Larry David

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Larry David
{{{imagem_legenda}}}
Nome de nascimento Lawrence Gene David
Nascido(a) em 2 de julho de 1947 (68 anos)
Nova York, Nova York
Nacionalidade Estados Unidos americana
Especialidade Televisão, cinema, stand-up
Anos em atividade 1975 - presente
Gênero Comédia de improviso, comédia de observação, comédia de esquetes
Tema(s) Auto-depreciação, cotidiano, costumes
Influências Phil Silvers, Mel Brooks, Woody Allen
Influenciou Ricky Gervais, Jack Dee, Sarah Silverman, Jeff Garlin
Cônjuge Laurie Lennard (1993 - 2007)
Trabalhos de
destaque
Várias personagens em Fridays
Co-Criador de Seinfeld
Larry David em Curb your Enthusiasm
Emmy Awards
1993 - Melhor Série de Comédia (Seinfeld)
1993 - Melhor Roteiro numa Série de Comédia (Seinfeld)

Lawrence Gene "Larry" David (Nova Iorque, 2 de julho de 1947) é actor, escritor, comediante, director e produtor americano. David é co-criador e criador, respectivamente, de duas das séries de televisão mais bem-sucedidas dos Estados Unidos, Seinfeld (1989-1998) e Curb Your Enthusiasm (1999-presente).

Em 1989 Larry David juntou-se ao comediante Jerry Seinfeld para criar a sitcom Seinfeld, onde atuou como guionista  principal e produtor executivo. O trabalho de David rendeu-lhe um Emmy de melhor comédia, em 1993. Em 1999 criou para a HBO a série Curb Your Enthusiasm', uma sitcom amplamente improvisada onde interpreta uma versão fictícia de si próprio.

Após ter iniciado sem sucesso na carreira como comediante de stand-up, David rapidamente passou para a carreira na televisão, escrevendo e actuando na série Fridays, da ABC. Fez durante um breve período, guiões para o Saturday Night Live, antes de co-criar Seinfeld.

Foi votado por outros comediantes como o 23.º maior comediante de todos os tempos, numa pesquisa feita pelo Channel 4 britânico (The Comedians' Comedian, "O Comediante dos Comediantes").

Biografia[editar | editar código-fonte]

David nasceu no bairro de Sheepshead Bay, em Brooklyn,[1] Nova York, formou-se na Sheepshead Bay High School e, posteriormente, na Universidade de Maryland, com um diploma em História (1969) e um outro em Administração (1970).[2]

Após iniciar uma carreira como comediante standup, David trabalhou como motorista de limusines e fez assistência técnica de aparelhos de televisão para pagar suas contas. De 1980 a 1982 trabalhou como guionista para a ABC, no programa Fridays, e, de 1984 a 85, para o Saturday Night Live (SNL), da NBC.[3] Durante seu período no SNL conseguiu escrever apenas um sketche no programa, que foi ao ar às 0h50 - o último espaço no programa.[4] David abandonou este emprego no meio da temporada, e apareceu para trabalhar alguns dias depois, agindo como se nada houvesse acontecido. Este facto inspirou um episódio da segunda temporada de Seinfeld, chamado "The Revenge" ("A Vingança").[5] David conheceu as futuras estrelas do seriado durante este período de sua carreira; trabalhou com Michael Richards (Kramer) em Fridays,[3] e com Julia Louis-Dreyfus (Elaine)[4] durante seu período de um ano no SNL.[6] [7] David pode ser ouvindo ao fundo durante um episódio do programa, perturbando Michael McKean, quando este apresentou o programa em 1984, e também apareceu no sketche "The Run, Throw, and Catch Like a Girl Olympics", quando Howard Cosell foi o apresentador do episódio final da temporada, em 1985.[8]

David casou-se com Laurie Lennard em 31 de março de 1993; o casal tem duas filhas e vive em Pacific Palisades, Los Angeles, (Califórnia).[9] Como sua equivalente em Curb Your EnthusiasmCheryl David (interpretada por Cheryl Hines)—Laurie é uma ativista ambiental. A partir de maio de 2005 os dois passaram a contribuir para o blog de esquerda The Huffington Post.[10] Em 5 de junho de 2007 o casal anunciou sua intenção de se separar amigavelmente.[11] Laurie David pediu o divórcio em 19 de julho de 2007, alegando "diferenças irreconciliáveis", e pedindo a custódia conjunta das duas filhas do casal.[12]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Seinfeld[editar | editar código-fonte]

Em 1989, David juntou-se com o comediante Jerry Seinfeld para criar uma série para a NBC chamado The Seinfeld Chronicles. Posteriormente rebatizado Seinfeld, o programa tornou-se um dos mais bem-sucedidos da história da televisão americana.[13] Larry David chegou a aparecer ocasionalmente no programa (sem aparecer nos créditos), interpretando o papel de um advogado de Frank Costanza que vestia uma capa, ou fazendo a voz de George Steinbrenner,[14] e serviu como inspiração para o personagem de George Costanza.[15] David abandonou Seinfeld em termos amistosos depois da sétima temporada, porém retornou para escrever o episódio final da série, em 1998.[16]

Somente as reprises e os lançamentos em DVD de Seinfeld renderam a David cerca de 250 milhões de dólares.[17] Foi indicado 19 vezes ao Emmy pela série, e venceu duas vezes - uma por melhor série de comédia, e outra por melhor guião.[18]

Jerry Seinfeld disse, que Larry David era 90% de tudo que Seinfeld foi e é.[carece de fontes?]

Aparições de Larry David em Seinfeld[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
  • Voz de um velho. É possível ouví-lo a gritar "O que foi que ela disse?" (Episódio 2.18)
  • Ator num filme B com a fala "Igual a globos flamejantes, Sigmund! Ah ha ha ha ha haaa!" (Episódio 2.11)
  • Voz de Newman (Episódio 2.12)
  • Voz de uma pessoa na festa que grita: "Jack, vamos começar!" e "Eu preferia ter uma garrafa de scotch!". (Episódio 3.01)
  • Voz do ladrão de carros (Episódio 3.11)
  • Voz que anuncia as ligações do metro. (Episódio 3.13)
  • Voz do narrador de boxe na televisão (Episódio 3.22)
  • Aparece longe da cena principal, próximo de um policial com Larry Charles quando as autoridades aparecem no apartamento de Kramer em Los Angeles para prendê-lo por assassinato. (Episódio 4.02)
  • Voz de um passageiro no avião que esquece que encomendou kosher que Elaine é forçada a comer. (Episódio 4.12)
  • Voz do colega de trabalho de Elaine que a chama e diz: "Hey, Nip, você precisa desse manuscrito ou eu posso levá-lo para casa?" (Episódio 4.13)
  • Voz de "sua majestade" no filme "Checkmate" (Episódio 4.14)
  • Voz que diz a Kramer: "Desculpa, apenas clientes" (Episódio 4.23)
  • Membro do Greenpeace. (Episódio 4.24)
  • Voz do narrador de ténis na televisão. (Episódio 5.06)
  • Voz da pessoa parecida com Saddam Hussein (Episódio 5.13)
  • Voz do transeunte na praia que diz: "Alguém aqui é um biólogo marinho?" (Episódio 5.14)
  • Voz do diretor da ópera (Episódio 5.16)
  • Voz do comunicador no aeroporto (Episódio 5.19)
  • Voz do mestre de cerimónias do clube de comédia (Episódio 5.20)
  • Advogado de Frank Costanza (Episódio 6.04)
  • Voz da pessoa que diz: "O que você diz, Cosmo?" (Episódio 6.11)
  • Voz de uma personagem no filme ficcional "Chunnel" (Episódio 7.08)
  • Funcionário da banca de jornal que recusa-se a dar troco para uma nota de $20 de George Costanza (Episódio 7.10)
  • Voz de um policial que diz: "I disse vire, Chulo!" (Episódio 7.19)
  • Voz do prisioneiro (Episódio 9.22)

Curb Your Enthusiasm[editar | editar código-fonte]

Em 1999, após o fim de Seinfeld, o canal HBO levou ao ar um especial de Larry David: Larry David: Curb Your Enthusiasm, um programa híbrido que usa uma história de fundo e diálogos improvisados. Antes de ir ao ar, HBO sugeriu que David a tornasse numa série. O resultado foi Curb Your Enthusiasm, que foi para o ar em 2000.

O programa mostra o dia-a-dia de Larry, interpretado por ele próprio, e usa situações embaraçosas da sociedade para desenvolver uma história. Neste programa Larry conta com a participações de amigos que são actores e, tal como ele, interpretam-se a eles próprios.

Em 2005, David foi nomeado para um Globo de Ouro por "Melhor Atuação em uma Série Musical ou Comédia" pela sua actuação no programa.

Outros projetos[editar | editar código-fonte]

David já trabalhou 3 vezes com o diretor Woody Allen: em papéis menores nos filmes Radio Days (1987) e Oedipus Wrecks (1989), e protagonizando Whatever Works (br/pt: Tudo Pode Dar Certo), em 2009.

David também escreveu e dirigiu um filme em 1998, chamado Sour Grapes, sobre dois primos que se zangam por causa de dinheiro ganho em um casino.

Referências

  1. Curb Your Enthusiasm: The Book (Simon & Shuster, 2006)
  2. Alumni Leaders Universidade de Maryland (College Park). Visitado em 2-4-2008.
  3. a b Marin, Rick (16-7-2000). The Great and Wonderful Wizard of Odds The New York Times.
  4. a b Shales, Tom (12-11-2005). 'SNL in the '80s': The Last Laugh On a Trying Decade The Washington Post. Visitado em 25-4-2008.
  5. "Seinfeld" The Revenge (1991) IMDB. Visitado em 2-4-2008.
  6. Koltnow, Barry (30-5-1997). Eager Actor Finds Kramer a Bit of a Trial Contra Costa Times. Visitado em 2-4-.
  7. Kolbert, Elizabeth (3-6-1993). Julia Louis-Dreyfus: She Who Gives 'Seinfeld' Estrogen The New York Times. Visitado em 2-4-2008.
  8. Saturday Night Live TV.com. Visitado em 21-4-2008.
  9. News for "Seinfeld" (1990) IMDB. Visitado em 2-4-2008.
  10. Generation Hex. [S.l.: s.n.]. ISBN 1932857206
  11. Johnson, Richard. "Newly Single", Page Six, New York Post, 5-6-2007. Página visitada em 5-6-2007.
  12. Finn, Natalie (16-7-2007). Divorcing Larry David E!. Visitado em 2-4-2008.
  13. Carter, Bill (26-12-1997). Seinfeld Says It's All Over, And It's No Joke for NBC The New York Times. Visitado em 25-4-2000.
  14. (2006-11-21) "Still... seventh-season DVD shines". The Sacramento Bee.
  15. The 'real' George Costanza sues Seinfeld for $100 million CNN (1998-10-26). Visitado em 25-4-2008.
  16. Dancis, Bruce (5-11-2007). DVD Review: 'Seinfeld: Season 9' wraps up all the hilarious nothingness The Sacramento Bee. Visitado em 25-4-2008.
  17. Who's the richest? Seinfeld Associated Press (1-1-1999). Visitado em 19-1-2008.
  18. Larry David TV.com. Visitado em 21-4-2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]