Lauro Quadros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lauro José Pereira de Quadros (Porto Alegre, 19 de setembro de 1939) é um jornalista gaúcho.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inciou sua carreira profissional em 1959 na Rádio Gaúcha.[1] No ano seguinte, transferiu-se para a Rádio Difusora,[1] retornando à Rádio Gaúcha em 1961. Em 1962, transferiu-se para a Rádio Guaíba. Retornou para a Rádio Gaúcha em 1985, após breve passagem pela Rádio Pampa em 1984, permanecendo até 2014 na emissora.

Ficou famoso por suas participações nos programas Portovisão e Câmera 10, na TV Difusora, canal 10 de Porto Alegre, nos anos 70. Foi para a TV Guaíba em 1980, onde seus comentários esportivos iam ao ar à noite, no Guaíba Ao Vivo, antecedendo o quadro de Rogério Mendelski. Com a falência da Caldas Júnior, foi o primeiro a transferir seu passe para a TV Pampa, onde estreou um comentário esportivo às 7 da noite em 1984. No ano seguinte foi definitivamente para a RBS TV, tornando-se um dos principais nomes da nova fase do Jornal do Almoço.

Também apresentou o programa Estúdio 36, na TVCOM, emissora do Grupo RBS, no ano de 1995.

Em 14 de novembro de 2014, anunciou sua aposentadoria, deixando definitivamente a apresentação do Polêmica e os comentários no Sala de Redação.

Referências

  1. a b «Autodidata do radiojornalismo». Coletiva.net. Consultado em 16 de abril de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.