Larri Passos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Larri passos)
Ir para: navegação, pesquisa

Larri Antônio dos Passos (Rolante, 30 de dezembro de 1957) é um técnico e ex-tenista brasileiro, que ficou conhecido como o técnico de Gustavo Kuerten.[1]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Começou a praticar o tênis em Novo Hamburgo, no estado do Rio Grande do Sul, mas desde cedo mostrou que sua habilidade era maior como treinador do que como atleta. Ainda adolescente começou a ministrar aulas e, em 1975, já era responsável pela escolinha da Sociedade Aliança de Novo Hamburgo.

Em 1983 formou-se em educação física pela Universidade Feevale[2] e se mudou para Camboriú, em Santa Catarina. Seu primeiro trabalho como treinador profissional foi em 1986, com Marcus Vinícius Barbosa, o "Bocão", um dos mais talentosos juvenis da época.[3] Quatro anos depois, iniciou um projeto de escolinhas de tênis, primeiro em Gaspar, e depois em Florianópolis; finalmente, abriu sua própria academia, em Camboriú.[2]

Era Guga[2][editar | editar código-fonte]

Em 1990, Larri Passos tornou-se o treinador de um jovem promissor, o catarinense Gustavo Kuerten que, ao lado de Larri, tornou-se um dos maiores tenistas da história do Brasil. Ainda juvenil, em 1994, Guga foi campeão da Copa Gerdau de Tênis, em Porto Alegre, e chegou à decisão do Orange Bowl.

Em 1997, ano em que Gustavo Kuerten venceu seu primeiro Torneio de Roland Garros, Larri Passos recebeu o prêmio de melhor treinador do ano pela imprensa italiana. Parceiros, Guga e Passos chegaram ao topo do ranking mundial e totalizaram mais de 20 títulos de grande importância internacional.

No início de 2005, Gustavo Kuerten anunciou que Larri não seria mais seu técnico. Após um ano e meio, em 2006, Larri anunciou que trabalharia de novo com Gustavo Kuerten, assim sendo até o último torneio de Kuerten.

Pós Guga[editar | editar código-fonte]

Larri treinou algumas tenistas promissoras da WTA, como a austríaca Tamira Paszek e a veterana eslovaca Daniela Hantuchova. Também treinou Marcos Daniel e Thomaz Bellucci em 2011,[4] até que Thomaz desistiu da parceria em decorrência dos maus resultados.

Larri treinou ainda Tiago Fernandes, jogador brasileiro que ganhou o Australian Open juvenil, e que anunciou aposentadoria do tênis aos 21 anos, em 2014, além de Bia Haddad Maia, vice-campeã juvenil de duplas femininas de Roland Garros de 2012, e que também trocou de treinador em 2014.

Atualmente ele também mantém o Instituto Larri Passos, um centro de excelência em treinamento do esporte.[5]

Referências

  1. «Perfil». Consultado em 11 de fevereiro de 2016 
  2. a b c ClicRBS - Larri Passos: O homem da vida de Guga (10/04/2008) Acessado em 7 de març de 2017
  3. ClicRBS - Raquetadas do Bocão (14 de outubro de 2013) Acessado em 7 de março de 2017
  4. Globo Esporte - Ex-técnico de Guga, Larri Passos é o novo treinador de Thomaz Bellucci (06/12/2010) Acessado em 7 de março de 2017
  5. «Instituto». Consultado em 11 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]