Lane Santana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lane Santana
Lane Santana apresenta a sinopse da Unidos das Vargens para o carnaval de 2018.jpg
Nascimento 12 de setembro de 1975 (43 anos)
Rio de Janeiro (cidade) (RJ)
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Carnavalesco

Lane Santana (Rio de Janeiro, 12 de setembro de 1975) é um carnavalesco brasileiro, tendo atuado em escolas de samba do Carnaval brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou através da convivência em barracões de escolas de samba por intermédio de sua mãe, na ocasião costureira e artesã. ingressou na equipe de criação de Joãozinho Trinta, durante oito anos. sendo responsável por desenhos e execução do projeto. estreiou na função de carnavalesco, em 2001 pela Unidos do Cabuçu. mas no ano seguinte, foi o responsável por desenvolver o carnaval da Viradouro, na qual pegou há meses do desfile, tudo após a saída repentina de Roberto Szaniecki[1] e ainda Fez o desfile do Acadêmicos da Abolição,[2] por onde continuou em 2002[3] e atuou como carnavalesco da São Clemente, fazendo parte da Comissão de Carnaval[4] e em carreira solo levando a escola de volta ao Especial, com a conquista do antigo Grupo de acesso A.[5]

Em 2004, se aventurou no Carnaval de São Paulo, ao ser carnavalesco da Vai-Vai.[6] retornando no ano seguinte ao assinar o carnaval da emergente Renascer[7] e permanecendo na mesma, em 2006.[8] além de durante esse período na Renascer, ter retornado a desenvolver o carnaval da Acadêmicos da Abolição[9][10] e voltou ao Especial, dessa vez na Unidos da Tijuca, pelo qual foi assistente há decadas passadas, formando dupla com Luiz Carlos Bruno. ao substituir o badalado carnavalesco Paulo Barros, colocando a escola do Borel inclusive a frente da escola em que o ex-carnavalesco estava, a Viradouro.[11] desenvoloveu o carnaval da Caprichosos em 2008[12] e no ano de 2009, retorna mais uma vez ao especial, dessa vez fazendo a tradicional Portela, novamente em dupla, dessa vez com a companhia de Jorge Caribé,[13][14] conseguiu levar a escola mesmo com problemas internos ao terceiro lugar e no ano de 2010, fez parte da comissão de carnaval da Vai-Vai[15]

Ainda em 2010 recebe o convite da Alegria da Zona Sul para assinar seu carnaval,[16] estaria fora da agremiação em 2011, mas a direção voltou atrás e permaneceu na escola.[17] em 2012 foi convidado para colaborar com o carnaval da Santa Cruz e também foi como carnavalesco para a Antiga Abissínia de Cabo Frio. No Carnaval de 2014 foi assistente de Luiz Carlos Bruno, na Rocinha[18] e retornou pela segunda vez a Santa Cruz, em 2015. estando como membro da Comissão de Carnaval e em 2016, permenecendo na escola agora dividindo com Lucas Pinto.

Desfiles assinados por Lane Santana[editar | editar código-fonte]

Ano Escola Colocação Divisão Enredo Ref.
2000 Cabuçu 12º lugar Grupo A Brasil 500... Ano 2000... Cabral Faz a Festa no Brasil [19]
2001 Viradouro 5º lugar Grupo Especial Os sete pecados capitais [1]
Abolição 3º lugar Grupo D Miscigenação, a cara do povo [2]
2002 São Clemente 14º lugar Grupo Especial Guapimirim, paraíso ecológico abençoado pelo Dedo de Deus [4][20]
Abolição Vice-Campeã Grupo D Nada se Perde Tudo se Recicla [3]
2003 São Clemente Campeã Grupo A Mangaratiba - Uma história de luta para todos que amam a terra e a liberdade [5][20]
2004 Vai-Vai 11º lugar Grupo Especial Quer conhecer São Paulo? Vem pro Bixiga para ver... [6][20]
2005 Renascer 8º lugar Grupo A Espelho, Espelho Meu! [7][20]
Abolição 10º lugar Grupo C Neste carnaval, a Acadêmicos da Abolição é surreal [9]
2006 Renascer 5º lugar Grupo A A Divina Comédia Brasileira [8][20]
Abolição 5º lugar Grupo C Na Terra, na água, no fogo, no ar os espíritos da natureza clamam pela vida [10]
2007 Unidos da Tijuca 4º lugar Grupo Especial De lambida em lambida, a Tijuca dá um click na avenida [11][20]
2008 Caprichosos 6º lugar Grupo A De Santo Antônio de Sá ao Polo Petroquímico, Itaboraí...uma terra abençoada! [21]
2009 Portela 3º lugar Grupo Especial E por falar em amor… Onde anda você? [22]
Caprichosos 10º lugar Grupo A No transporte da alegria...Me leva Caprichosos a caminho da folia [23]
2010 Vai-Vai 3º lugar Grupo Especial 80 Anos de Arte e Euforia, "É Bom no Samba, É Bom no Couro". Salve o Duplo Jubileu de Carvalho [24]
Alegria da Zona Sul Campeã Grupo Rio de Janeiro 1 No Mundo da Fantasia... vejo as cores da Alegria [25]
2011 Alegria da Zona Sul 11º lugar Grupo A Os doze obás de Xangô [26]
2012 Antiga Abissínia 11º lugar Grupo Especial Que o amor dure para sempre e que sempre, Seja todo dia...
Santa Cruz 6º lugar Grupo A Nas ondas do rádio... “Acorda Brasil Para Escutar! O Show do Antônio Carlos Está No Ar" [27]
2015 Santa Cruz 10º lugar Série A O pequeno menino se tornou Grande Otelo [28]
2016 Santa Cruz 12º lugar Série A Diz mata! Digo verde. A natureza veste a incerteza. E o amanhã? [29]
2017 Santa Cruz 12º lugar Série A Vou Levar somente o que couber no bolso e no coração... Uma viagem de sabedoria além da imaginação
Unidos das Vargens Campeã Série C Terra Água Fogo e Ar Uma Explosão de Vida
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lane Santana

Referências

  1. a b Academia do Samba. «Viradouro 2001». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  2. a b Academia do Samba. «Acadêmicos da Abolição 2001». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  3. a b Academia do Samba. «Acadêmicos da Abolição 2002». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  4. a b Academia do Samba. «São Clemente 2002». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  5. a b Academia do Samba. «São Clemente 2003». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  6. a b SASP. «Vai-Vai 2004». Consultado em 4 de outubro de 2015. Arquivado do original em 4 de outubro de 2015 
  7. a b Academia do Samba. «Renascer de Jacarepaguá 2005». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  8. a b Academia do Samba. «Renascer de Jacarepaguá 2005». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  9. a b Academia do Samba. «Acadêmicos da Abolição 2006». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  10. a b Academia do Samba. «Acadêmicos da Abolição 2006». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  11. a b Academia do Samba. «Unidos da Tijuca 2007». Consultado em 3 de outubro de 2015 
  12. Academia do Samba. «Caprichosos 2008». Consultado em 3 de outubro de 2015 
  13. «Lane Santana e Jorge Caribé são os novos carnavalescos da Portela». Raphael Azevedo, para O Dia. Consultado em 3 de outubro de 2015. Arquivado do original em 6 de março de 2008 
  14. Daniel Targueta, para o G1 (29 de janeiro de 2009). «Portela canta o amor para quebrar jejum de 39 anos sem títulos». 13:11. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  15. R7 (13 de fevereiro de 2010). «Vai-Vai comemora seus 80 anos na passarela do samba». 6:36. Consultado em 3 de outubro de 2015. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  16. SRZD-Carnaval (10 de junho de 2009). «Lane Santana é o novo carnavalesco da Alegria da Zona Sul para Carnaval 2010». 12:45. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  17. SRZD-Carnaval (28 de abril de 2010). «Alegria recontrata Lane Santana». Consultado em 3 de outubro de 2015 
  18. SRZD-Carnaval (31 de julho de 2013). «Lane Santana será assistente de Luiz Carlos Bruno na Rocinha». 13h26. Consultado em 5 de agosto de 2013 
  19. Academia do Samba. «Cabuçu 2000». Consultado em 26 de outubro de 2015 
  20. a b c d e f DCAMPB. «Lane Santana - Biografia». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  21. Academia do Samba. «Caprichosos 2008». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  22. Academia do Samba. «Portela 2008». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  23. Academia do Samba. «Caprichosos 2009». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  24. SASP. «Vai-Vai 2010». Consultado em 4 de outubro de 2015. Arquivado do original em 4 de outubro de 2015 
  25. Academia do Samba. «Alegria da Zona Sul 2010». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  26. Academia do Samba. «Alegria da Zona Sul 2011». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  27. Academia do Samba. «Santa Cruz 2012». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  28. Galeria do Samba. «Santa Cruz 2015». Consultado em 4 de outubro de 2015 
  29. Galeria do Samba. «Santa Cruz 2016». Consultado em 4 de outubro de 2015