Largo do Corpo Santo (Recife)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Largo do Corpo Santo
Antigos Largo e Igreja do Corpo Santo em 1863, por Luis Schlappriz.
Local Recife, Pernambuco,
 Brasil

O Largo do Corpo Santo foi um importante logradouro da cidade brasileira do Recife, capital de Pernambuco. Nele ficavam o Pelourinho e a Igreja do Corpo Santo.[1][2][3]

Foi um dos conjuntos coloniais demolidos no contexto da modernização da capital pernambucana ocorrida no início do século XX.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Largo do Corpo Santo, assim como a Igreja do Corpo Santo, surgiu com a povoação do Recife, ainda no século XVI. A primeira representação gráfica confirmada é do ano de 1609, e uma estampa de 1631 mostra a igreja voltada para o mar com o largo na frente da fachada, no atual Bairro do Recife. De 1630 a 1654, período da dominação holandesa em Pernambuco, a Igreja do Corpo Santo foi transformada no principal templo calvinista do Recife e da Cidade Maurícia (hoje, bairros de Santo Antônio e São José), ganhando uma torre gótica semelhante à das igrejas neerlandesas.[2]

No dia 18 de novembro de 1711, logo após o fim da Guerra dos Mascates, foi instalado no largo o Pelourinho do Recife. Ainda no século XVIII, a Igreja do Corpo Santo foi ampliada e ganhou uma fachada em pedra lioz no estilo neoclássico.[3][2]

Em 1913, o conjunto arquitetônico foi demolido para a construção da Avenida Marquês de Olinda.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Histórico do bairro do Recife». Prefeitura do Recife. Consultado em 2 de fevereiro de 2017 
  2. a b c d «No século 17, prédio foi principal local de culto calvinista no Recife». Jornal do Commercio. Consultado em 2 de fevereiro de 2017 
  3. a b «Institucional». Câmara Municipal do Recife. Consultado em 2 de fevereiro de 2017