Lavínia Pannunzio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lavínia Pannunzio
Nome completo Lavínia Pannunzio
Nascimento 04 de março de 1966 (52 anos)
Uberlândia  Minas Gerais
Nacionalidade brasileira
Ocupação atriz e diretora de teatro
Atividade 1980 - presente

Lavínia Pannunzio (Uberlândia, 04 de abril de 1966) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lavínia Pannunzio nasceu em Uberlândia, Minas Gerais, em 04 de abril de 1966. É filha da escritora Martha Pannunzio e de José Gilberto Pannunzio, e também irmã do jornalista Fábio Pannunzio. Começou a fazer teatro na escola, em sua cidade natal. Em 1992, forma-se na Universidade Estadual de Campinas.

Como atriz, já trabalhou também no cinema e na televisão. Ganhou diversos prêmios, entre eles APCA e Coca-Cola/Femsa (como diretora) e Mambembe (atriz).

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1988 Eureka!
1996 As Pupilas do Senhor Reitor Janete de Mendonça
1998 Chiquititas Josefina
1999 As Aventuras de Tiazinha
2001 O Direito de Nascer Marcelina
2000 Sandy & Junior Marcelina (participação especial)
Dois Apês Adriana Nascimento dos Santos
2005 Cotidiano de Um Casal Feliz Joana Castro
A Hora é Agora! Ela mesma
2007 Poetas da Faculdade de São Francisco Ela mesma
2008 Dance, Dance, Dance Rosa Montenegro
2009 Descolados Laura Sarmento Muniz
Além do Horizonte Bromélia Esplêndida
Móbile Ela mesma
2016 Ligações Perigosas Iolanda Mata Medeiros [1]

Cinema[editar | editar código-fonte]

No Teatro[editar | editar código-fonte]

Como diretora
  • 2005 - Era uma vez um Rio, adaptação e direção Lavínia Pannunzio - Uberlândia - MG
  • 2006 - Era uma vez um Rio, dramaturgia e direção Lavínia Pannunzio - Prêmios: APCA 2006 de melhor espetáculo e melhor ator (p/ Ando Camargo); Coca-Cola FEMSA – 2006 de melhor espetáculo, melhor direção e melhor cenário (p/ Márcio Vinícius) – 4 indicações (melhor texto, melhor ator, melhor iluminação e melhor figurino); Prêmio Estímulo Flávio Rangel 2005 - SP
  • 2007 - Quando Eu Era Criança, de Duílio Ferronato
  • 2007 - Veludinho, dramaturgia e direção Lavínia Pannunzio
  • 2008 - O Rufião nas Escadas - Um Ensaio Sobre Joe Orton
  • 2009 - Chorávamos Terra Ontem à Noite - Eduardo Ruiz – indicado ao Prêmio Shell de melhor texto - 2009
  • 2010 - Clausura, de Gustavo Sol - vencedor do Edital de Co-Patrocínio para Primeiras Obras, do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso – 2010
  • 2010 - Pelos Ares, de Pedro Guilherme – vencedor do 14º Festival da Cultura Inglesa – 2010
  • 2010 - Giz - Maria Shu (Direção. Leitura Dramática, "Satyrianas")
  • 2011 - Serpente verde, sabor maçã, de Jô Bilac e Larissa Câmara
  • 2013 - "COVIL DA BELEZA", de Eduardo Ruiz
  • 2014 - Cora Coralina, Removendo Pedras Plantando Flores, de Mauro Hirdes
  • 2014 - Três Mulheres Baixas, de Emilio Boechat
Como atriz

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Como diretora
  • Pelos Ares, de Pedro Guilherme – vencedor do 14º Festival da Cultura Inglesa – 2010
  • Prêmio Estímulo Flávio Rangel – SEC – 2006
  • Prêmio Coca-Cola/FEMSA – 2006 – Melhor direção
Como atriz
  • Premiado na Jornada SESC de teatro/87;
  • Premiado na Jornada SESC de teatro/88;
  • Premiado na Jornada SESC de teatro/92;
  • Indicação Prêmio Mambembe de Atriz Coadjuvante/95;
  • Premiado na Jornada SESC de teatro/96;
  • Indicação Prêmio Mambembe de Melhor Atriz/97;
  • Premiado na Jornada SESC de teatro/98;
  • Prêmio Panamco de Projetos Especiais - 2002;
  • APCA - 2011 - Melhor Atriz por A Serpente no Jardim, A Ilusão Cômica e A Bilha Quebrada;[2]
  • Indicação Prêmio Shell - 2011 - Melhor Atriz - por A Serpente no Jardim e A Ilusão Cômica;
  • Prêmio Shell 2012 - Melhor Atriz por Um Verão Familiar[3]

Referências

  1. Flávio Ricco; José Carlos Nery (18 de outubro de 2015). «Premiada no teatro, Lavínia Pannunzio estará na série "Ligações Perigosas"». UOL TV e Famosos. Consultado em 19 de dezembro de 2015. 
  2. Monteiro, Clarice (19 de dezembro de 2011). «Era uma vez uma atriz premiada». Correio de Uberlândia. Consultado em 19 de maio de 2013. 
  3. Alves Jr., Dirceu (12 de abril de 2013). «Lavinia Pannunzio em dose dupla nos palcos». Veja SP. Consultado em 19 de maio de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]