Lasse Hallström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lasse Hallström, 2008

Lars Sven (Lasse) Hallström (Estocolmo, 2 de junho de 1946) é um cineasta e produtor de televisão sueco.[1]

É filho do escritor Karin Lyberg (1907-2000) e tem dois filhos, Johan (1976) do seu primeiro casamento com Malou Hallström, e Tora (1995) com a sua esposa atual Lena Olin.

Hallström aprendeu a filmar fazendo vídeos musicais, em particular os feitos para o grupo ABBA, que foi uma banda pioneira no campo dos videoclipes. Todos os clipes do ABBA foram dirigidos por Hallström, exceto Chiquitita, feito pela BBC, assim como Under Attack e The Day Before You Came, dirigidos por Kjell Sundvall e Kjell-Åke Andersson.

Após o seu sucesso internacional em 1985, com Mitt liv som hund (Brasil: Minha vida de cachorro/Portugal: Vida de cão), Lasse Hallström foi trabalhar nos EUA, onde conseguiu mais um sucesso em 1999, com The Cider House Rules (Brasil: Regras da Vida/Portugal: Regras da Casa).
Em 2000, realizou Chocolat (Brasil: Chocolate/Portugal: Chocolate). Em 2009 Hachiko: A Dog's Story (Brasil: Sempre Ao Seu Lado/Portugal: Amigo para Sempre), um remake de um filme japonês, cujo original era considerado obrigatório em todas as escolas, pois passava um exemplo notável de lealdade e afetividade entre um ser humano e um cachorro.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu duas nomeações ao Óscar de Melhor Realizador, por " Mitt liv som hund " (1985) e " The Cider house rules " (1999).
  • Recebeu uma nomeação ao Óscar de Melhor Argumento Adaptado, por " Mitt liv som hund " (1985).
  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA de Melhor Filme Estrangeiro, por " Mitt liv som hund " (1985).
  • Ganhou o Independent Spirit Awards de Melhor Filme Estrangeiro, por " Mitt liv som hund " (1985).
  • Recebeu uma nomeação ao European Film Awards de Melhor Realizador - Voto Popular, por "Chocolat" (2000).
  • Recebeu uma nomeação ao Goya de Melhor Filme Europeu, por "Chocolat" (2000).
  • Ganhou o Prémio Bodil de Melhor Filme Europeu, por " Mitt liv som hund " (1985).
  • Recebeu uma nomeação ao Prémio Bodil de Melhor Filme Americano, por " The Cider house rules " (1999).

Referências

  1. a b Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Lasse Hallström». Bonniers uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag). p. 360. ISBN 91-0-011462-6. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.