 pontos, 1.3 rebotes e 1.1 assistências.[15]

Temporada de 2012-13[editar | editar código-fonte]

Com Danny Granger lesionado durante a maior parte da temporada de 2012–13, Stephenson teve um ano inovador. Ele teve uma média de 8,8 pontos e 3,9 rebotes em 29,2 minutos por jogo durante a temporada regular.[16] Ele melhorou para 9,4 pontos e 7,6 rebotes durante os playoffs, embora sua porcentagem de arremessos tenha caído em todas as categorias.[17] No Jogo 6 da segunda rodada dos playoffs contra o New York Knicks, Stephenson marcou 25 pontos.

Temporada de 2013-14[editar | editar código-fonte]

Stephenson teve outra boa temporada em 2013–14, registrando seus melhor números da carreira em seu segundo ano como titular.[18]

Em 11 de novembro de 2013, ele registrou seu primeiro triplo-duplo da carreira com 13 pontos, 12 assistências e 11 rebotes em uma vitória por 95-79 sobre o Memphis Grizzlies.[19] Onze dias depois, Ele teve seu segundo triplo-duplo da carreira com 10 pontos, 10 assistências e 11 rebotes em uma vitória por 97-82 sobre o Boston Celtics.[20] Em 22 de dezembro de 2013, ele teve seu terceiro triplo-duplo da carreira com 12 pontos, 10 rebotes e 10 assistências em uma vitória por 106-79 sobre os Celtics.[21] Ele terminou a temporada regular com cinco triplos-duplos[22] e alcançou o segundo lugar na votação do Jogador Que Mais Evoluiu.[23]

Os Pacers entraram nos playoffs como a melhor campanha na Conferência Leste e avançaram para as finais da conferência, onde perderam para o Miami Heat pelo segundo ano consecutivo. Suas táticas psicológicas incomuns foram manchetes durante as finais da Conferência Leste contra o Heat,[24] inclusive soprando no ouvido de LeBron James durante uma vitória no Jogo 5.[25]

Nessa temporada, Stephenson jogou em 78 jogos e teve médias de 13.8 pontos, 7.2 rebotes e 4.6 assistências.[26]

Após a temporada, os Pacers ofereceram a ele um contrato de cinco anos e US $ 44 milhões, mas Stephenson optou por testar o mercado, acreditando que ele conseguiria um contrato maior.[27]

Em 5 temporadas em Indiana, ele jogou em 216 jogos e registrou 1.953 pontos, 957 rebotes e 674 assistências.

rebotes e 909 assistencias.909

Charlotte Hornets (2014–2015)[editar | editar código-fonte]

Em 18 de julho de 2014, Stephenson assinou um contrato de três anos e US $ 27 milhões com o Charlotte Hornets.[28][29]

Em 7 de novembro de 2014, Stephenson venceu o jogo pelos Hornets com uma cesta de três pontos para derrotar o Atlanta Hawks por 122-119, terminando com seu primeiro duplo-duplo pela equipe com 17 pontos e 13 rebotes.[30] Em 14 de janeiro de 2015, contra o San Antonio Spurs, Stephenson retornou de uma ausência de 14 jogos devido a uma entorse pélvica.

Nessa temporada, Stephenson jogou em 61 jogos e teve médias de 8.2 pontos, 4.5 rebotes e 3.9 assistências.[31]

Los Angeles Clippers (2015–2016)[editar | editar código-fonte]

Em 15 de junho de 2015, Stephenson foi negociado com o Los Angeles Clippers em troca de Spencer Hawes e Matt Barnes.[32] Em 2 de dezembro de 2015, ele marcou 19 pontos em uma derrota para o seu antigo time, Indiana Pacers.[33]

Memphis Grizzlies (2016)[editar | editar código-fonte]

Em 18 de fevereiro de 2016, Stephenson foi negociado, juntamente com uma futura escolha de primeira rodada, para o Memphis Grizzlies em troca de Jeff Green.[34] Em 11 de março de 2016, ele marcou 33 pontos em uma vitória de 121-111 sobre o New Orleans Pelicans.[35]

New Orleans Pelicans (2016)[editar | editar código-fonte]

Em 14 de setembro de 2016, Stephenson assinou com o New Orleans Pelicans.[36] Depois de sofrer uma lesão na virilha no dia 4 de novembro e subsequentemente ser descartado por seis a 10 semanas, os Pelicans dispensaram Stephenson no dia 7 de novembro.[37]

Minnesota Timberwolves (2017)[editar | editar código-fonte]

Em 8 de fevereiro de 2017, Stephenson assinou um contrato de 10 dias com o Minnesota Timberwolves.[38]

Em 14 de fevereiro de 2017, em uma derrota para o Cleveland Cavaliers, Stephenson sofreu uma entorse de tornozelo grau 2.[39] Em 8 de março de 2017, depois de se recuperar da lesão, Stephenson outro contrato de 10 dias com os Timberwolves.[40]

Em 18 de março, os Timberwolves decidiram não assinar com Stephenson pelo resto da temporada.[41]

Retorno para Indiana (2017–2018)[editar | editar código-fonte]

Em 30 de março de 2017, Stephenson assinou com o Indiana Pacers, retornando à franquia para uma segunda passagem.[42] Em 25 de junho de 2018, os Pacers recusaram sua opção de renovação e Stephenson foi dispensado.[43]

Los Angeles Lakers (2018–2019)[editar | editar código-fonte]

Em 10 de julho de 2018, Stephenson assinou com o Los Angeles Lakers.[44]

Em 24 de outubro de 2018, ele registrou 23 pontos, 8 rebotes e 8 assistências na vitória de 131-113 sobre o Phoenix Suns.[45]

Nessa temporada, Stephenson jogou em 68 jogos e teve médias de 7.2 pontos, 3.2 rebotes e 2.1 assistências.[46]

Liaoning Flying Leopards (2019–Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 1 de agosto de 2019, Stephenson assinou com o Liaoning Flying Leopards da Associação Chinesa de Basquete.[47]

Em 22 de setembro de 2019, Stephenson ajudou os Liaoning Flying Leopards na vitória por 83-82 sobre o Seoul SK Knights na Super League Ásia Oriental Terrific 12 de 2019 e foi nomeado o MVP do Terrific 12.[48]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Stephenson é filho de Lance Sr. e Bernadette Stephenson. Ele tem um irmão mais novo chamado Lantz.[49]

Questões legais[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2008, Stephenson foi suspenso da escola por cinco dias e perdeu dois jogos após uma briga com um companheiro de equipe.[50] Em outubro daquele ano, ele foi preso por tatear um garoto de 17 anos dentro da escola.[51] Ele enfrentou uma acusação de agressão sexual classe B e seus pais terminaram o reality show "Born Ready" após a prisão.

Em 15 de agosto de 2010, Stephenson foi preso por agressão de terceiro grau depois de supostamente empurrar sua namorada por um lance de escada.[52] O caso foi finalmente julgado improcedente.[53]

Estatística na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2010–11 Indiana 12 9.6 .333 .000 .786 1.5 1.8 .3 .0 3.1
2011–12 Indiana 42 10.5 .376 .133 .471 1.3 1.1 .5 .1 2.5
2012–13 Indiana 78 29.2 .460 .330 .652 3.9 2.9 1.0 .2 8.8
2013–14 Indiana 78 35.3 .491 .352 .711 7.2 4.6 .7 .1 13.8
2014–15 Charlotte 61 25.8 .376 .171 .627 4.5 3.9 .6 .1 8.2
2015–16 L.A. Clippers 43 15.8 .494 .404 .700 2.5 1.4 .6 .1 4.7
2015–16 Memphis 26 26.6 .474 .355 .815 4.4 2.8 .7 .2 14.2
2016–17 New Orleans 6 27.0 .473 .100 .625 3.3 4.8 .3 .2 9.7
2016–17 Minnesota 6 11.2 .476 .000 .500 1.7 .8 .0 .0 3.5
2016–17 Indiana 6 22.0 .409 .625 .667 4.0 4.2 .5 .3 7.2
2017–18 Indiana 82 22.6 .427 .289 .661 5.2 2.9 .6 .2 9.2
2018–19 L.A. Lakers 68 16.5 .426 .371 .685 3.2 2.1 .6 .1 7.2
Carreira 508 23.4 .444 .315 .685 4.2 2.9 .7 .1 8.6

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2012 Indiana 4 3.0 .222 .500 .500 .0 .3 .0 .0 1.5
2013 Indiana 19 35.4 .408 .281 .622 7.6 3.3 1.2 .1 9.4
2014 Indiana 19 37.1 .455 .358 .714 6.9 4.2 .8 .2 13.6
2016 Memphis 4 23.8 .523 .400 .800 1.5 1.8 .3 .0 13.0
2017 Indiana 4 26.8 .509 .389 .750 5.3 2.8 .5 .0 16.0
2018 Indiana 7 21.3 .462 .308 .556 2.7 2.9 .3 .1 10.4
Carreira 57 30.5 .448 .330 .670 5.6 3.2 .8 .1 11.1

Fonte:[54]

Referências

  1. «Lance Stephenson». NBA Stats (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019 
  2. «Is high school basketball star Lance Stephenson Kansas-bound? - The Bonus - SI.com». web.archive.org. 6 de março de 2013. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  3. Abramson, Mitch. «Lance Stephenson sets scoring record as Lincoln wins Brooklyn title». nydailynews.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  4. REPORT, STAFF. «The best of the Big Apple: News hands out more high school honors». nydailynews.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  5. «Highly touted recruit Stephenson picks Cincy». ESPN.com (em inglês). 30 de junho de 2009. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  6. «NCAA clears Lance Stephenson to play at Cincinnati - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  7. «2009-10 Cincinnati Bearcats Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  8. «Lance Stephenson - Men's Basketball». University of Cincinnati Athletics (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  9. LELINWALLA, MARK. «Former Lincoln star Lance Stephenson to declare for NBA draft after one season at Cincinnati». nydailynews.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  10. «2010 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  11. «Phoenix Suns at Indiana Pacers Box Score, February 27, 2011». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  12. «Indiana Pacers | Indianapolis Star | indystar.com». web.archive.org. 16 de fevereiro de 2015. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  13. «Lance Stephenson 2010-11 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  14. «Chicago Bulls at Indiana Pacers Box Score, April 25, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  15. «Lance Stephenson 2011-12 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  16. «Lance Stephenson 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  17. «Player Review 2013: Lance Stephenson». Indiana Pacers (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  18. S, Nathan (24 de junho de 2014). «Pacers 2013-14 Player Review: Lance Stephenson». Indy Cornrows (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  19. «Memphis Grizzlies at Indiana Pacers Box Score, November 11, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  20. «Indiana Pacers at Boston Celtics Box Score, November 22, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  21. «Boston Celtics at Indiana Pacers Box Score, December 22, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  22. «2013-14 NBA Player Postseason Stats». ESPN (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  23. «Suns' Goran Dragic wins NBA's Most Improved Player Award». SI.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  24. «Sources: Stephenson, Pacers reach impasse». ESPN.com (em inglês). 2 de julho de 2014. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  25. Rapp, Timothy. «Lance Stephenson Explains Why He Blew in Ear of Lakers Teammate LeBron James». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  26. «Lance Stephenson 2013-14 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  27. «Sources: Stephenson, Pacers reach impasse». ESPN.com (em inglês). 2 de julho de 2014. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  28. «Hornets Sign Lance Stephenson». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  29. «Stephenson bolts Pacers to sign with Hornets». ESPN.com (em inglês). 16 de julho de 2014. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  30. «Atlanta Hawks at Charlotte Hornets Box Score, November 7, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  31. «Lance Stephenson 2014-15 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  32. «Clippers Acquire Lance Stephenson from Hornets». Los Angeles Clippers (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  33. «Indiana Pacers at Los Angeles Clippers Box Score, December 2, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  34. «Grizzlies acquire future 1st Round Draft Pick & Lance Stephenson from Clippers». Memphis Grizzlies (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  35. «New Orleans Pelicans at Memphis Grizzlies Box Score, March 11, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  36. «Pelicans Sign Lance Stephenson». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  37. «Pelicans Waive Lance Stephenson». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  38. «Timberwolves Sign Guard Lance Stephenson to 10-Day Contract». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  39. «Lance Stephenson's grade 2 ankle sprain complicates his future with the Timberwolves». Star Tribune. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  40. «Timberwolves Sign Guard Lance Stephenson to Second 10-Day Contract». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  41. «Lance Stephenson: Not re-signed by Minnesota». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  42. «Pacers Sign Lance Stephenson». Indiana Pacers (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  43. reports, From NBA media. «Indiana Pacers decline team option on guard Lance Stephenson». NBA.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  44. «Lakers Sign Lance Stephenson». Los Angeles Lakers (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  45. «Los Angeles Lakers at Phoenix Suns Box Score, October 24, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  46. «Lance Stephenson 2018-19 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  47. «Chinese Basketball, News, Teams, Scores, Stats, Standings, Awards - asia-basket». Eurobasket LLC (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  48. «The Terrific 12 Finals | East Asia Super League - EASL». East Asia Super League - EASL (em inglês). 24 de setembro de 2019. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  49. «Is high school basketball star Lance Stephenson Kansas-bound? - The Bonus - SI.com». web.archive.org. 6 de março de 2013. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  50. WRITER, KRISTIE ACKERTDAILY NEWS SPORTS. «Lincoln basketball star in altercation». nydailynews.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  51. BLOCK, DORIAN. «Lincoln High School hoops phenom Lance Stephenson charged with school grope». nydailynews.com. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  52. «Pacers rookie Stephenson arrested for assault». ESPN.com (em inglês). 16 de agosto de 2010. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  53. «Indiana Pacers | Indianapolis Star | indystar.com». web.archive.org. 12 de agosto de 2015. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  54. «Lance Stephenson Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2019